FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Hialuronidase" obteve 15 resultados.

Página:  de 2

23/07/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Hialuronidase

...ECONSTITUIÇÃO Diluente: Cloreto de Sódio 0,9%. Estabilidade após reconstituição com Cloreto de Sódio 0,9% Usar imediatamente após a reconstituição. Não usar se houver alteração de cor ou precipitados. ADMINISTRAÇÃO: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo); em crianças, na face lateral da coxa. Hialuronidase 20.000 UTR – Via Intramuscular RECONSTITUIÇÃO Diluente: Cloreto ......

Ver Índice

16/01/2015

Remédios

Hialuronidase

...ica Unidade Redutora da Turbidez). Cuidados especiais Não usar o produto diretamente na córnea; em procedimento anestésico em caso de trabalho de parto prematuro; para aliviar edema por mordedura ou picada de animais; em área infeccionada (pode difundir a infecção); próximo a áreas com câncer. Reações mais comuns Não foram relatadas reações adversas com incidência maior que 10%: •podem......

Ver Índice

04/04/2010

Revisões

Glomerulonefrite Difusa Aguda ou Glomerulonefrite Pós-estreptocócica

...umentar laboratorialmente a infecção estreptocócica (ASLO, anti-DNAse B, anti-NADase, anti-hialuronidase) e avaliar queda transitória típica de complemento (C3 e CH50), com um retorno a níveis normais entre 2 e 8 semanas a contar dos primeiros sinais de nefropatia. DIAGNÓSTICO LABORATORIAL Urina I Na maioria dos casos, mostra sinais de inflamação glomerular ativa, com hemácias dismórficas, ......

Ver Índice

26/01/2012

Revisões Internacionais

Infecções por cocos gram-positivos

...ece ser responsável pela SCT estafilocócico relacionada com a menstruação. Curiosamente, a SCT estafilocócico associado à aplicação de tampões nasais e outras infecções das feridas cirúrgicas é mediada por uma das enterotoxinas, mais comumente a enterotoxina B. A resistência e a imunidade do hospedeiro aos estafilocócicos não estão bem esclarecidas. A importância dos granulócitos é sugerida pela ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

... Administrar em infusão lenta (60 minutos ou mais para 500 mg e 100 minutos para 1 g). t Incompatível com soluções de pH alcalino ou com fármacos instáveis em pH baixo. Cloridrato de Verapamil Rosa Martins Na Rename 2010: itens 14.2, 14.3 e 14.4.3. Apresentações t Comprimidos 80 mg e 120 mg. t Solução injetável 2,5 mg/mL. Indicações t Taquiarritmias supraventriculare......

Ver Índice

19/04/2011

Casos Clínicos

Glomerulonefrite Difusa Aguda (GNDA)

...matoso sistêmico;. · crioglobulinemia; · glomerulonefrite membranoproliferativa; · glomerulonefrite associada a endocardites e associadas a shunt. 2. Complemento normal: · vasculites sistêmicas; · doença de Berger (nefropatia por IgA); · púrpura de Henoch-Schönlein (variante da nefropatia por IgA); · doença de Goodpasture (anticorpos anti-MBG)......

Ver Índice

10/12/2010

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Cloridrato de Proximetacaína

...idez (FDA): C. ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO5 Adultos Para Procedimentos Anestésicos • Aplicar 1 a 2 gotas antes do procedimento. Para Procedimentos mais Invasivos (Extração de Catarata) • Instilar uma gota a cada 5 a 10 minutos. Repetir a dose de 5 a 7 vezes. Para Tonometria • Aplicar 1 a 2 gotas antes do procedimento. Crianças Para Procedimentos Anestésicos • ......

Ver Índice

17/11/2008

Revisões

Febre Reumática

...eptococo beta-hemolítico do grupo A de Lancefield (EBHGA), o Streptococcus pyogenes, em indivíduos geneticamente predispostos1,2. Manifesta-se geralmente 2 a 3 semanas após a infecção e caracteriza-se pelo acometimento articular, cardíaco, cutâneo, subcutâneo e neurológico. EPIDEMIOLOGIA A febre reumática (FR), associada à cardite, continua representando um importante problema ......

Ver Índice

27/12/2009

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Cloridrato de Prilocaína + Felipressina

... Na Rename 2006: item 1.2 APRESENTAÇÃO • Solução injetável para uso odontológico 3% + 0,03 UI/mL. INDICAÇÃO2 • Anestésico local para uso odontológico. CONTRA-INDICAÇÕES2,3,5 • Hipersensibilidade ao fármaco. • Metemoglobinemia. • Hipovolemia. • Bloqueio cardíaco. PRECAUÇÕES2-5,13 • Hipertensão grave não tratada, doença cardíaca grave, cho......

Ver Índice

27/01/2015

Remédios

Lidocaína (local oral)

...cado com cotonete ao redor da boca, a cada 3 horas. Cloridrato de lidocaína spray a 10% anestesia da mucosa oral Adultos 1 a 5 aplicações na área a ser anestesiada. Uso tópico (na pele) Adultos e crianças a partir de 2 anos de idade uma camada do creme sobre a pele intacta ou ao redor do corte. Em crianças observar um intervalo mínimo de 8 horas entre aplicacões e não aplicar em área......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal