FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Uso de Hidrocortisona e Fludrocortisona Para Pacientes em Choque Septico" obteve 11 resultados.

Página:  de 2

02/08/2018

Artigos

Uso de Hidrocortisona e Fludrocortisona para Pacientes em Choque Séptico

...a da UTI (35,4% versus 41%), até a alta hospitalar (39% versus 45,3%) e em 180 dias (46,6% versus 52,5%, bem como no número de dias livres de medicação vasoativa (17 versus 15), ventilação mecânica (11 versus 10) e disfunção orgânica (14 versus 11) nos primeiros 28 dias de internação. Pelo menos, 50% dos pacientes apresentaram algum evento adverso grave durante a internação sem diferença signific......

Ver Índice

29/04/2010

Casos Clínicos

Prescrição de drogas vasoativas e sepse

...es de 100, 250, 500 ou 1.000 mL. f) Monitoração Reavaliação clínica frequente de parâmetros como frequência respiratória e ausculta pulmonar na infusão para prevenir sobrecarga hídrica. g) Classificação na gravidez Classe A. h) Interações medicamentosas Nenhuma significativa. Coloides Soluções de expansão do espaço intravascular que contêm moléculas complexas (albumina e......

Ver Índice

04/09/2018

Revisões

Sepse e Choque Séptico

...a primeira hora. Na sepse pediátrica, a recomendação é de um bolo de volume inicial (cristaloides ou albumina) de 20mL/kg, que pode ser repetido em um máximo de 60mL/kg. No entanto, mesmo essas recomendações são controversas. De fato, em contextos com recursos limitados, a terapia volêmica foi associada a piores desfechos em crianças com malária e em adultos com choque séptico em comparação com a......

Ver Índice

11/05/2009

Casos Clínicos

Pneumonia e insuficiência adrenal

...ção de sua comercialização impede que haja vários estudos com a droga, dificultando a análise de sua eficácia. Modo de Ação Derivado pirazolônico. Atribui-se sua ação analgésica à inibição da síntese de prostaglandinas e à ação direta no sistema nervoso central. Indicações Ações analgésica e antipirética. Posologia A dose habitual é de 500 a 1.000 mg a cada 6 horas. Alternativa para......

Ver Índice

03/07/2009

Artigos

Segurança e eficácia do corticóide no choque séptico – revisão sistemática e meta-análise

...ptamente e em três, houve redução progressiva das doses. Não houve diferença na mortalidade em 28 dias entre os grupos que receberam ou não o corticóide (42,2% vs. 38,4%, respectivamente; RR 1,00, IC 95% 0,84-1,18). No entanto, os pacientes que receberam corticóide tiveram maior reversão do choque em 7 dias (64,9% vs. 47,5%; RR 1,41, IC 95% 1,22-1,64). A incidência de superinfecção não foi difer......

Ver Índice

17/10/2017

Revisões Internacionais

Insuficiência adrenal

...uprarrenais hiperatrofiadas. A glândula adrenal segrega grandes quantidades de 17-hidroxiprogesterona (17-OH progesterona) na tentativa de atingir níveis plasmáticos normais de cortisol. Considerando que é uma precursora da testosterona, a 17-OH progesterona leva à virilização de lactentes do sexo feminino. Na forma de virilização simples, o bloqueio enzimático permite a produção de quantidades n......

Ver Índice

12/09/2012

Revisões Internacionais

Adrenal – D. Lynn Loriaux

...cia adrenal crônica primária é tratada com hidrocortisona oral a uma taxa de 12 a 15 mg/m2/dia. Esta concentração, a grosso modo, corresponde ao dobro da quantidade de hidrocortisona normalmente secretada. A quantidade adicional é necessária para compensar o metabolismo hepático de primeira passagem. A hidrocortisona é mais bem administrada como uma única dose diária, no café da manhã. A fludrocor......

Ver Índice

16/05/2014

Revisões Internacionais

sepse

...s = 41,5).63 Entretanto, a medida de TREM-1 solúvel atualmente é indisponível como ensaio laboratorial clínico. Sepse grave e disfunção de múltiplos órgãos A principal característica da sepse grave é o desenvolvimento de disfunção de órgãos. Os achados clínicos e patológicos são específicos do órgão envolvido [Tabela 5]. Confusão ou diminuição do funcionamento do aparelho sensório, diminui......

Ver Índice

03/07/2009

Artigos

Corticóide na sepse grave e choque séptico – revisão sistemática

...ide na sepse grave e choque séptico – revisão sistemática Corticóides no tratamento da sepse grave e choque séptico em adultos. Uma revisão sistemática. Annane D, Bellissant E, Bollaert PE, Briegel J, Confalonieri M, De Gaudio R et al. Corticosteroids in the treatment of severe sepsis and septic shock in adults: a systematic review. JAMA 2009; 301(22):2362-2375 [Link para Abstract]. Fator......

Ver Índice

24/05/2009

Casos Clínicos

Coma mixedematoso

... bacilos) e cocos Gram-negativos. As indicações incluem infecções respiratórias altas e baixas (faringite, otite, sinusite, amidalite e bronquite), uretrites não-gonocócicas e piodermites. Existe apenas a apresentação oral. A dose habitual é de 300 mg/dia dividida a cada 12 horas ou 1 vez/dia, sendo necessário ajustar para a função renal e função hepática (se insuficiência renal). A classificaçã......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal