FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Vacinas e Vacinacao" obteve 140 resultados.

Página:  de 14

11/11/2015

Biblioteca Livre

V

...e e vômitos (adiar a vacinação; contudo, vacinar se for diarreia leve e sem desidratação). – crianças submetidas a transfusão sanguínea ou que receberam derivados de sangue (inclusive imunoglobulinas) nos últimos 42 dias (imunocompetência alterada). – crianças em contato próximo com pessoas imunossuprimidas. – vacinas e imunoglobulinas concomitantes. – hipersensibilidad......

Ver Índice

29/05/2014

Revisões Internacionais

Recomendações de saúde para viajantes internacionais

...s. Uma única dose SC de 0,5 mL de vacina é administrada em adultos e crianças, induzindo uma resposta de anticorpos em 10 a 14 dias.1 A duração mínima da imunidade é 3 anos. _____________________________________________________________ Figura 4. As epidemias de doença meningocócica são frequente na área da África subsaariana, que se estende de Guiné, a Oeste, até a Etiópia, ao Leste. ......

Ver Índice

04/04/2010

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Vacina contra Influenza

...superfície. Esta especificação deve constar na bula do produto, assim como o(s) conservante(s) utilizado(s). Existem outras preparações de vacina contra influenza, algumas inclusive à base de outras cepas virais, que podem ter indicações (como profilaxia da gripe aviária) e formas farmacêuticas diferentes (por exemplo, solução nasal). A vacina contra influenza que integra o Formulário Terapêutico......

Ver Índice

16/09/2015

Biblioteca Livre

Vacinas e toxóides

...ra pacientes asplênicos ou para aqueles com disfunção esplênica: Haemophilus influenzae tipo b, influenza, meningocócica grupo C e pneumocócica. As vacinas não devem ser administradas por via intravenosa. A maioria das vacinas é administrada por via intramuscular; algumas são administradas por outras vias – intradérmica (ex.: vacina BCG), subcutânea profunda (ex.: vacina varicela), oral (ex.: po......

Ver Índice

16/09/2015

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Vacinas e toxóides

...onografias. Algumas vacinas (ex.: poliomielite) produzem muito poucas reações, enquanto outras (ex.: sarampo, varíola e rubéola) podem causar forma branda da doença. Ocasionalmente, podem ocorrer reações adversas mais graves. Os pais devem ser orientados para administrarem uma dose de paracetamol e, se necessário, uma segunda dose seis horas após a primeira, caso ocorra febre após imunização d......

Ver Índice

04/04/2010

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Vacina de Vírus Vivos Atenuados de Febre Amarela

...mbo de centro de vacinação oficial que emita certificados internacionais de vacinação, comprovando a contra-indicação. Além disto, seria também recomendável o contato com a embaixada do país a ser visitado. ASPECTOS FARMACÊUTICOS4,5 • O produto não reconstituído deve ser transportado sob refrigeração, em temperatura entre 0 e + 5°C. • Transferir o diluente com a seringa para o fras......

Ver Índice

31/03/2015

Revisões Internacionais

Zoonoses Virais

...de coagulação. A icterícia, que confere à doença seu nome, geralmente é evidente apenas em pacientes convalescentes. Em casos fatais, a morte usualmente ocorre em 7-10 dias; as taxas de caso-fatalidade variam amplamente, mas podem exceder 50% em pacientes clinicamente doentes.16 Na autópsia, os órgãos mais afetados são fígado, baço, rins e coração. Tipicamente, o fígado mostra necrose hialina med......

Ver Índice

24/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 4 – Sistema de Vigilância Epidemiológica de Eventos Adversos Pós-vacinais

...esso quente Tumoração no local de aplicação com flutuação, COM sinais inflamatórios (edema, calor, rubor e dor) 23 Artralgia Dor nas articulações 45 Artrite Dor nas articulações, associada com inflamação das mesmas – inchaço, vermelhidão e calor 39 Ataxia Alteração da marcha. Deve ser avaliada por um profissional habilitado 57 Atrofia no local da aplicaç......

Ver Índice

14/05/2013

Manual de prevenção e controle de infecções para hospitais

Pacientes pediátricos e neonatais

...rtmed, 2012. · O sistema imune dos pacientes pediátricos ainda não está totalmente desenvolvido. · Os pacientes pediátricos podem ser muito jovens para compreender ou participar do cuidado a sua saúde. · Os neonatos lidam com riscos especiais de infecção. · Selecionar pacientes com infecções. · Vacin......

Ver Índice

14/05/2013

Manual de prevenção e controle de infecções para hospitais

Pacientes pediátricos e neonatais

...’s hospital. Infect Control Hosp Epidemiol 23:568–572, Oct. 2002. 12. Writing Panel of Working Group, et al.: Guidelines for animal-assisted interventions in health care facilities. Am J Infect Cont 36:78–85, Mar. 2008. 13. Centers for Disease Control and Prevention, Infectious Disease Society of America, and the American Society of Blood and Marrow Transplantation: Guidelines for preventi......

Ver Índice

Página:  de 14

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal