FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Vacina Contra Poliomielite Oral" obteve 45 resultados.

Página:  de 5

11/02/2015

Remédios

Vacina Contra Poliomielite (oral)

...tra poliomielite (paralisia infantil) [vacina de vírus vivos contra a poliomielite; vacina Sabin]. Para que serve paralisia infantil (prevenção). Como age induz a formação de anticorpos contra os vírus da poliomielite. Como a vacina persiste na faringe por 1 a 2 semanas e é excretada nas fezes por diversas semanas, ela pode imunizar os contatos. Como se usa Uso oral – Doses imuni......

Ver Índice

04/04/2010

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Vacina Oral contra Poliomielite Tipos 1, 2 e 3

...ário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006 [Link Livre para o Documento Original] Série B. Textos Básicos de Saúde MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos Brasília / DF – 2008 Vacina Oral contra Poliomielite Tipos 1, 2 e 3 Elaine Silva Miranda Na Rename 2006: item 7.2 SINONÍMI......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

V

..., rubor leve local (34%), edema leve (28%), linfangite, abscesso estéril, enduração e calor no lugar da injeção, exantema. t Vômito (6%) e diarreia. t Cefaleia, mal-estar, sonolência (21%), irritabilidade (34%), anorexia (9%), letargia, neuropatia, convulsões – febris e afebris (0,02%), encefalite, encefalopatia, febre de 37,5 a 38,9 oC (39%) e acima de 39 ºC (1%). t Choque, anafilaxia (raros)......

Ver Índice

07/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Poliomielite

...esentes no genoma viral, permite reconhecer o vírus isolado como pertencente ao gênero dos enterovírus, além de propiciar identificação do sorotipo de poliovírus isolado, bem como a sua origem, se vacinal ou selvagem. O isolamento viral a partir do líquor, quando disponível, pode ser realizado pois a presença de vírus no líquor permite também a confirmação diagnóstica. O seqüenciamento nucleotídi......

Ver Índice

17/10/2012

Revisões Internacionais

Infecções virais entéricas – Nino Khetsuriani, Umesh D. Parashar

...u prestadores de serviços discutidos neste capítulo. O capítulo foi preparado por funcionários do governo federal norte-americano, como parte de suas tarefas oficiais. Portanto, trata-se de um trabalho do Governo dos Estados Unidos, que não é protegido por direitos autorais. Referências 1. Stanway G, Brown F, Christian P, et al. Picornaviridae: virus taxonomy: classification and n......

Ver Índice

29/05/2014

Revisões Internacionais

Recomendações de saúde para viajantes internacionais

... tratados alcançando níveis protetores de anticorpo em 1 mês após a administração da 1ª dose. A 2ª dose de vacina confere proteção a longo prazo. Se o esquema de imunização for interrompido de maneira indevida, torna-se desnecessário reiniciar o regime completo, bastando apenas administrar a 2ª dose. Uma série de vacinações iniciada com uma determinada marca de vacina pode ser concluída tanto com ......

Ver Índice

15/05/2017

Revisões Internacionais

Febre Após Retorno de Viagem

...e pacientes com abscesso hepático amebiano tenham febre, alguns sinais e sintomas localizados e apenas um desconforto abdominal vago ou dor no quadrante superior direito.122,123 De maneira geral, esses indivíduos apresentam níveis elevados de fosfatase alcalina e de contagem de leucócitos periféricos. Febre e eosinofilia A eosinofilia pode ser a manifestação de muitos processos de doença a......

Ver Índice

24/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 4 – Sistema de Vigilância Epidemiológica de Eventos Adversos Pós-vacinais

...iazepínico disponível, ou para dar continuidade ao tratamento. Sua atividade é duradoura, por ter meia-vida prolongada. Dose de ataque: 15mg/kg, por via intramuscular; • Oxigênio úmido, se necessário (cianose, mesmo após aspiração); • É comum a criança dormir após a crise, mesmo sem medicação; não se deve acordá-la. 2. Contra-indicação para doses subseqüentes Quando a convulsão......

Ver Índice

16/09/2015

Biblioteca Livre

Vacinas e toxóides

...rmica (ex.: vacina BCG), subcutânea profunda (ex.: vacina varicela), oral (ex.: poliomielite viva e rotavírus). A via intramuscular não deve ser usada em pacientes com distúrbios hemorrágicos, como hemofilia ou trombocitopenia; nesses casos, normalmente se recomenda a aplicação por via subcutânea profunda. Não há prova de que bebês prematuros estejam sob risco aumentado de reações adversas a vac......

Ver Índice

16/09/2015

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Vacinas e toxóides

...ço de 2006 no calendário de vacinas, e o Ministério da Saúde espera evitar cerca de 850 mortes de crianças, a cada ano, com esta incorporação. Outra repercussão esperada é redução de até 42% das internações por gastrenterite infectante, em menores de cinco anos (ver monografia, página 1040). Sarampo, rubéola e caxumba são infecções virais que podem se associar com doenças graves em pessoas não p......

Ver Índice

Página:  de 5

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal