FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Rubeola" obteve 121 resultados.

Página:  de 13

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...colher uma amostra em cada narina e outra da orofaringe. Características Epidemiológicas Em 2002, ocorreram 1.480 casos de Rubéola no Brasil, o que corresponde a um decréscimo de 95%, quando comparado à incidência de 1997. As taxas de incidência no sexo feminino, em 2002, ficaram em 1/100.000 mulheres tanto na faixa etária de 15 a 19, como de 20 a 29 anos. Em 2003, foram confirmados 563 casos......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...ngue e complementação dos dados da ficha; identificar outros possíveis casos suspeitos, realizando extensa busca ativa; aprazar e realizar a revisita para avaliar a evolução do caso; classificar o caso conforme os critérios estabelecidos; avaliar a cobertura vacinal e desencadear imediatamente as ações de controle. - Bloqueio vacinal: a partir de todo caso suspeito, abrangendo as pessoas do ......

Ver Índice

12/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Síndrome da Rubéola Congênita

...a, retinopatia pigmentar, surdez. Grupo 2 – hepatoesplenomegalia, icterícia, microcefalia, retardo mental, meningoencefalite, púrpura trombocitopênica, radiotransparência óssea nas metáfises (osteopatia de ossos longos). Infecção Congênita Caso suspeito que apresenta evidência laboratorial de infecção congênita pelo vírus da rubéola, sem nenhuma manifestação clínica compatível com SRC. D......

Ver Índice

31/05/2009

Biblioteca Livre

Rubéola

...Dermatologia Sanitária BRASÍLIA / DF – 2002 Rubéola CID-10: B06 DESCRIÇÃO DA RUBÉOLA Doença exantemática viral aguda, caracterizada por exantema máculo-papular, que se inicia na face, couro cabeludo e pescoço, espalhando-se para o tronco e membros (Figura 1). Apresenta febre baixa e linfodenopatia generalizada, principalmente subocciptal, pós-auricular e cervical posterior, geralmente p......

Ver Índice

31/05/2009

Biblioteca Livre

Rubéola Congênita

...elação ao número de casos de rubéola pós-natal notificados é de 0,13%. No Brasil, em 1986, foi realizado inquérito sorológico em cinco capitais brasileiras, em mulheres na faixa etária de 10 a 21 anos. Encontrou-se, em 7.537 amostras examinadas, uma prevalência de anticorpos para rubéola de 68,5%, o que significa que há um contingente de mulheres em idade fértil expostas ao risco de contrair a rub......

Ver Índice

08/03/2012

Revisões Internacionais

Sarampo, caxumba, rubéola, parvovírus, poxvírus – Martin S. Hirsch, MD

...a mucosa bucal e ocasionalmente na conjuntiva. A erupção cutânea, que eclode 2 a 3 dias mais tarde, costuma aparecer junto à raiz do cabelo e se espalhar para baixo ao longo dos 3 dias seguintes, conforme os sintomas sistêmicos vão enfraquecendo [Figura 1]. A densidade de lesões é maior na região acima dos ombros, onde pode haver coalescência das lesões maculares. As erupções duram 4 a 6 dias e, e......

Ver Índice

11/02/2015

Remédios

Vacina Contra Rubéola

...os especiais Risco na gravidez Classe C Não usar o produto hipersensibilidade aos componentes da vacina, incluindo gelatina ou neomicina; mulher grávida; imunodeficiência primária; AIDS; discrasia sanguínea; leucemia; linfoma ou qualquer tipo de neoplasma maligno que afete a medula óssea ou o sistema linfático; tratamento imunossupressor (corticotropina, corticosteroides em doses imunossupr......

Ver Índice

02/08/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Vacina contra Rubéola

... QUE É Vacina contra rubéola [vacina de vírus vivos atenuados contra a rubéola]. PARA QUE SERVE Rubéola (prevenção). COMO AGE A vacina contra rubéola induz a formação de anticorpos contra o vírus da rubéola. COMO SE USA Uso Injetável • Não usar a vacina durante a gravidez. • Não administrar via intramuscular. Via Subcutânea ADMINISTRAÇÃO: na parte superior do braço......

Ver Índice

11/02/2015

Remédios

Vacina Contra Caxumba, Rubéola e Sarampo

... rubéola e sarampo. Para que serve caxumba, rubéola e sarampo (prevenção). Como age induz a formação de anticorpos contra os vírus da caxumba, rubéola e sarampo. Como se usa Uso injetável – Preparação •pacientes alérgicos, principalmente a ovos ou antibióticos e que apresentaram reações a outras imunizações, devem ser submetidos previamente a um teste cutâneo para conhecer a sens......

Ver Índice

02/08/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Vacina contra Caxumba, Rubéola e Sarampo

...INAL: falta de apetite. IMUNOLÓGICO: gânglios linfáticos. LOCAL: dor no local da injeção; sensação de queimação ou de agulhadas no local da injeção; vermelhidão, inchaço ou sensibilidade no local da injeção. MÚSCULO-ESQUELÉTICO: dor nas juntas; inflamação nas juntas. SISTEMA NERVOSO CENTRAL: convulsão febril (em crianças); dor de cabeça; parestesia (sensação anormal de formigamento, ferroadas ......

Ver Índice

Página:  de 13

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal