FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Prevencao de Sangramentos em Hemofilia" obteve 15 resultados.

Página:  de 2

27/11/2013

Artigos

Prevenção de sangramentos em hemofilia

...vs. 4; P<0,01). Entretanto, o número de articulações acometidas nos 2 grupos foi similar (mediana 2 vs. 3, respectivamente). Os escores de qualidade de vida também foram parecidos entre os 2 grupos. Os custos anuais foram 66% maiores no grupo de dose alta de profilaxia (média por paciente por 5 anos de US$ 1.452,00 vs. US$ 867,00; P<0,01). Aplicações para a prática clínica Os resultado......

Ver Índice

12/01/2015

Remédios

Fator VII

...idade conhecida a proteínas bovinas, de ratos ou hamsters. Avaliar riscos X Benefícios coagulação intravascular disseminada; doença aterosclerótica avançada; septicemia. Reações mais comuns: Sistema nervoso central: febre; dor de cabeça; náusea; dor; inchaço. Hematológico: sangramento. Cardiológico: pressão alta; pressão baixa. Musculoesquelético: dor nas juntas. Hematológico: erupçã......

Ver Índice

20/07/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Fator VII

...L Estabilidade após reconstituição com Água Estéril para Injeção: temperatura ambiente (15 – 30ºC): 3 h. Refrigeração (2 - 8ºC): 3 h Aparência da solução após a reconstituição: clara. TEMPO DE INJEÇÃO: 2 a 5 minutos Intravenosa Direta – Fator VII (pó) 4,8 mg RECONSTITUIÇÃO (antes de reconstituir a medicação deve estar em temperatura ambiente) Diluente: Água Estéril para Injeção. Volu......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

S

..., a cada 12 ou 24 horas, aumentado em 500 mg em intervalos de 1 semana. Dose de manutenção 1 g, a cada 12 horas. Dose máxima diária: 3 g. Colite ulcerativa t Dose inicial 1 g a 2 g, por via oral, a cada 6 horas, na crise aguda até a remissão dos sintomas. Dose de manutenção 500 mg, por via oral, a cada 6 horas. Doença de Crohn ativa t 1 g a 2g, por via oral, a cada 6 horas, na crise ag......

Ver Índice

01/03/2013

Revisões Internacionais

Medicina transfusional – Harvey G. Klein

... existência de uma doença pulmonar, vascular periférica ou cardíaca séria pode abaixar este limiar. Os pacientes anêmicos com doença arterial coronariana significativa, por exemplo, são mais propensos a desenvolver complicações miocárdicas graves durante o pós-operatório. Em indivíduos adultos, uma unidade de hemácias aumenta a concentração de hemoglobina (Hb) em 1 g/dL. O limiar para transfusão......

Ver Índice

27/12/2009

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Ácido Acetilsalicílico

...guida de dose manutenção entre 75 e 150 mg por dia, por via oral. Terapia de Infarto Agudo do Miocárdio em Associação com Trombolítico • 200 mg, por via oral, em dose única, administrada precocemente após o diagnóstico, preferivelmente dispersada em água e engolida. A dose de manutenção é de 100 mg/dia. Terapia após Angioplastia com Inserção de Stent Coronariano • 300 mg, por v......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

L

...avir. t Informar ao paciente que o lopinavir + ritonavir apresenta inúmeras e significativas interações. Antes de usar qualquer outro medicamento, inclusive plantas medicinais, informar ao médico. t No caso de terapia combinada com didanosina, orientar para ingerir didanosina sem alimento uma hora antes ou duas horas depois da dose de lopinavir + ritonavir. t Reforçar orientações sobre prevençã......

Ver Índice

17/11/2014

Remédios

Ácido Mefenâmico

...tar o risco de sangramento com: anticoagulante oral; heparina; agente trombolítico (alteplase, anisteplase, estreptoquinase, uroquinase); cefamandol; cefoperazona; cefotetano; plicamicina; ácido valproico; outro inibidor da agregação plaquetária. • pode aumentar a ação de: lítio. • pode diminuir a ação de: diurético (particularmente o triantereno). • pode aumentar o risco de agranulocitose e de......

Ver Índice

02/10/2013

Revisões Internacionais

Plaquetas e distúrbios vasculares – Lawrence L. K. Leung

...ver adiante), aumenta a contagem de plaquetas e diminui o número de transfusões em casos de pacientes com síndrome mielodisplásica de baixo risco.6 Produção inadequada de plaquetas decorrente de baixos níveis de trombopoetina (TPO) A trombocitopenia moderada, em geral na faixa de 50.000 a 100.000/mcL, é comumente observada em pacientes com cirrose atribuída por convenção ao sequestro de plaqu......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

A

...uzir a dose em 0,5 mg/kg/dia, a cada 4 semanas, até alcançar doses efetivas menores. Aspectos farmacocinéticos clinicamente relevantes t Meia-vida de eliminação: 5 horas. t Metabolismo: hepático (metabólito ativo: mercaptopurina). t Excreção: urina e bile. Efeitos adversos t Reações de hipersensibilidade: mal-estar, tontura, náuseas (12%), vômitos (12%), diarreia, febre, calafrio, do......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal