FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Reacoes Adversas a Medicamentos" obteve 370 resultados.

Página:  de 37

14/09/2015

Biblioteca Livre

Reações Adversas a Medicamentos

...eactions. In: WALKER, R.; EDWARDS, C. (Ed.). Clinical pharmacy and therapeutics. 3rd. ed. Edinburg: Churchil Livingstone, 2003. p. 33-46. 8.PUBLIC CITIZEN’S HEALTH RESEARCH GROUP. Adverse drug reactions: how serious is the problem and how often and why does it occur. Disponível em: <http:// www.worstpills.org/public/page.cfm?op_id=4>. Acesso em: 2 jun. 2007. 9.MOORE, N. et al. Frequency an......

Ver Índice

12/02/2015

Remédios

Entenda o BPR-Guia de Remédios

... contém mais que 1 g de cloridrato de cefepima); quando dizemos sulfato de morfina 10 mg/1 mL (observem que aqui não usamos o termo equivalente) isto quer dizer que o produto contém realmente 10 mg de sulfato de morfina em 1 mL. Assim, antecipamos um termo que aparece nas doses dos produtos: dizemos que as doses são em termos de cefepima (no caso do cloridrato de cefepima) e as doses são em termo......

Ver Índice

14/09/2015

Biblioteca Livre

Medicamentos em Idosos  (Livre)

... and geriatric clinical pharmacology. Pharmacol. Rev., Philadelphia, Pa., US, v. 56, p. 163–184, 2004. 9.MANGONI, A. A. Cardiovascular drug therapy in elderly patients specific agerelated pharmacokinetic, pharmacodynamic and therapeutic considerations. Drugs Aging, Auckland, Nova Zelândia, v. 22, n. 11, p. 913-941, 2005. 10.DAVIES, R. O. et al. An overview of the clinical pharmacology of enalapr......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...inistrada. t Não exceder 50 mg num período de 10 minutos (velocidade de administração de 5 mg/minuto). Após injeção subcutânea de heparina t Considera-se que 1 mg neutraliza 100 UI de heparina; administrar 25 a 50 mg, por injeção intravenosa lenta (não excedendo 5 mg/min), seguidos de administração do restante da dose calculada, durante 8 a 16 horas, por infusão intravenosa. t Não exceder 5......

Ver Índice

14/09/2015

Biblioteca Livre

Interações medicamentosas

...os Cézar Flores Vidotti Interação farmacológica é evento clínico em que os efeitos de um fármaco são alterados pela presença de outro fármaco, alimento, bebida ou algum agente químico do ambiente. As interações farmacêuticas (ou incompatibilidades) também podem ser consideradas interações farmacológicas, diferindo das anteriores por ocorrerem in vitro e aquelas in vivo. Há, também, as interfer......

Ver Índice

14/09/2015

Biblioteca Livre

Medicamentos em Crianças  (Livre)

...o grau de ionização de um fármaco administrado oralmente, influindo na sua absorção4. De acordo com a idade da criança, quanto maior o pH gástrico, maior o grau de ionização do medicamento, e menor a biodisponibilidade4. A repercussão clínica é a de que o medicamento administrado por via oral em crianças tem a sua concentração diminuída e pode ser necessário um aumento da dose para manter a ativid......

Ver Índice

04/06/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Anfotericina B (COMPLEXO LIPÍDICO)

... durar mais de 2 horas, a solução deve ser agitada a cada 2 horas. ATENÇÃO: não utilizar filtro de linha. Se necessário, lavar o cateter com Glicose 5% antes da infusão. USO INJETÁVEL – DOSES Adultos e Crianças Aspergilose; Candidíase Disseminada; Criptococose 5 mg/kg de peso por dia. CUIDADOS ESPECIAIS Risco na Gravidez Risco B: Não há estudos adequados em mulheres (em experimentos......

Ver Índice

04/06/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Anfotericina B (COMPLEXO COM COLESTERIL SULFATO)

...permeabilidade da parede celular (os componentes intracelulares extravazam). COMO SE USA USO INJETÁVEL Infusão Intravenosa – Anfotericina B Complexo com Colesteril Sulfato (pó) 50 mg RECONSTITUIÇÃO • Diluente: Água Estéril para Injeção. • Volume: 10 mL. • ATENÇÃO: reconstituir somente com Água Estéril para Injeção, pois outros diluentes podem provocar a precipitação do......

Ver Índice

01/03/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Como prescrever da melhor forma possível?

...ição (informatização, monitorização laboratorial) mais do que apenas inserir novas drogas para melhorar a farmacoterapia Bibliografia 1 - Incidence of adverse reactions in hospitalizes patients. A meta-analysis of prospective studies. Larazou J, Pomeranz BH et al. JAMA 1998; 279; 1200-1205 Como prescrever da melhor forma possível? Lucas Santos Zambon Como prescrever da melhor forma possível? (......

Ver Índice

01/03/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Como prescrever da melhor forma possível?

...no imberbe. Princípios para uma prescrição mais racionalizada O artigo é um editorial que foi escrito por dois médicos ligados à divisão de Medicina Geral da Faculdade de Medicina da Harvard, nos EUA, dentro de um Centro para Prática e Pesquisa em Segurança do Paciente. Neste editorial, os autores discutem a necessidade de Princípios do que deveria ser uma prescrição mais conservadora, ou em......

Ver Índice

Página:  de 37

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal