FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Escopolamina" obteve 19 resultados.

Página:  de 2

08/01/2015

Remédios

Escopolamina

... brometo de n-butilescopolamina 20 mg. Boehringer; G. Dorspan Composto – antiespasmódico – cólica – comprimido (dipirona sódica 250 mg + brometo de n-butilescopolamina 10 mg). EMS. Dorspan Composto – antiespasmódico – cólica – gotas. Cada 1 mL contém: dipirona sódica 333,40 mg + brometo de n–butilescopolami- na 6,67 mg. EMS. Tropinal – antiespasmódico – cólica – comprimido (dipirona 300 mg + b......

Ver Índice

08/05/2015

Revisões Internacionais

Manejo de sintomas em medicina paliativa

... Distúrbios cutâneos Úlceras por pressão A compressão do tecido mole entre uma proeminência óssea e uma superfície externa por período prolongado danifica o tecido subjacente e causa úlceras por pressão [ver Tabela 11].81 Os principais sítios destas úlceras em pacientes com doença terminal incluem a orelha e a pele sobrejacente à coluna vertebral (ápice de cifose), sacro, trocânter femoral ma......

Ver Índice

02/07/2015

Revisões Internacionais

Tratamento de Sintoma em Medicina Paliativa

...emonstrado que a adição de 2,5-7,5 mg de dextroanfetamina ou metilfenidato33 (por via oral, 2 vezes/dia, e titulado conforme o efeito) diminui a sedação induzida por opiáceo e às vezes permite escalar as doses de opiáceo sem sedação. Pode ocorrer depressão respiratória em pacientes com dor leve a moderada durante o uso inicial dos opiáceos, ainda que isto raramente ocorra em pacientes com dor inte......

Ver Índice

20/08/2010

Remédios

Administração Segura – Minimizando o “Erro Latente”

...utica, o Dr. Norival Caetano mantém contato direto com os usuários finais dos produtos injetáveis. Ao longo destes anos, teve contato com inúmeros erros “improváveis”, porém reais, na administração dos medicamentos injetáveis. Simultaneamente a isso, trabalhou de forma independente na confecção do BPR Guia de Remédios, que hoje encontra-se em sua 10ª edição, e que foi aprimorado ao longo de suas e......

Ver Índice

17/03/2011

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Guia de Injetáveis: Administração Segura – Minimizando o “Erro Latente”

...gestão e são organizacionais. Permanecem ocultos por longos períodos até se combinarem e provocarem a consequência. No exemplo acima, ao culparmos o enfermeiro por não ter administrado a medicação correta estaríamos apenas atacando o ERRO ATIVO sem levar em consideração o ERRO LATENTE, que é a disponibilização de medicações de alto risco junto com medicações de baixo risco, superajuntado ao fato d......

Ver Índice

28/07/2014

Revisões

Vertigem

... Que Dura Segundos Vertigem posicional paroxística benigna (VPPB) Definição A VPPB é uma vertigem secundária à disfunção vestibular periférica. Epidemiologia A VPPB constitui-se na causa mais comum de vertigem, representando aproximadamente metade dos casos de disfunção vestibular periférica. Não apenas as causas periféricas de vertigem são posicionais. Em lesões centrais (cerebelo e t......

Ver Índice

16/01/2015

Remédios

Hiosciamina

...mente arritmia, insuficiência cardíaca congestiva, doença arterial coronária, estenose mitral) (pode ser indesejável o aumento da frequência cardíaca); hipertensão (pode agravar); esofagite de refluxo (pode haver retenção gástrica); obstrução parcial das vias urinárias; idoso. Reações mais comuns (ocorrem em pelo menos 10% dos pacientes): Sistema nervoso central: confusão ou excitação em paci......

Ver Índice

04/02/2015

Remédios

Pilocarpina

...ntraocular associada com problemas de circulação do humor aquoso. Ação - pico: dentro de 75 minutos; duração na redução da pressão intraocular: 4 a 14 horas, dependendo da concentração do produto utilizado. Como se usa Uso oftálmico (nos olhos) – Doses •doses em termos de cloridrato de pilocarpina. •lavar as mãos antes e depois de aplicar o produto. •não encostar o aplicador nos olhos. ......

Ver Índice

05/04/2009

Revisões

Dor

...cipais efeitos colaterais são sonolência, fadiga, tonturas e efeitos anticolinérgicos. Antiespasmódicos Os antiespasmódicos, como a butil-escopolamina, podem ser utilizados para dores caracterizadas como cólicas. Nesse tipo de dor, há evidências de melhora com uso concomitante de AINHs. Analgésicos Locais A analgésica tópica, em forma de gel, adesivos ou emplastros, é alternativa terapê......

Ver Índice

12/02/2015

Remédios

Apêndice

...ável; carbidopa+levodopa; clozapina; deferoxamina (em doses altas por via intravenosa); diuréticos; droperidol; edetato dissódico; fenotiazinas; haloperidol; hidralazina; inibidores da ECA (Enzima Conversora da Angiotensina); levodopa; lidocaína injetável; sulfato de magnésio injetável; mirtazapina; nefazodona; nitratos; olanzapina; paclitaxel; pentoxifilina; pimozida; procainamida; propofol; prot......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal