FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Embolia Septica Pulmonar" obteve 18 resultados.

Página:  de 1

08/01/2016

Casos Clínicos

Embolia séptica pulmonar

...ade, com cateter para nutrição parenteral devido à síndrome do intestino curto após trombose mesentérica. Evoluindo com quadro de febre há seis dias e tosse. Realizou tomografia de tórax com a seguinte imagem: A imagem mostra múltiplos focos sugestivos de infecção, de provável disseminação hematogênica. Como a paciente tem um cateter central para nutrição, esta poderia ser uma fon......

Ver Índice

16/12/2013

Revisões Internacionais

Pneumonia e outras infecções pulmonares – Joel T. Katz

...son R, Cavalcanti R, Brunton JL, et al. Resistance to levofloxacin and failure of treatment of pneumococcal pneumonia. N Engl J Med 2002;346:747. 56. Fuller JD, Low DE. A review of Streptococcus pneumoniae infection treatment failures associated with fluoroquino­lone resistance. Clin Infect Dis 2005;41:118. 57. Waterer GW, Somes GW, Wunderink RG. Monotherapy may be suboptimal......

Ver Índice

21/07/2015

Casos Clínicos

Embolização Séptica Pulmonar

...de uma terapia antibiótica adequada. Ainda devemos lembrar que embolização é mais comum na infecção por S. aureus. A embolização séptica pode se manifestar de diversas formas: como acidente vascular cerebral (AVC); cegueira monocular (obstrução da artéria central da retina); dor abdominal aguda, íleo paralítico e melena decorrentes (oclusão da artéria mesentérica); e dor e gangrena nos membros. A......

Ver Índice

26/01/2017

Casos Clínicos

Paciente de 47 Anos e Massa Pulmonar

...adas em abscessos pulmonares em imunocomprometidos; e incluem S.aureus, Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae, P. aeruginosa, Streptococcus pyogenes, P. pseudomallei, H. influenzae, Legionella Pneumophillia, Nocardia asteroides, Actinomyces e raramente os pneumococos.Os achados clínicos são relativamente semelhantes aos da pneumonia adquirida na comunidade; porém, a evolução é mais arrastada, e ......

Ver Índice

08/12/2009

Revisões

Introdução à Radiologia

...os que mostram (identificam) os tumores ósseos mais comuns pela localização e pela idade. Por exemplo, na página 8 do livro Radiologia – Manual de Revisão, de Wolfgang Dähnert (2001), temos: Posição tumoral no plano sagital A. LESÃO EPIFISÁRIA 1. Condroblastoma; 2. Gânglio intraósseo; 3. Tumor de células gigantes (originado na metáfise); 4. Cisto ósseo aneurismático; 5.......

Ver Índice

11/11/2016

Revisões Internacionais

Infeccoes Micoticas em Hospedeiros Comprometidos

...radiografias) para infecções que respondam adequadamente aos tratamentos. Os índices de morbidade e de mortalidade ainda são elevados para pacientes com candidíase hematógena ou em órgãos importantes. Criptococose Epidemiologia O organismo Cryptococcus neoformans é um tipo de levedura amplamente distribuído na natureza. As fontes ambientais de Cryptococcus neoformans incluem excrementos ......

Ver Índice

30/06/2017

Revisões

Dispneia

... sensorial que contribui para a sensação de esforço ao respirar. A fraqueza da musculatura respiratória, ou sua ineficiência mecânica em responder aos estímulos dos centros respiratórios superiores, parece explicar a dispneia associada a doenças neuromusculares. Cerca de dois terços dos casos de dispneia são causados por doenças respiratórias ou cardiovasculares. Quando o principal sintoma é a di......

Ver Índice

21/10/2015

Revisões

Cateteres venosos centrais

... luvas, máscara e toca cirúrgica e campos estéreis sobre o paciente. O ultrassom deve estar coberto por capa estéril e ser utilizado gel condutor estéril. A agulha é inserida montada em uma seringa no acesso escolhido (em geral jugular interna). Uma vez que o sangue é aspirado livremente, deve retirar-se a sonda de ultrassom e a seringa da agulha. O fluxo de sangue a partir da agulha deve ser nã......

Ver Índice

04/11/2013

Revisões

Endocardite Infecciosa

...is (shunts) ou endocárdio mural. A endocardite aguda tem início geralmente entre 2 a 6 semanas, com quadro de febre alta e sinais de toxemia. Já a endocardite subaguda tem quadro clínico insidioso (> 6 semanas), com febre baixa e sintomas constitucionais. Epidemiologia Houve um aumento na faixa etária dos indivíduos com endocardite, especialmente nos países desenvolvidos, relacionados à......

Ver Índice

11/06/2013

Revisões Internacionais

Endocardite infecciosa – Patrick T. O'Gara

...sitadamente amplas e móveis.88 Entre os pacientes com endocardite tratados cirurgicamente, a mortalidade operatória é proporcional ao grau de comprometimento hemodinâmico pré-operatório. Havendo indicação para cirurgia, esta em geral deve ser realizada imediatamente. Atrasar a cirurgia para administrar uma terapia antibiótica adicional em presença de uma infecção descontrolada ou deterioração da c......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal