FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Gamaglobulina Humana" obteve 9 resultados.

Página:  de 1

23/07/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Gamaglobulina Humana

...o Refrigerado (2 - 8°C). Não congelar. 1. Não aplicar por infusão intravenosa. 2. Não utilizar se a solução estiver turva. Intramuscular GAMAGLOBULINA HUMANA (solução) 320 mg/2 mL (160 mg/mL) Não é necessário diluir a solução APLICAÇÃO: aplicar no deltoide ou no músculo anterolateral da coxa. Se a dose aplicada for maior que 10 mL, deve ser dividida e injetada em local difere......

Ver Índice

22/01/2015

Remédios

Imunoglobulina G Humana Antitetânica

...e plaquetas no sangue. Avaliar riscos x Benefícios paciente que já recebeu antes outras aplicações de imunoglobulina humana (podem desenvolver hipersensibilidade). Reações mais comuns (sem incidência definida) angioedema (ver Apêndice); calafrios; dificuldade respiratória; dor muscular; dor transitória no local da injeção; febre; náusea; pressão no peito; problema renal com perda de prot......

Ver Índice

23/07/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Imunoglobulina G Humana Antitetânica

... paciente deitado; em crianças, na face lateral da coxa. USO INJETÁVEL – DOSES Prevenção Adultos e Crianças 250 a 500 UI. Tratamento Adultos e Crianças 3.000 a 6.000 UI. CUIDADOS ESPECIAIS Risco na Gravidez Classe C: Não há estudos adequados em mulheres (em experimentos animais ocorreram alguns efeitos adversos para o feto). O benefício potencial do produto pode justificar o ri......

Ver Índice

06/10/2016

Revisões

Miopatias inflamatórias

...equentes. Diagnóstico O diagnóstico do subtipo exato da miopatia inflamatória baseia-se na combinação de história clínica, tempo de progressão da doença, padrão de envolvimento muscular, níveis de enzima muscular, achados eletromiográficos, biópsia muscular, e para algumas condições a presença de certos autoanticorpos. Alterações típicas da pele, com ou sem fraqueza muscular, indicam dermato......

Ver Índice

24/07/2018

Revisões

Anemia Hemolítica Auto-Imune Por Anticorpos Quentes

... Em crianças, a anemia hemolítica autoimune pode ser um fenômeno limitado, ocorrendo 1 a 3 semanas após um quadro de infecção viral e apresentando melhora em 1 a 3 meses. Em adultos, por sua vez, os pacientes podem evoluir com doença crônica com duração de meses a anos. Em uma série de casos de 55 pacientes, houve uma evolução com 4% dos pacientes necessitando apenas de ácido fólico, 40% com remi......

Ver Índice

07/12/2009

Casos Clínicos

Púrpura trombocitopênica idiopática

...ente não diagnosticada. Metilprednisolona 1 g EV por 3 dias Medicação deve ser utilizada conforme descrito no texto. Gamaglobulina humana 1 g EV por 2 dias Alternativa com resposta mais rápida que glicorticoide parenteral, porém mais cara e sem grande vantagem clínica. Omeprazol 40 mg EV de 12/12 horas A paciente apresenta hemorragia digestiva alta e é aconselhável supressã......

Ver Índice

30/05/2010

Revisões

Doenças exantemáticas na infância

... (sangue, urina, LCR e orofaringe) particularmente em lactentes infectadospor via congênita. 7. Tratamento: de suporte. 8. Precauções: precauções respiratórias por 7 dias do início do exantema; crianças com rubéola congênita devem ser consideradas potencialmente infectantes desde o nascimento até 1 ano. 9. Medidas de controle: vacinação rotineira; vacinação de bloqueio (vacina de......

Ver Índice

30/05/2010

Revisões

Lúpus Eritematoso Sistêmico

...es ocorrem em até 70% dos casos e podem preceder as manifestações clínicas, sendo de grande auxílio diagnóstico. O monitoramento desses parâmetros é útil no acompanhamento de doença, pois a diminuição de seu número em geral reflete a atividade do lúpus, mas deve-se estar atento à possibilidade de essa queda ser relacionada aos imunossupressores em uso. A anemia pode ser identificada em até 80% dos......

Ver Índice

30/05/2010

Revisões

Lúpus Eritematoso Sistêmico

... principal efeito colateral é o aparecimento de neuropatia periférica, o que limita o seu uso mais prolongado. A recidiva dos quadros cutâneos é freqüente após a sua retirada, portanto uma redução lenta e gradativa até a menor dose se faz necessária. A dapsona é efetiva nas lesões bolhosas e no lúpus discóide, e possui como principal efeito colateral a hemólise, por isso é contra-indicada na defic......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal