FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Sindrome da Rubeola Congenita" obteve 33 resultados.

Página:  de 4

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

... Antes da introdução da vacina nos programas de imunização, ocorriam surtos de Rubéola a cada 3 – 6 anos, com consequente aumento no numero de casos da SRC nesses períodos. No Brasil, a vacina tríplice viral (Rubéola, Sarampo e caxumba) foi implantada de forma gradativa, tendo sido iniciada em 1992, no estado de São Paulo, estendida para a totalidade das demais unidades federadas em 2000. Em 1992,......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

... IgG ausentes em menores de 12 meses; títulos de IgG ausentes na mãe; títulos de IgG diminuindo em velocidade compatível com a transferência de anticorpos maternos detectados por ensaio imunoenzimático, a partir do nascimento; quando, por qualquer motivo, os resultados do exame sorológico do recém-nascido não estiverem disponíveis e os dados clínicos forem insuficientes para confirmar o caso pela ......

Ver Índice

12/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Síndrome da Rubéola Congênita

...inação contra a rubéola têm sido adotadas para a prevenção da SRC. A vacinação de mulheres em idade fértil (MIF) tem efeito direto na prevenção ao reduzir a susceptibilidade entre gestantes sem que ocorra a eliminação do vírus na comunidade. A longo prazo, a vacinação de rotina na infância tem impacto na prevenção da SRC pois interrompe a transmissão do vírus entre as crianças, o que reduz o risco......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

V

...sia e pré-eclâmpsia (risco aumentado para hemorragia). t Úlcera péptica. t Hipertensão grave ou maligna (risco aumentado para hemorragia cerebral). t Endocardite bacteriana, pericardite e derrame pericárdico. t Sangramento ativo no trato respiratório, geniturinário ou gastrintestinal. t Aneurisma cerebral e dissecção da aorta (risco aumentado para hemorragia incontrolável). t Anestesia (blo......

Ver Índice

30/05/2010

Revisões

Doenças exantemáticas na infância

... a seguir. ERITEMA INFECCIOSO OU QUINTA DOENÇA OU MEGALERITEMA EPIDÊMICO Denomina-se quinta doença porque foi a última de 5 doenças descritas que exibem exantemas parecidos. As outras 4 são rubéola, sarampo, escarlatina e doença de Filatov- Dukes. 1. Agente etiológico: parvovírus B19 (família Parvoviridae e gênero Eritrovírus). Vírus DNA de cadeia simples. 2. Sazonalidade: maior f......

Ver Índice

08/03/2012

Revisões Internacionais

Sarampo, caxumba, rubéola, parvovírus, poxvírus – Martin S. Hirsch, MD

...l prolongada. O diabetes melito, entre outras anormalidades endócrinas, pode ser uma dessas complicações tardias da rubéola congênita, como ocorre na panencefalite esclerosante subaguda.30 Tratamento e prevenção Além do período fetal, a rubéola é branda e autolimitada. Atualmente, o tratamento da síndrome da rubéola congênita é apenas de suporte. O CDC desenvolveu recomendações detalhadas so......

Ver Índice

01/02/2010

Revisões

Icterícia

...ica, eclâmpsia). Esférócitos: esferocitose e anemia hemolítica autoimune. DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL O diagnóstico diferencial dos quadros de icterícia, tendo em vista o grande número de patologias que cursam com este achado, deve ser feito considerando as causas de hiperbilirrubinemia conjugada e não conjugada. Hiperbilirrubinemia Não Conjugada Produção Elevada de Bilirrubinas 1. Prod......

Ver Índice

04/10/2016

Revisões Internacionais

Distúrbios Leucocitários Não Malignos

...es de histiocitose das células de Langerhans (HCL), histiocitose sinusal com linfadenopatia maciça e linfohistiocitose hemofagocítica (LHH). Síndromes da Histiocitose das Células de Langerhans Tabela 5: Distúrbios Selecionados na Função dos Neutrófilos Distúrbio Herança Características Clínicas Diagnóstico* Tratamento Defeitos de aderência Deficiência......

Ver Índice

31/05/2009

Biblioteca Livre

Rubéola

...ras técnicas mais sensíveis, como aglutinação do látex, imunofluorescência, hemaglutinação passiva, ensaio imunoenzimático (ELISA). Os laboratórios de referência para o diagnóstico da rubéola, realizam de rotina, somente a pesquisa de anticorpos IgM, pelo método ELISA, no caso de rubéola pós natal. A conduta para gestantes é diferenciada. TRATAMENTO DA RUBÉOLA De suporte. CARACTERÍSTICAS ......

Ver Índice

23/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 1 – Vigilância Epidemiológica

...o. HUMBERTO COSTA Anexo I: Lista nacional de agravos de notificação compulsória Botulismo Carbúnculo ou “antraz” Cólera Coqueluche Leishmaniose tegumentar americana Leishmaniose visceral Leptospirose Malária Dengue Difteria Doença de Chagas (casos agudos) Doenças meningocócicas e outras meningites Meningite por Haemophilu......

Ver Índice

Página:  de 4

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal