FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Pralidoxima" obteve 9 resultados.

Página:  de 1

02/08/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Pralidoxima

...ES • O tratamento deve ser iniciado o mais rapidamente possível. • Pacientes intoxicados pela pele devem ter as roupas removidas e o corpo e cabelos lavados com bicarbonato de sódio e a seguir com álcool, o mais rápido possível (alternativamente lavar com água e sabão). Usar luvas e roupas protetoras para lavar o paciente sem se contaminar. • O produto só tem uma ação efetiva em ......

Ver Índice

04/04/2010

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Mesilato de Pralidoxima

...de efeito de pralidoxima: barbitúricos, tiamina. • Uso concomitante de pralidoxima acelera a reversão do bloqueio neuromuscular de mivacúrio e suxametônio. • Uso concomitante de pralidoxima requer menores doses de atropina. • Pode interferir nos seguintes testes laboratoriais: alanina aminotrasferase e aspartato aminotrasferase. ASPECTOS FARMACÊUTICOS8 • Manter à temper......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

M

...a pela diálise. Efeitos adversos t Mielosupressão, anemia, neutropenia, trombocitopenia. t Hepatite, atrofia do fígado, cirrose, fibrose, encefalopatia, necrólise e insuficiência hepáticas. t Hiperpigmentação da pele, erupção cutânea. t Hiperuricemia. t Estomatite, diarreia, perda de apetite, náuseas, vômitos, hemorragia gastrintestinal. t Nefrotoxicidade. Interações de medicamentos......

Ver Índice

25/05/2012

Revisões Internacionais

Abordagem dos envenenamentos e das dosagens excessivas de medicamentos

...oxina [Tabela 17]. Em geral, as toxinas associadas aos frutos do mar são termoestáveis; por isso, o cozimento não torna o alimento seguro para ser comido. Em alguns casos (p. ex., ciguatera e envenenamento paralítico por moluscos bivalves [EPMB – mexilhões, mariscos e ostras]), os venenos são neurotoxinas extremamente potentes elaboradas por dinoflagelados, que então são consumidos pelos peixes ou......

Ver Índice

16/09/2015

Biblioteca Livre

Específicos

...eal e riscos associados ao seu uso (ver monografia, página 837). Nitrito de sódio e tiossulfato de sódio são antídotos empregados, em associação, como tratamento para a intoxicação por cianeto. Esse tratamento é composto por três estratégias: indução de metemoglobinemia (nitrito de sódio), doação de grupos enxofre, e ligação ao cianeto (tiossulfato de sódio). Na formação de metemoglobina pelo ni......

Ver Índice

16/09/2015

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Específicos

...duzida do ácido fólico, não precisa ser reduzido pela di-hidrofolato redutase para ser convertido a tetraidrofolato, permitindo sua ação no metabolismo intracelular (ver monografia, página 718). Mesilato de desferroxamina é quelante produzido a partir de um composto isolado de Streptomyces pilosus. Por ter grande afinidade pelo ferro na forma férrica (Fe+3), o remove da hemossiderina e ferritina......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

P

...emanas. t Adjuvante após falha terapêutica de doença metastática ou recorrente. t Administrar paclitaxel 175 mg/m2, por infusão intravenosa, durante 3 horas, a cada 3 semanas, por quatro ciclos, como monoterapia ou em combinação com quimioterapia padrão. Câncer avançado de ovário t Tratamento de primeira escolha: paclitaxel 175 mg/m2, por infusão intravenosa, durante 3 horas, ou 135 mg/m2/d......

Ver Índice

13/11/2015

Biblioteca Livre

Apêndice D

...o: doses com intervalo de 48 horas. Em hemodiálise: 15 a 20 mg/kg após diálise. cloridrato de hidralazina Ajuste de dose DCE 10 a 50 mL/minuto: administrar a cada 8 horas. DCE inferior a 10 mL/minuto: administrar a cada 8 a 16 h em acetiladores rápidos e a cada 12 a 24 h em acetiladores lentos. Não é necessária dose extra após hemodiálise e diálise peritoneal. cloridrato de idarru......

Ver Índice

13/11/2015

Guias Livres do Ministério da Saúde

Apêndice D

...docaína. cloridrato de lidocaína + hemitartarato de epinefrina Lesão renal grave: risco de acúmulo de lidocaína. cloridrato de metformina Evitar em insuficiência renal (creatinina sérica superior a 14 mg/dL). cloridrato de metoclopramida DCE inferior a 40 mL/minuto: reduzir dose à metade e monitorar a função renal. Aumento do risco de reações extrapiramidais. midazola......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal