FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Uso Terapeutico de Varfarina – Parte 5 Reversao da Anticoagulacao e Manejo de Sangramentos" obteve 10 resultados.

Página:  de 1

26/03/2012

Algoritmos

Uso terapêutico de varfarina – Parte 3: início da anticoagulação fora do ambiente hospitalar

...on with warfarin – 4th edition1) e das diretrizes de 2012 sobre anticoagulação do American College of Chest Physicians (Antithrombotic Therapy and Prevention of Thrombosis, 9th Ed: ACCP Evidence-Based Clinical Practice Guidelines2) nos dão a oportunidade de rever este assunto e de realizar sugestões para a anticoagulação na prática clínica do dia a dia. Para os interessados no assunto, recomendamo......

Ver Índice

26/03/2012

Algoritmos

Uso terapêutico de varfarina – Parte 1: indicações, INR recomendado e tempo de anticoagulação

...mittee for Standards in Haematology - Guidelines on oral anticoagulation with warfarin – 4th edition1), e também em outras diretrizes, que serão citadas ao longo das recomendações. O teste utilizado para monitorar o uso e a dose de varfarina é o tempo de protrombina (TP) e o valor do INR define, de forma internacionalmente padronizada, o nível de ação do medicamento. Tromboembolismo venoso (T......

Ver Índice

11/09/2013

Casos Clínicos

Hematoma em Dorso

.... Pharmacology and management of the vitamin K antagonists: American College of Chest Physicians Evidence-Based Clinical Practice Guidelines (8th Edition). Chest 2008; 133:160S. 2. Watson HG, Baglin T, Laidlaw SL, et al. A comparison of the efficacy and rate of response to oral and intravenous vitamin K in reversal of over-anticoagulation with warfarin. Br J Haematol 2001; 115:145. 3. ......

Ver Índice

16/10/2014

Revisões

Tromboembolia pulmonar: tratamento

... quanto tempo devem os pacientes permanecer anticoagulados nas várias circunstân­cias associadas com TEV. A questão de pesquisa é a relação entre o risco de recorrência de TEV a partir do caso-índice e o risco de hemorragias decorren­tes da manutenção da anticoagulação. Haveria um tempo ideal que afastasse as recorrências e uma dose ideal que impedisse as complicações hemorrágicas? Sabe-s......

Ver Índice

11/07/2010

Revisões

Pós-Operatório de Cirurgia Cardíaca

... parada cardiorrespiratória, nas quais não é possível a abordagem cirúrgica. Fibrilação Atrial A fibrilação atrial pós-operatória (FAPO) é a complicação mais comum em pacientes submetidos à cirurgia cardíaca, ocorrendo em cerca de 30 a 50% destes. A incidência dessa complicação vem aumentando continuamente nas últimas décadas, sobretudo pela maior prevalência de pessoas mais idosas que vêm se......

Ver Índice

06/12/2013

Revisões Internacionais

Tromboembolia venosa

...ápida.56 Aparentemente, o teste genético é mais útil para pacientes que necessitam de uma dose diária baixa (= 3 mg) ou alta (= 7 mg) de warfarina.54 Um estudo observacional, que utilizou controles históricos, constatou que os testes genéticos de resposta rápida diminuíram as taxas de internação, inclusive o risco de internação por sangramento ou tromboembolia.57 Desta forma, existe um contrapeso ......

Ver Índice

10/09/2014

Revisões

Embolia pulmonar

...eros. Os D-dímeros são produtos da degradação da fibrina e, portanto, avaliam o estado trombótico-fibrinolítico, já que todo processo de trombose secundariamente ativa a fibrinólise endógena. Pode-se medir os D-dímeros por meio de diversas técnicas, como Elisa, Vidas (Elisa rápido), Elfa (imunofluorescência), látex quantitativo, látex semiquantitativo, látex qualitativo e dosagem em sangue total. ......

Ver Índice

28/02/2014

Revisões Internacionais

Distúrbios trombóticos – Lawrence L.K. Leung

...orrágica suprarrenal são complicações incomuns da TIH, em que o diagnóstico antecipado e o tratamento urgente podem salvar vidas. A trombose arterial pode manifestar-se como isquemia em um membro, AVC, infarto do miocárdio ou, menos comumente, trombose mesentérica e trombose arterial renal. Alguns pacientes apresentam achados laboratoriais que sustentam um diagnóstico de CID. Pode haver desenvolvi......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...se de 25 a 45 mg (de daunorrubicina base)/m2, por via intravenosa, uma vez por semana, em combinação com vincristina e prednisona. Leucemia mieloide aguda (terapia de indução em combinação com outros antineoplásicos) t Dose de 30 a 60 mg (de daunorrubicina base)/m2/dia, em infusão intravenosa contínua, nos dias 1 e 3 do ciclo. Adultos: Leucemia linfoblástica aguda t Dose de 45 mg (de d......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

M

...co. t Psoríase grave não responsiva às terapias convencionais. Contraindicações t Hipersensibilidade ao metotrexato. t Psoríase/artrite reumatoide concomitante com alcoolismo e doença hepática crônica (inclusive por alcoolismo). t Psoríase/artrite reumatoide concomitante com discrasias sanguíneas preexistentes ou evidências laboratoriais de síndrome de imunodeficiência. t Derrame pleural ......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal