FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Parte i – Vigilancia Epidemiologica Procedimentos e Situacao Das Doencas Infecciosas no Brasil" obteve 19 resultados.

Página:  de 2

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Influenza Pandêmica A(H1N1)2009

...uente, com 16% de registros, seguida de idade inferior a 2 anos (9,1%), tabagismo (7,3%), idade acima de 60 anos (4,1%). Entre os casos que apresentam algum tipo de co-morbidade, observa-se que o grupo de doenças crônicas respiratórias (doença pulmonar obstrutiva crônica, asma, etc.) foi o mais frequente, com 41% dos registros, seguido de doenças cardiovasculares crônicas e doenças imunossupressor......

Ver Índice

05/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Estrutura para Respostas às Emergências em Saúde Pública

...A / DF – 2010 Estrutura para Respostas às Emergências em Saúde Pública O novo Regulamento Sanitário Internacional (RSI 2005) incluiu modificações substantivas no capítulo que se refere à vigilância de doenças e riscos, dentre as quais a exigência de notificação das denominadas “Emergências de Saúde Pública de Importância Internacional” definidas como evento extraordinário que se constitui ......

Ver Índice

16/05/2010

Revisões

Protocolo de Manejo Clínico de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) - 22-04-10

...bilidade de utilização de dose dobrada de Oseltamivir (150 mg) de 12 em 12 horas, nas seguintes circunstâncias: • Insuficiência respiratória, neutropenia, imunossupressão, quimioterapia ou uso de corticosteróides e obesidade grau III em função da idade; e • Na insuficiência renal a dose deve ser ajustada ao clearence: 10-30 ml/min = 75 mg de 24/24h; em hemodiálise = 30 mg após a hemodiálise ......

Ver Índice

23/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 1 – Vigilância Epidemiológica

...icação simples. O Sinan, descrito no terceiro capítulo deste Guia, é o principal instrumento de coleta dos dados de notificação compulsória. Outras Bases de Dados dos Sistemas Nacionais de Informação O registro rotineiro de dados sobre saúde, derivados da produção de serviços ou de sistemas de informação específicos, constitui valiosa fonte de informação sobre a ocorrência de doenças e agravo......

Ver Índice

08/08/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de manejo clínico e vigilância epidemiológica da Influenza

...ão complementares ao monitoramento da circulação dos vírus influenza, realizada por meio das unidades sentinelas. Com isso, pretende-se ampliar e integrar um conjunto maior de dados que permitam gerar informações epidemiológicas mais consistentes sobre a ocorrência desta doença no país, adotando-se as medidas de prevenção e controle mais pertinentes a cada situação. Estratégias integradas adot......

Ver Índice

06/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hepatites Virais

...er realizado em serviços especializados (média ou alta complexidade do SUS). O tratamento da hepatite B crônica está indicado nas seguintes situações: • HBsAg (+) por mais de seis meses; • HBeAg (+) ou HBV-DNA > 30 mil cópias/ml (fase de replicação); • ALT/TGP > duas vezes o limite superior da normalidade; • biópsia hepática com atividade inflamatória moderada a i......

Ver Índice

07/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Meningites

... Líquor 1 gota a partir do sedimento do material quimiocitológico 2 Preferencialmente no ato do 1º atendimento 2 lâminas de microcospia virgens Quimiocitológico Líquor 2 ml 1 Preferencialmente no ato do 1º atendimento Frasco estéril Em temperatura ambiente, em até 3 horas Tempo superior a 3 horas, conservar a 4ºC Enviar imediatamente ao laboratór......

Ver Índice

24/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 3 – Sistemas de Informação em Saúde e Vigilância Epidemiológica

...domiciliares sem assistência médica, a DN será preenchida no Cartório de Registro Civil, que reterá a primeira via, a ser recolhida pela SMS, e a segunda, para seus arquivos. A terceira via será entregue ao responsável, que a destinará à unidade de saúde do primeiro atendimento da criança. Também nesses casos as primeiras vias da DN deverão ser recolhidas ativamente pelas secretarias municipais d......

Ver Índice

28/06/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos - versão 5

...mão enluvada com o dedo indicador oposto (sem luvas) e retire a outra luva. 2.4. EPI: Proteção para os olhos ou protetor de face Os óculos de proteção (ou protetor de face) devem ser utilizados para prevenir a exposição do profissional a respingo de sangue, secreções corporais e excreções. Por isso devem ser utilizados quando o profissional de saúde atuar em procedimentos com risco de geração......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hanseníase

...o e interpretação dos testes de sensibilidade. Nesse caso, recomenda-se utilizar o “Protocolo Complementar de Investigação Diagnóstica de Casos de Hanseníase em Menores de 15 Anos” (Portaria SVS/SAS/MS n. 125, de 26 de marco de 2009). A classificação operacional do caso de Hanseníase, visando o tratamento com poliquimioterapia é baseada no número de lesões cutâneas de acordo com os seguintes crit......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.