FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Uso Terapeutico de Varfarina – Parte 5 Reversao da Anticoagulacao e Manejo de Sangramentos" obteve 10 resultados.

Página:  de 1

26/03/2012

Algoritmos

Uso terapêutico de varfarina – Parte 3: início da anticoagulação fora do ambiente hospitalar

...ly Physician (Evidence-based Initiation of Warfarin3), também indicado para pacientes com fibrilação atrial.8 Não há estudos comparando os 4 protocolos, que serão descritos a seguir, ficando a critério do clínico a escolha do mais adequado ao seu paciente. Algoritmo 1. Introdução segura da varfarina para a profilaxia de trombose na fibrilação atrial necessitando somente de um INR semanal.5 ......

Ver Índice

26/03/2012

Algoritmos

Uso terapêutico de varfarina – Parte 1: indicações, INR recomendado e tempo de anticoagulação

...prévio [2 pontos]). No esquema CHADS2 são dados 2 pontos para histórico de AVC ou AIT e 1 ponto é dado para cada fator de risco adicional. Indivíduos com 2 ou mais pontos seriam de alto risco e estariam indicados para anticoagulação, salvo alguma contraindicação. Já os pacientes com escore de 0 seriam considerados de baixo risco e, nesta situação, seria recomendado somente aspirina ou, alternativa......

Ver Índice

11/09/2013

Casos Clínicos

Hematoma em Dorso

...s meses. Vinha em acompanhamento ambulatorial com serviço de Urologia e Oncologia aguardando vaga para início de braquiterapia. Há cerca de 1 mês da atual procura ao pronto-socorro, acordou em determinada manhã apresentando intensa dispneia, sem febre, sem tosse, sem dor torácica ou qualquer outro sintoma. Tal queixa o motivou a procurar um pronto-socorro no mesmo dia. Foi realizada uma tomografia......

Ver Índice

16/10/2014

Revisões

Tromboembolia pulmonar: tratamento

...cientes. A embolectomia por técnicas de cateteri­zação intervencionista percutânea77 é um recur­so que se pode empregar em pacientes graves selecionados, com contraindicação e ou falência de te­rapia trombolíticas, não havendo disponibilidades ou contraindicação para embolectomia cirúrgica. Havendo possibilidade de ambos os recursos, a de­cisão deve ser feita em bases individuais.......

Ver Índice

11/07/2010

Revisões

Pós-Operatório de Cirurgia Cardíaca

... 1. Achados clínicos · Hipotensão; · estase de jugulares; · abafamento de bulhas; · baixo débito; · pulso paradoxal; · cessação ou redução abrupta da drenagem pericárdica; · PCR em AESP; · alargamento mediastinal na radiografia de tórax; · redução da voltagem no ECG; · achado de líquido pericárdico que causa restrição ao enchimento d......

Ver Índice

06/12/2013

Revisões Internacionais

Tromboembolia venosa

... Eikelboom JW, Weitz JI. New anticoagulants. Circulation 2010;121:1523–32. 60. Kearon C, Kahn SR, Agnelli G, et al. Antithrombotic therapy for venous thromboembolic disease: American Col­lege of Chest Physicians Evidence-Based Clinical Practice Guidelines (8th Edition). Chest 2008;133:454S–545S. 61. Ridker PM, Goldhaber SZ, Danielson E, et al. Long-term, low-intensity warfarin therapy ......

Ver Índice

10/09/2014

Revisões

Embolia pulmonar

...videnciam maior atividade contra o fator Xa. A ação da heparina impede a formação de novos trombos e possibilita que a fibrinólise endógena dissolva o coágulo já formado. A HNF exerce ação anticoagulante imediata, sendo removida rapidamente do plasma, com uma meia-vida média de 60 minutos quando administrada em doses terapêuticas. Realiza-se o controle da anticoagulação por HNF geralmente pelo tem......

Ver Índice

28/02/2014

Revisões Internacionais

Distúrbios trombóticos – Lawrence L.K. Leung

... proteína C. A deficiência de proteína S também leva ao desenvolvimento de trombose venosa, inclusive de trombose na veia mesentérica. A gestação e o uso de anticoncepcionais orais diminuem os níveis de proteína S e isto, em alguns casos, pode explicar a tromboembolia observada em tais circunstâncias.12 A deficiência de proteína S adquirida também ocorre em pacientes com síndrome nefrótica, que ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...s de: – hepatopatia, alterações hematológicas relacionadas à utilização de medicamentos, reações cutâneas, glaucoma, dependência ao álcool, diabete melito, antecedentes de crises de ausência atípica, antecedentes de distúrbio de condução cardíaca. – porfiria hepática, pelo risco de crise de porfiria. – lactação (ver Apêndice B). – idosos (reduzir a dose inicial definida......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

M

...sterase normalmente se torna irreversível. Entretanto, pacientes com intoxicação grave podem ainda responder após 36 horas da exposição, dependendo do organofosforado envolvido. Infusão intravenosa lenta previne taquicardia, laringoespasmo e rigidez muscular Mesna Larissa Niro Rogério Aparecido Minini dos Santos Na Rename 2010: item 6.3 Apresentações t Solução injetável 100 ......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal