FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Falha de Tratamento e Terapia de Resgate no Hiv" obteve 11 resultados.

Página:  de 2

04/06/2009

Biblioteca Livre

Falha de Tratamento e Terapia de Resgate no HIV

... e aumento da carga viral maior que 1 log em pacientes que obtiveram resposta inicial. Duplo IP Sabe-se que em caso de resistência muito ampla aos IP, uma das alternativas que pode ser utilizada é o aumento da dose das medicações ou a associação de dois IP com ritonavir (duplo IP com ritonavir). Recomenda-se, entretanto, que essas alternativas sejam orientadas por especialistas em resgate, co......

Ver Índice

04/06/2009

Biblioteca Livre

Escolha do Esquema Inicial (Como Iniciar)

...tease, o lopinavir/r (LPV) deve ser o IP/r preferencial, baseado na experiência de uso, no maior número de estudos clínicos com seguimento de pacientes em longo prazo e na alta potência e durabilidade que confere aos esquemas anti-retrovirais (Nível de evidência 1b, Grau de recomendação B). A associação atazanavir/r (ATV/r) é considerada a combinação de inibidores da protease alternativa. Cabe re......

Ver Índice

17/10/2013

Revisões Internacionais

Linfomas – Kieron Dunleavy, Wyndham H. Wilson

...m scan in 50 patients. Blood 1999;94:3289. 151. Messori A, Vaiani M, Trippoli S, et al. Survival in patients with intermediate or high grade non-Hodgkin lymphoma: meta-analysis of randomized studies comparing third generation regimens with CHOP. Br J Cancer 2001;84:303. 152.Tilly H, Lepage E, Coiffier B, et al. Intensive conventional chemotherapy (ACVBP regimen) compared with standard CHOP for ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

I

...dministrar exclusivamente por via intramuscular profunda, preferentemente nos músculos deltoide ou anterolateral da coxa. t Categoria de risco na gravidez (FDA): C. Esquemas de administração Adultos e crianças Profilaxia t 250 UI, por via intramuscular profunda. t 500 UI em casos em que a exposição ocorreu há mais de 24 horas, ou quando há alto risco de contaminação, ou após queimadu......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

F

...Hemorragia leve: epistaxe, sangramento oral, menorragia. – Hemorragia grave: epistaxe grave ou refratária, sangramento gastrintestinal, trauma do sistema nervoso central, hemartrose ou hemorragia traumática. t Tipo 1 (doença leve – atividade do fator maior que 30%, com hemorragia grave): dose inicial 40 a 60 UI/kg, por via intravenosa. Dose de manutenção 40 a 50 UI/kg, a cada 8 a 12 horas, por a......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

D

... a 29 kg): 15 mg, por via oral, no 6° dia, após tratamento com quinina e doxiciclina. t de 11 a 14 anos (30 a 49 kg): 30 mg, por via oral, no 6° dia, após tratamento com quinina e doxiciclina. Tratamento para infecções mistas por Plasmodium falciparum e Plasmodium vivax ou Plasmodium ovale t de 6 a 11 meses (5 a 9 kg): 5 mg, por via oral, a cada 24 horas, do 4º ao 6º dia, seguido de 2,5 mg, ......

Ver Índice

01/03/2013

Revisões Internacionais

Medicina transfusional – Harvey G. Klein

...ensos a desenvolver complicações miocárdicas graves durante o pós-operatório. Em indivíduos adultos, uma unidade de hemácias aumenta a concentração de hemoglobina (Hb) em 1 g/dL. O limiar para transfusão de hemácias foi avaliado em 2 estudos randomizados e controlados. Em um desses estudos, que abordou a transfusão após cirurgia de revascularização coronariana, a resposta dos pacientes receptore......

Ver Índice

27/06/2014

Revisões

Síndrome nefrótica primária em adultos

...esse período, pode-se utilizar imunossupressão com corticosteroide (metilprednisolona IV e prednisona VO) e ciclofosfamida, via oral, durante seis meses (esquema Ponticelli). Em caso de não haver resposta ao tratamento, a ciclosporina neoral está indicada como tratamento de resgate. Alguns centros utilizam ciclosporina como a primeira opção de tratamento. É importante a monitoração clínica (p. ex.......

Ver Índice

16/09/2015

Biblioteca Livre

Inibidores de protease

...fection in adults: the first 4 years. Aids, [S.l.], v. 21, n. 10, p. 1273-1278, 2007. 33.JOHNSON, M. A. et al. A once-daily lopinavir/ritonavir-based regimen provides noninferior antiviral activity compared with a twice-daily regimen. J. Acquir. Immune Defic. Syndr., [S.l.], v. 43, n. 2, p. 153-60, 2006a. 34.JOHNSON, M.; GRINSZTEJN, B.; RODRIGUEZ, C. et al. 96-week comparison of once-daily ataza......

Ver Índice

16/09/2015

5.4 Antivirais

Inibidores de protease

...fectados pelo HIV. Brasília: Ministério da Saúde, 2008. 14.ESTÉ, J. A.; CIHLAR, T. Current status and challenges of antiretroviral research and therapy. Antiviral Res., Amsterdam, NL, v. 85, p. 25-33, 2010. 15.ZOLOPA, A. R. The evolution of HIV treatment guidelines: currentstate-of-the-art of ART. Antiviral Res., Amsterdam, NL, v. 85, p. 241-244,2010. 16.SHEY, M.; KONGNYUY, E.J.; SHANG, J.; WIY......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal