FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Rubeola Congenita" obteve 40 resultados.

Página:  de 4

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...ção, devera ser realizada a pesquisa de IgG que, sendo negativa, orienta vacinação pós-natal; se positiva, indica imunidade. O material a ser colhido é sangue venoso sem anticoagulante, na quantidade de 5 a 10 ml. Nos casos de criança muito pequena, nos quais não seja possível coletar o volume estabelecido, obter no mínimo 3 ml. após a separação do soro, conservar em refrigerador entre 4° a 8°C, ......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

... uso de sangue ou seus derivados - recomenda-se que as pessoas só sejam vacinadas após 3 meses da data da transfusão; vigência de doenca aguda febril grave, para que sinais e sintomas agravados não sejam atribuídos ou confundidos como efeitos adversos da vacina. Durante a gravidez de maneira geral, não se recomenda a administração de vacinas de vírus vivo atenuados. As mulheres grávidas deverão se......

Ver Índice

31/05/2009

Biblioteca Livre

Rubéola Congênita

...ue se caracteriza pela sua gravidade, com ocorrência de óbitos e seqüelas. OBJETIVOS DA VIGILÂNCIA EPIDEMOLÓGICA Evitar a ocorrência de novos casos de SRC, através da imunização das populações suscetíveis, particularmente das mulheres, antes do início da idade fértil; conhecer a magnitude da SRC e avaliar o impacto das ações de controle. NOTIFICAÇÃO Doença de notificação compulsória e de......

Ver Índice

12/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Síndrome da Rubéola Congênita

... confirmados ou suspeitos de rubéola deve ser acompanhada pelo serviço de vigilância epidemiológica, com o objetivo de verificar a ocorrência de abortos, natimortos ou o nascimento de crianças com ou sem malformações congênitas ou outras anomalias. ROTEIRO DA INVESTIGAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA Identificação do Paciente Preencher todos os campos da ficha de investigação epidemiológica do Sinan, rela......

Ver Índice

01/06/2009

Biblioteca Livre

Documentação Fotográfica

...nésio Talhari, Silmara Cestari, Iphis Campbell, Gladys Campbell, Maria da Graça Cunha, Rossilene Cruz, Ilner Souza, Emília Pereira, Regina Carneiro e Clívia de Oliveira Carneiro. LESÕES ELEMENTARES Figura 1: Acromia. Figura 2: Hipocromia. Figura 3: Hipercromia. Figura 4: Eritema. Figura 5: Pápulas. Figura 6: Nódulo. Figura 7: Verrucosidade......

Ver Índice

08/03/2012

Revisões Internacionais

Sarampo, caxumba, rubéola, parvovírus, poxvírus – Martin S. Hirsch, MD

...rada [ver Complicações, adiante]. Testes laboratoriais O diagnóstico definitivo da caxumba pode ser estabelecido pelo isolamento do vírus a partir da orofaringe, líquido cerebrospinal (LCE) ou urina, ou por sorologia viral. A rápida detecção por meio de técnicas de PCR já é possível em alguns laboratórios. A PCR pode ser útil na vigilância epidemiológica.19 Complicações A epididimorquit......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

V

...erecida a pacientes HIV positivos assintomáticos, com contagem de CD4 acima de 200/mm3, que não possam evitar exposição ao vírus da febre amarela; monitorar cuidadosamente em relação a efeitos adversos, inclusive encefalite). – crianças com menos de 9 meses de idade (risco de encefalite; contudo, crianças entre 6 e 9 meses de idade podem ser vacinadas em caso de viagem para região de risco,......

Ver Índice

30/05/2010

Revisões

Doenças exantemáticas na infância

...róximo. Cerca de 90% das crianças têm sorologia positiva aos 5 anos. 4. Período de incubação: de 6 a 10 dias. 5. Manifestações clínicas: febre alta (> 39,5°C) com duração de 3 a 7 dias e manutenção do estado geral; queda abrupta da temperatura com aparecimento de rush maculopapular eritematoso não coalescent, que se inicia em tronco, estende-se para braços, pescoço, envolvendo levem......

Ver Índice

12/08/2009

Biblioteca Livre

Bibliografia Consultada

...our Office. Guidelines for use of ILO International Classification of Radiographs. of Pneumoconiosis. Geneva: ILO; 1980. Occupational Safety and Health Series n. 22. International Task Force on Hepatitis B Immunization. Notes on hepatitis B and its control. International Task Force on Hepatitis B Immunization. April, 1988. Isada CM, Kasten BL, Goldman MP et al. Infectious diseases handbook. 2nd ......

Ver Índice

31/05/2009

Biblioteca Livre

Sífilis / Sífilis Congênita

... possíveis situações de risco em suas práticas sexuais; desenvolva a percepção quanto à importância do seu tratamento e de seus parceiros sexuais e de comportamentos preventivos; d) Promoção do uso de preservativos; e) Aconselhamento aos parceiros; f) Educação em saúde, de modo geral. Observação: as associações entre diferentes DST são freqüentes, destacando-se, atualmente a rel......

Ver Índice

Página:  de 4

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal