FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Uso de Anti Hipertensivos e Risco de Quedas em Idosos" obteve 21 resultados.

Página:  de 3

17/11/2010

Artigos

Uso de Anti-hipertensivos e Risco de Quedas em Idosos

...ada), mas também para pesquisar ativamente a hipotensão ortostática (aferição de pé). Apesar de não esclarecer os motivos dos efeitos protetores do beta bloqueador, esta droga pode ser uma opção no tratamento de idosos hipertensos que já apresentam hipotensão ortostática mesmo antes do início do tratamento anti-hipertensivo. Outro ponto interessante é o fato de IECA, BRA e bloqueadores dos canais ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...o. Acompanhar os níveis de tacrolimo e seus Efeitos adversos (nefrotoxicidade, hiperglicemia, hiperpotassemia). t Tolbutamida: pode levar a hipoglicemia (depressão do SNC e convulsões), por aumentar o tempo de meia-vida da tolbutamida. Associação contraindicada. Se necessário, avaliar a glicose sanguínea. t Voriconazol: pode ter sua concentração plasmática aumentada, por inibição do metabolismo.......

Ver Índice

26/04/2009

Revisões

Peculiaridades da psiquiatria no idoso

...ncia. Fatores de risco para depressão em pacientes com demência da Alzheimer incluem: história de depressão, idade mais jovem ao surgimento da demência e sexo feminino. Sintomas como perda do apetite, dificuldade na concentração ou insônia intermediária (na qual o paciente acorda diversas vezes à noite) devem ser consideradas a princípio como sendo parte do conjunto de sintomas da depressão, e não......

Ver Índice

08/02/2010

Casos Clínicos

delirium

...alemia. O propranolol é uma droga que usualmente não causa delirium, mas pode atravessar a barreira hematoencefálica (BHE) e causar depressão e, muito raramente, ajudar no aparecimento de delirium. Assim, se o paciente for refratário às medidas clínicas, pode-se considerar trocar o propranolol por outro betabloqueador que não ultrapasse a BHE ou por outra classe de medicação. A Tabela 1 cita medi......

Ver Índice

03/05/2010

Revisões

Envelhecimento Cardiovascular e Doenças Cardiovasculares em Idosos

...nsiderado apenas como um processo natural, muitas vezes negligenciado pela equipe de saúde. Doença Arterial Coronariana DAC Crônica Tanto a prevalência quanto a gravidade de doença arterial coronariana (DAC) aterosclerótica aumentam com a idade. Após os 60 anos, há aumento de DAC em tronco de coronária esquerda e triarterial. O risco de desenvolver DAC sintomática durante a vida é estimado e......

Ver Índice

21/06/2010

Casos Clínicos

Drogas Antiparkinsonianas

... que diminui a absorção errática da levodopa. Efeitos Adversos Efeitos colaterais agudos incluem náuseas, vômitos e hipotensão. O uso de domperidona 10 a 20 mg 30 minutos antes da dose de levodopa pode minimizar os efeitos de náuseas e vômitos, porém tem pouco efeito sobre a hipotensão. O uso crônico de levodopa está associado a complicações motoras, como flutuações e discinesias. Podem oco......

Ver Índice

21/07/2015

Revisões Internacionais

O paciente com tontura – Elliot M. Frohman MD PhD

...temporais de indivíduos assintomáticos.42 A ocorrência de microrrupturas periódicas idiopáticas no saco labiríntico permite a mistura da endolinfa (rica em potássio) com a perilinfa. O VIII nervo craniano, localizado na perilinfa, torna-se hiperpolarizado quando exposto à endolinfa rica em potássio. A consequência da hiperpolarização unilateral desse nervo é uma assimetria funcional vestibular que......

Ver Índice

22/03/2013

Revisões Internacionais

Distúrbios cerebrovasculares – Scott E. Kasner; Heather E. M

...ncapacitação moderada ou nula (definidos como ambulatório ou melhor). Abordagem médica de suporte Vários aspectos médicos gerais são importantes para todos os pacientes com AVC, entre os quais a abordagem das vias aéreas e oxigenação, pressão arterial e hemodinâmica, glicemia e temperatura. É comum haver complicações médicas após o AVC, as quais estão associadas a resultados precários. A abo......

Ver Índice

14/03/2014

Revisões Internacionais

Doença de Alzheimer e outras demências significativas

... JT. Memantine treatment in patients with mild to moderate Alzheimer’s disease already receiving a cholinesterase inhibitor: a randomized, double-blind, placebo-controlled trial. Curr Alzheimer Res 2008;5:83–9. 57. Schneider LS, Tariot PN, Dagerman KS, et al. Effectiveness of atypical antipsychotic drugs in patients with Alzheimer’s disease. N Engl J Med 2006;355:1525–38. 58. Ray WA, Chung......

Ver Índice

01/07/2014

Revisões

Antidepressivos

...da teoria monoaminérgica da depressão.4 Também foi ao acaso a descoberta posterior de que a imipramina, investigada inicialmente como tratamento para esquizofrenia, elevava o humor, apesar de não ter ação antipsicótica. A descoberta dos antidepressivos e sua utilização na prática clínica trouxeram um avanço importante no tratamento e no entendimento de possíveis mecanismos subjacentes aos transto......

Ver Índice

Página:  de 3

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.