FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Profilaxia de Infeccoes Oportunistas" obteve 45 resultados.

Página:  de 5

05/06/2009

Biblioteca Livre

Profilaxia de Infecções Oportunistas no Paciente com HIV

... CITOMEGALOVIROSE A mais efetiva estratégia de prevenção da doença CMV é a restauração da função imunológica. A escolha de regime profilático (ganciclovir ou foscarnet) para pacientes tratados para retinite por CMV deve ser feita em conjunto com o oftalmologista, levando em consideração a localização anatômica da lesão retiniana, a presença ou não de acometimento contralateral da visão, a recupe......

Ver Índice

11/11/2016

Revisões Internacionais

Infeccoes Micoticas em Hospedeiros Comprometidos

...á nenhum teste controlado randomizado disponível. Profilaxia A profilaxia primária é indicada para pacientes infectados pelo HIV e para receptores de transplantes de órgãos cujas contagens de células T CD4+ sejam inferiores a 200/µL. A profilaxia secundária é indicada para pacientes com histórico de pneumonia por PPC. As profilaxias primárias e secundárias para Pneumocystis poderão ser des......

Ver Índice

24/09/2014

Revisões Internacionais

HIV e SIDA - Christopher J. Hoffmann, Joel E. Gallant

...situ); doença constitutiva (febre inexplicável persistente, diarreia ou perda de peso, ou enfraquecimento incapacitante); herpes-zóster (multidermatomal); listeriose; mielopatia; nocardiose; LPO; DIP; neuropatia periférica; e púrpura trombocitopênica (idiopática). †As condições C são listadas na Tabela 4. CDC = Centers for Disease Control and Prevention; DIP = doença inflamatória pélvica; LPO =......

Ver Índice

05/06/2009

Biblioteca Livre

Co-morbidades e Co-infecções no paciente com HIV

...0 300 200 450 300 600 400 Siglas: Rifampicina = R Isoniazida = H Pirazinamida = Z Quadro 3 - ESQUEMA II - 2 RHZ/7RH Forma meningoencefálica da tuberculose Fases do tratamento Drogas Doses para todas as idades mg/kg/dia Peso do doente Mais de 20 kg e até 35 kg Mais de 35 kg e até 45 kg Mais de 45 kg mg/kg/dia mg/dia mg/dia......

Ver Índice

18/08/2014

Revisões Internacionais

Transplante Renal

... em termos de efeito sobre os linfócitos.32,33 A toxicidade gastrintestinal em forma de diarreia e náusea, bem como a toxicidade de medula óssea são problemas clínicos geralmente resolvidos com ajustes de dosagem. A azatioprina é um análogo de purina que é incorporado ao DNA celular, onde inibe a síntese de nucleotídeos de purina. Este fármaco também interfere na síntese e metabolismo do RNA. O ......

Ver Índice

18/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

AIDS

...o da Transmissão Sanguínea Transfusão de Sangue Triagem de doadores, afastando aqueles em risco de infecção pelo HIV e realização de teste obrigatório para detecção de anticorpos anti-HIV. A conscientização dos doadores, no sentido de auto-avaliar os riscos de infecção pelo HIV a que possam ter sido submetidos, evitando ser identificados à doação, constitui-se na melhor medida de prevenção da tr......

Ver Índice

15/09/2008

Revisões

Manifestações Neurológicas no Paciente com HIV

...adicinesia, instabilidade postural, tremor postural, hiper-reflexia difusa e presença de reflexos primitivos, indicando liberação frontal. O diagnóstico, na prática, é presuntivo, devendo ser excluídas causas como infecções, déficits vitamínicos e drogas. A RM revela atrofia central e cortical, com sinais característicos confluentes em substância branca profunda – interessante ressaltar que essa a......

Ver Índice

17/03/2014

Revisões

HIV

...cia, CXCR4) para, em seguida, ocorrer a fusão de sua membrana com a célula do hospedeiro, o que permite a entrada do seu código genético no citoplasma do linfócito T CD4+. O genoma do HIV é, então, transcrito de RNA para DNA por meio da enzima transcriptase reversa. Após, o DNA viral é carregado para o núcleo e inserido junto ao DNA do hospedeiro pela enzima integrase. Por diversos estímulos, tais......

Ver Índice

02/02/2010

5 Antiinfectantes

Antifúngicos sistêmicos

...ocumento Original] Série B. Textos Básicos de Saúde MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos Brasília / DF – 2008 5.2.1 Antifúngicos sistêmicos Anfotericina B é ativa contra a maioria dos agentes causadores de micoses profundas. Seu espectro de ação inclui fungos patogênicos e oportunistas......

Ver Índice

18/06/2015

Revisões Internacionais

Deficiências da Imunidade Inata e Adaptativa

... Imunodeficiência grave combinada A imunodeficiência grave combinada (IDGC) é assim chamada porque há comprometimento grave tanto do compartimento de célula T como do compartimento de célula B. Na maioria dos casos, não há função detectável de células T ou de células B. Genética e patogênese. É provável que existam mais de 20 causas diferentes de IDGC ou condições similares à IDGC. To......

Ver Índice

Página:  de 5

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal