FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Furosemida" obteve 147 resultados.

Página:  de 15

27/01/2011

Artigos

Furosemida e Complicações em Idosos com Insuficiência Cardíaca após Alta Hospitalar

...marcador de mau prognóstico, na medida em que a necessidade de doses elevadas sinaliza para um agravamento da insuficiência cardíaca. Observamos que IC é uma doença de alta mortalidade, maior que 50% em 5 anos, mais elevada que a observada, em média, nas neoplasias. Assim o reconhecimento de um “fármaco-marcador” pode nos auxiliar tanto na execução de intervenções avançadas quanto na programação ......

Ver Índice

03/01/2013

Artigos

Furosemida para ICC descompensada: infusão intermitente ou contínua?

...s. Sendo assim, ainda restam dúvidas sobre qual estratégia deve ser seguida na prática. O estudo Esta é uma revisão sistemática com metanálise. Dez estudos envolvendo um total de 564 pacientes foram incluídos. Quando administrada de forma contínua, a furosemida gerou uma diurese modestamente maior e estatisticamente significante (diferença da média ponderada ent......

Ver Índice

14/01/2015

Remédios

Furosemida

...ção: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo); em crianças, na face lateral da coxa. Furosemida (solução) 20 mg/2 mL – Via intravenosa direta Tempo de injeção: 1 a 2 minutos Furosemida (solução) 20 mg/2 mL – Infusão intravenosa Diluição Diluente: Cloreto de Sódio 0,9%; Glicose 5% Estabilidade após diluição com Cloreto de Sódio 0,9% temperatura ambiente (15 - 30°C): 24 hora......

Ver Índice

16/05/2010

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Furosemida

... diluídas com glicose ou soluções ácidas. • A injeção de furosemida é visualmente incompatível com injeções de diltiazem, dobutamina, dopamina, midazolam e brometo de vecurônio. ATENÇÃO: este fármaco apresenta número elevado de interações medicamentosas, existindo 125 interações já relatadas. Atentar para risco aumentado de ototoxicidade com uso simultâneo de outros fármacos ototóxicos......

Ver Índice

24/05/2010

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Furosemida

...rosemida) SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.” O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente. F......

Ver Índice

04/05/2009

Casos Clínicos

hipercalcemia

...ntal. Exame Clínico · Glasgow 14 (AO = 4, RM = 6, RV = 4). · Desidratada, anictérica e acianótica. · Aparelho respiratório: MV+. Sem RA. · Aparelho cardiovascular: 2BRNF, sem sopros. · TGI: plano, flácido, RHA +, indolor à palpação. · MMII: pulsos +. Edema bilateral +/4+. A glicemia capilar foi de 123 mg/dL. O paciente ainda realizou o seguinte ECG: O......

Ver Índice

25/10/2009

Casos Clínicos

Hipercalemia

...ardiovascular mais consistente que os BCC, devendo ser as drogas de escolha caso haja necessidade de apenas um anti-hipertensivo. Posologia e Apresentação Existem inúmeros bloqueadores de cálcio, com posologias e apresentações distintas que podem ser vistas na Tabela 5. Tabela 5: Apresentações e posologia dos bloqueadores de cálcio Droga Nome comercial® Apresentação Pos......

Ver Índice

04/04/2010

Casos Clínicos

Insuficiência cardíaca descompensada

...e acesso venoso, por vezes com acesso central, são medidas necessárias. De imediato, deve avaliar a necessidade de entubação orotraqueal ou de ventilação não invasiva com pressão positiva e a necessidade de suporte hemodinâmico com drogas vasoativas. A monitoração hemodinâmica invasiva é raramente necessária e não deve ser usada rotineiramente. Diuréticos Parenterais A furosemida endovenosa p......

Ver Índice

03/05/2009

Casos Clínicos

Insuficiência cardíaca ambulatorial

...e 30 minutos após a administração, com pico em 1 a 2 horas. Como tem meia-vida de 6 horas, deve ser administrada pelo menos 2 vezes/dia. A apresentação via oral tem início de ação em 1 hora, e seu pico de ação ocorre em 2 horas . A duração do efeito diurético é de 6 a 8 horas. 2. Indicações e Uso Indicado para o tratamento do edema associado a ICC, síndrome nefrótica, cirrose hepática e doe......

Ver Índice

20/04/2016

Casos Clínicos

Conduta na Ascite em Cirrótico

...e depois de três a cinco dias, ou se o grau de perda de peso é menor do que o desejado, a dose pode ser aumentada em 100mg e 40 mg, respectivamente. As doses máximas recomendadas são espironolactona 400 mg por dia e furosemida 160 mg por dia. Em pacientes com doença renal parenquimatosa deve ser usada outra proporção de espironolactona e furosemida, como por exemplo, 100/80 ou 100/120. O ajuste d......

Ver Índice

Página:  de 15

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal