FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Imatinibe" obteve 28 resultados.

Página:  de 3

15/10/2018

Revisões Internacionais

Tratamento de Tumores Estromais Gastrointestinais

...IST familiar Neurofibromatose tipo 1 Síndrome de Carney-Stratakis Gene KIT/PDGFRA NF1 SDHB, C ou D Herança Autossômica dominante Autossômica dominante Autossômica dominante Outros neoplasmas Não Sarcomas, gliomas Paraganglioma Descobertas cutâneas Ocasionalmente Ocasionalmente Não Idade <50 anos <50 anos 3ª década de......

Ver Índice

22/04/2014

Revisões Internacionais

Leucemia mieloide crônica e outras neoplasias mieloproliferativas

... de 1 a 2%. Hoje em dia, a taxa de sobrevida de 8 a 10 anos estimada para os pacientes com LMC aumentou de históricos 10 a 15% para 80% ou mais (90%, se os casos de morte não decorrente de LMC forem excluídos). Assim, a prevalência da LMC aumentou de 15-300.000 casos antes do ano 2000 para 70.000 a 800.000 casos. Esta prevalência deve continuar aumentando em cerca de 40.000 casos/ano até que a inc......

Ver Índice

26/10/2008

Revisões

Leucemias Crônicas

... são melhores quando este é realizado durante a fase crônica, e ainda no primeiro ano do diagnóstico. Porém, mesmo em pacientes selecionados, a sobrevida estimada em cinco anos varia entre 60% a 80%, com pacientes sucumbindo tanto por toxicidade relacionada ao tratamento quanto por recorrência da doença (tabela 9). O interferon-alfa (IFN-a) foi, durante muitos anos, a única opção de terapia medic......

Ver Índice

22/01/2015

Remédios

Imatinibe

...Uso oral Comprimido 100 mg: Glivec; G Comprimido 400 mg: Glivec; G O que é antineoplásico. Para que serve leucemia mieloide crônica (tratamento); tumor gastrintestinal (estromal) (tratamento). Como age inibe a proliferação celular e induz a morte programada da célula (apoptose). Como se usa Uso oral – Doses • doses em termos de imatinibe. Adultos leucemia mieloide crôni......

Ver Índice

13/04/2017

Revisões Internacionais

Transplante de Células Hematopoiéticas

...rafia de uma biópsia de pele, a qual mostra as características da DECH na pele. DECH: doença do enxerto contra hospedeiro. Figura 4 - Fotomicrografia de uma biópsia de pele, colorida com hematoxilina e eosina (ampliação de 40 vezes do original), mostrando as características da DECH na pele. Fonte: Cortesia do Fred Hutchinson Cancer Research Center. Com base na Figura 4, pode-se o......

Ver Índice

04/10/2016

Revisões Internacionais

Distúrbios Leucocitários Não Malignos

...amília têm uma subunidade ß comum (CD18) e uma subunidade ß diferente (CD11a, CD11b ou CD11c). A expressão de integrinas aumenta em resposta aos estímulos inflamatórios. Quimiotaxia A quimiotaxia ocorre no momento em que os neutrófilos detectam um quimioatrativo em baixas concentrações e movem o gradiente de concentração na direção de sua fonte, que geralmente é um sítio nos espaços extravasc......

Ver Índice

17/05/2013

Revisões Internacionais

Câncer pancreático, câncer gástrico e outros cânceres gastrintestinais

...as de sobrevida de 1 e 2 anos em pacientes rigorosamente selecionados. Entretanto, estes estudos envolveram um curto período de seguimento, e o grau de benefício alcançado pode derivar tanto da seleção dos pacientes como da ablação do tumor.193 Em um estudo, foi demonstrado que a ARF resultou em uma sobrevida livre de doença significativamente maior do que aquela alcançada com uma injeção percutân......

Ver Índice

05/02/2014

Revisões Internacionais

Leucemia aguda – Richard A. Larson

... t(8;21)(q22;q22); RUNX1-RUNX1T1 inv(16)(p13.1q22) ou t(16;16)(p13.1;q22); CBFB-MYH11 NPM1 mutante sem FLT3-ITD (cariótipo normal) CEBPA mutante (cariótipo normal) Intermediário-I NPM1 mutante e FLT3-ITD (cariótipo normal) NPM1 selvagem e FLT3-ITD (cariótipo normal) NPM1 selvagem sem FLT3-ITD (cariótipo normal) Intermediário-II t(9;11)(p22;q23); MLLT3-MLL Anormalidades citoge......

Ver Índice

23/06/2014

Revisões

Neoplasias mieloides

...onsequência de pelo menos duas mutações, uma conferindo uma vantagem proliferativa, e outra prejudicando a diferenciação hematopoiética. Classificação Para realizar classificação da LMA utiliza-se o sistema da OMS, que alia morfologia, imunofenótipo, citogenética e características clínicas. Atualmente, esse sistema é o mais relevante para as decisões clínicas. Há quatro grupos principais ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

F

...ão do limiar convulsivo; cautela em caso de uso concomitante com corticoides sistêmicos. t Caspofungina e saquinavir: podem ter sua efetividade diminuída pela dexametasona. t Fluoroquinolonas (exemplo, ciprofloxacino): o uso concomitante aumenta o risco de ruptura de tendões. Descontinuar fluoroquinolonas na presença de sinais e sintomas. t Galamina e quetiapina: têm sua efetividade diminuída p......

Ver Índice

Página:  de 3

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal