FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Polipo no Colon" obteve 9 resultados.

Página:  de 1

29/03/2016

Casos Clínicos

Pólipo no cólon

... do cólon são geralmente classificados como não neoplásicas, hamartomatosos, neoplásicos (adenomas e carcinomas), serrilhados (os quais podem ser neoplásicos ou não neoplásicos), e submucosos (os quais podem ser neoplásicos ou não neoplásicos). Os pólipos hiperplásicos são os pólipos não neoplásicos mais comuns no cólon. A síndrome de polipose serrilhada (anteriormente conhecida como síndrome de......

Ver Índice

14/03/2013

Revisões Internacionais

Câncer colorretal – Bernard Levin

...mpleto resultar normal, uma colonoscopia subsequente deve ser oferecida após 1 ano. Se os resultados desta colonoscopia forem normais, novas colonoscopias devem ser realizadas a cada 3 a 5 anos, subsequentemente. Estes exames são realizados com o objetivo de detectar pólipos adenomatosos recorrentes e novos cânceres primários.28 As recidivas anastomóticas, que ocorrem apenas em cerca de 2% dos cas......

Ver Índice

04/09/2009

Revisões

Sangramento Genital Anormal

...não respondem à terapêutica clínica inicial e secundária para HUD. A avaliação laboratorial inicial consiste em hemograma completo, tempo de protrombina, tempo de tromboplastina parcial ativada e tempo de sangramento. Hipo ou hipertireoidismo pode estar associado a meno e/ou metrorragia, em respectivamente 23,4% e 21,5% das pacientes com essas doenças de base, por influência dos hormônios tireoid......

Ver Índice

11/02/2016

Casos Clínicos

Pólipo na Vesícula Biliar

...nomiomatose"), e pólipos inflamatórios. Colesterolose e adenomiomatose são anomalias da mucosa da vesícula biliar. A lesão maligna mais comum na vesícula biliar é o adenocarcinoma. Adenocarcinomas da vesícula biliar são muito mais comuns do que os adenomas da vesícula biliar, em contraste com o cólon onde adenomas são muito mais comuns do que os adenocarcinomas. Carcinomas de células escamosas, c......

Ver Índice

13/11/2017

Casos Clínicos

Adenocarcinoma de Reto

...através de mais de uma modalidade, contando com os procedimentos minimamente invasivos. Bibliografia 1. Jessup JM, Goldberg RM, Aware EA, et al. Colon and Rectum. In: AJCC Cancer Staging Manual, 8th, Amin MB (Ed), AJCC, Chicago 2017. p.251. 2. Farouk R, Nelson H, Radice E, et al. Accuracy of computed tomography in determining resectability for locally advanced primary or rec......

Ver Índice

13/06/2010

Revisões

Algia Pélvica Crônica

...nciados e de células claras). Alfafetoproteína Está associada a carcinoma hepatocelular e tumores que envolvam elementos do saco vitelínico. DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL São muitas as causas de dor pélvica, sendo útil a diferenciação clara de dor pélvica aguda, dor pélvica crônica e dor pélvica de etiologia extragenital. Não existem sintomas cardinais que definam a origem precisa da dor pélv......

Ver Índice

30/01/2013

Revisões

Problemas comuns anorretais

... Dos abscessos anais, o mais comum é o perianal (40 a 50% dos casos).9 Ele se caracteriza por ser extremamente doloroso, apresentando hiperemia e um abaulamento pequeno localizado na margem anal. O tratamento é cirúrgico e consiste em drenagem do abscesso, pois antibióticos usados de forma isolada não são suficientes. Nos abscessos superficiais, a drenagem poder· ser feita em caráter amb......

Ver Índice

10/10/2013

Revisões Internacionais

Cálculos biliares e doença do trato biliar – Kimberly M. Persley, Rajeev Jain

...tervenções terapêuticas. A CTP fornece acesso aos ductos periféricos que podem estar inacessíveis por CPRM.96 O tratamento geralmente consiste na administração de antibióticos e melhora da drenagem biliar (via endoscopia ou cirurgia). Se a doença for anatomicamente limitada, deve ser considerada a possibilidade de ressecção cirúrgica dos segmentos intra-hepáticos envolvidos.97 Cisto colédoco ......

Ver Índice

29/01/2016

Revisões Internacionais

Genética molecular do câncer

...e sanguínea ou as cadeias linfáticas até os órgãos mais distantes, onde saem da vasculatura e estabelecem sítios de crescimento independentes. As células tumorais se adaptam a cada uma dessas etapas no processo metastático; são necessárias alterações genéticas e epigenéticas em diversos genes e, ao final, apenas as células muito raras adquirem potencial metastático total. As alterações na expressã......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal