FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Manual de Implementacao do Checklist Parte ii Antes de Iniciar a Cirurgia" obteve 13 resultados.

Página:  de 2

17/07/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Manual de Implementação do Checklist: Parte II - Antes de Iniciar a Cirurgia

...o os seguintes: 1. Confirmação de nomes e funções de todos os membros da equipe · O coordenador do checklist pede a cada um que diga seu nome e sua função, incluindo estudantes ou outras pessoas presentes; · Essa simples rotina ajuda a gerenciar as ações de cada um em possíveis momentos críticos; · Se todos já se conhecem e estão familiarizados, isso pode ser ......

Ver Índice

17/07/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Manual de Implementação do Checklist: Parte II - Antes de Iniciar a Cirurgia

...morais; · Deve-se perguntar ao cirurgião se ele precisa de algum exame de imagem, caso não seja necessário, deixar este item checado como “não se aplica”. Caso contrário, deve-se tentar providenciar o exame de imagem se ele não estiver disponível, a não se que o cirurgião abra mão deste, porém deve-se deixar este item como não checado nessa situação. Link para o documento da OMS O......

Ver Índice

04/07/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Manual de Implementação do Checklist da Campanha “Cirurgia Segura Salva Vidas” da OMS

... consistente algumas medidas de segurança críticas. Espera-se que dessa forma os riscos mais comuns e evitáveis sejam minimizados, evitando expor a vida e o bem-estar dos pacientes cirúrgicos. Para executar a verificação durante a cirurgia, uma única pessoa deve ficar responsável para verificar os itens da lista. Este “coordenador” designado para a checagem normalmente é uma enfermei......

Ver Índice

04/07/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Manual de Implementação do Checklist da Campanha “Cirurgia Segura Salva Vidas” da OMS

...t para confirmar que a equipe tenha cumprido as suas tarefas antes de prosseguir para a próxima etapa. À medida em que as equipes se familiarizarem com os passos do Checklist, podem integrar os itens de controle em seus padrões de trabalho, bem como podem verbalizar as conclusões de cada etapa, sem a intervenção explícita do coordenador do Checklist. Cada equipe deverá tentar incorporar o uso de ......

Ver Índice

10/07/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Manual de Implementação do Checklist: Parte I - Antes da Indução Anestésica

...ciente (identificação do paciente, procedimento a ser realizado, local onde será feita a cirurgia e se há consentimento informado) · As perguntas são feitas diretamente ao paciente; · Essa etapa pode parecer repetitiva, mas é uma forma de garantir que não se opere o paciente errado, que não se faça o procedimento errado para aquele paciente ou que se opere, por exemplo, um me......

Ver Índice

10/07/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Manual de Implementação do Checklist: Parte I - Antes da Indução Anestésica

...o antes de se iniciar a indução anestésica. 5. Alergias do Paciente · A pergunta é feita ao anestesista; · Isso ajuda a garantir que o anestesista lembre de não administrar determinada medicação ao paciente caso ela seja de risco; · Pergunta-se dessa forma: Há alergia? Se sim, alergia a quê? · Caso o coordenador saiba de alguma alergia que o a......

Ver Índice

26/09/2013

Hospitalar

Capítulo 2 – Desenho e avaliação de programas

...que tenham sido expostos ou que tenham contraído esse tipo de doença. Autoridade e Responsabilidade sobre o Controle de Infecções O diretor ou o profissional de controle de infecções têm autoridade para instituir qualquer tipo de estudo e prevenção, medidas de controle ou estudos, quando houver motivos para acreditar que qualquer paciente, funcionário ou visitante possa estar em perigo. Esse......

Ver Índice

14/05/2013

Hospitalar

Papel do enfermeiro na segurança do paciente e nos resultados do atendimento

...sses casos, para confirmar aqueles em que esses aspectos podem ter contribuído para as mortes inesperadas e as paradas cardíacas. Nos casos em que os aspectos de atendimento forem reconhecidos, é enviada uma narrativa clínica resumida para o enfermeiro alocado na unidade para posterior revisão e validação. Até agora, as transferências não-planejadas para um nível mais alto de atendimento compreen......

Ver Índice

14/05/2013

Hospitalar

Papel do enfermeiro na segurança do paciente e nos resultados do atendimento

...os erros de medicamentos por paciente/dia (p. ex., por 1.000 pacientes/dia). No entanto, rastrear por dose de medicamento (p. ex., por 10.000 doses de medicação) proporciona uma imagem da freqüência de erro mais precisa e independente do censo, criando um campo nivelado para comparar um período de tempo com outro ou uma unidade de enfermagem com outra. 8. Estrutura organizacional A estrutura ......

Ver Índice

02/07/2015

Revisões Internacionais

Tratamento de Sintoma em Medicina Paliativa

...tico. A meta da terapia é umedecer a mucosa oral e a forma mais adequada e simples de fazer isso é fazer o paciente sorver água com frequência. Entretanto, há umidificadores bucais e salivas artificiais que podem ser preferidos por alguns pacientes.74–76 Comprimidos de pilocarpina podem ser usados, na dosagem de 5-10 mg a cada 8h, se as medidas anteriores falharem. Os efeitos colaterais incluem ná......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal