FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Exantema Febril" obteve 39 resultados.

Página:  de 4

09/03/2009

Revisões

Exantema Febril

...temas virais, porém, muitas vezes não está disponível de imediato. No caso da dengue, por exemplo, ela deve ser colhida apenas a partir do 5º dia do início da febre. Por isso, é muito importante que o médico saiba fazer um diagnóstico clínico. Exames de Imagem Devem ser solicitados apenas se a situação clínica demandar, como uma radiografia de tórax num paciente com suspeita de pneumonia como......

Ver Índice

09/03/2009

Revisões

Exantema Febril

... textbook of internal medicine. 22. ed. Philadelphia: Saunders; p.475-476. 5. Drago F. Atypical exanthems: morphology and laboratory investigations may lead to an aetiological diagnosis in about 70% of cases. British Journal of Dematology. 2002;147:255-60. 6. Furness C. Morbiliform rash. BMJ. 2004;329:719. 7. Rook´s textbook of dermatology. 7. ed. 2004. 8. Fitzpatick´s dermatology ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

V

...tes, antimetabólitos ou radiação; protelar ou evitar a vacinação). t Lactação (ver Apêndice B). t Disfunção tímica, história de timoma, timectomia, miastenia grave (risco aumentado de doença viscerotrópica associada à vacina). Precauções t Usar com cuidado nos casos de: – Aids (a vacina pode ser oferecida a pacientes HIV positivos assintomáticos, com contagem de CD4 acima de 200/......

Ver Índice

19/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

dengue

...3 Tratamento ambulatorial com hidratação oral vigorosa Antitérmicos e analgésicos Se hematócrito aumentado acima de 10% do valor basal ou, na ausência desse, com os seguintes valores: crianças > 42%; mulheres: > 44%; homens: > 50% e/ou plaquetopenia < 50.000 céls/mm3 Hidratação oral supervisionada ou parenteral Antitérmicos e analgésicos Reavaliação clínica e de hemat......

Ver Índice

19/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

dengue

...s de acordo com a sua gravidade em: · grau I – Febre acompanhada de sintomas inespecíficos, em que a única manifestação hemorrágica é a prova do laço positiva; · grau II – Além das manifestações do grau I, hemorragias espontâneas leves (sangramento de pele, epistaxe, gengivorragia e outros); · grau III – Colapso circulatório com pulso fraco e rápido, estreitamento da pressão arte......

Ver Índice

01/06/2009

Biblioteca Livre

Dengue - Diagnóstico e manejo clínico - Adulto e criança

...nte. O manejo adequado dos pacientes depende do reconhecimento precoce dos sinais de alarme, do contínuo monitoramento e reestadiamento dos casos e da pronta reposição hídrica. Com isso, torna-se necessária a revisão da história clínica, acompanhada do exame físico completo, a cada reavaliação do paciente, com o devido registro em instrumentos pertinentes (prontuários, ficha de atendimento, cartã......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

... – Colher 2ª amostra após 7 a 21 dias da 1ª Do 5º ao 28º dia IgM + Confirmar o caso – acompanhar IgM – Descartar o caso Após 28 dias IgM + Confirmar o caso IgM – Não se pode afirmar que não houve infecção; realizar IgG IgG + Confirmar o caso IgG – Descartar o caso Quadro 28. Gestante assintomática contato de Rubéola Coleta da a......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

... dias antes do início do exantema é de 5 a 7 dias após. Diagnóstico Clínico, laboratorial e epidemiológico. O teste mais utilizado é o ensaio imunoenzimático (ELISA) para detecção de anticorpos específicos IgM e IgG e/ou pela identificação do vírus a partir de secreção nasofaríngea e urina, até o 7o dia do início do exantema. A coleta de sangue deve ser feita logo no primeiro contato com caso......

Ver Índice

24/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 4 – Sistema de Vigilância Epidemiológica de Eventos Adversos Pós-vacinais

... necessário (cianose, mesmo após aspiração); • É comum a criança dormir após a crise, mesmo sem medicação; não se deve acordá-la. 2. Contra-indicação para doses subseqüentes Quando a convulsão for associada à vacina tríplice DTP, completar o esquema vacinal com a dupla infantil DT, ou, se a avaliação do caso e a situação epidemiológica o indicar, com a vacina tríplice, de preferência......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

toxoplasmose

... Etiológico Toxoplasma gondii, um protozoário coccídio intracelular, pertencente à familia Sarcocystidae, na classe Sporozoa. Reservatório Os hospedeiros definitivos de T. gondii são os gatos e outros felídeos. Os hospedeiros intermediários são os homens, outros mamíferos não felinos e as aves. Modo de Transmissão O homem adquire a infecção por três vias: · Ingestão de oocistos ......

Ver Índice

Página:  de 4

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal