FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "vi Estratificacao do Risco Cardiovascular" obteve 64 resultados.

Página:  de 7

29/03/2011

Biblioteca Livre

VI. Estratificação do Risco Cardiovascular

...ão do risco cardiovascular é de fundamental importância para orientar a conduta terapêutica e o prognóstico de cada paciente. Para a estratificação do risco cardiovascular, é necessário pesquisar a presença dos fatores de risco, das doenças cardiovasculares e das lesões em órgão-alvo, conforme mostra o Quadro 8. A classificação de risco de cada indivíduo deve ser avaliada pelo calculo do escore de......

Ver Índice

16/06/2017

Revisões Internacionais

Biomarcadores Cardiovasculares

...ro-Brain Natriuretic Peptide Investigation of Dyspnea in the Emergency Department) study. J Am Coll Cardiol 2007;50:607–13. 71. Lassus J, Gayat E, Mueller C, et al. Incremental value of biomarkers to clinical variables for mortality prediction in acutely decompensated heart failure: the Multinational Observational Cohort on Acute Heart Failure (MOCA) study. Int J Cardiol 2013;168:2186–9......

Ver Índice

01/04/2011

Biblioteca Livre

IV. Risco Cardiovascular – Classificação

...demonstrado no Quadro 2, a classificação inicial baseia-se em dados clínicos como idade e sexo, história clínica (principalmente, em relação a manifestações vasculares, sintomas de diabetes), pressão arterial, circunferência abdominal, peso e altura (índice de massa corporal), e um exame clínico focalizado em manifestações de aterosclerose. Indivíduos mais jovens (homens com menos de 45 anos e mu......

Ver Índice

04/06/2013

Revisões Internacionais

Angina estável crônica – Richard A. Lange – L. David Hillis

...geralmente um marcador de DAC multivascular severa, é sugerida pela dilatação VE ou captação pulmonar do radionuclídeo.29,30 O indivíduo com 2 ou mais defeitos de perfusão estresse-induzidos moderados a amplos ou que apresente evidências de disfunção VE induzida por estresse é considerado como tendo alta probabilidade de DAC severa e, portanto, deve ser submetido à angiografia coronariana.10 ......

Ver Índice

03/01/2013

Revisões

Prevenção primária e secundária para doenças cardiovasculares

...al da terapia da perda de peso deve ser a redução do peso corporal em cerca de 10% do valor basal. I (B) Tabagismo Cessação completa. Nenhuma exposição à fumaça ambiental do tabaco Pergunte sobre uso do tabaco a cada visita; aconselhe a parar o uso do tabaco; avalie e desenvolva um plano caso tenha vontade de parar de fumar. Organize o acompanhamento, o encaminhamento para programas ......

Ver Índice

03/11/2011

Artigos

Ecocardiograma em pré-operatório de cirurgia de grande porte não cardíaca

...nternação hospitalar. Embora não se possa excluir que o ecocardiograma foi apenas um marcador de maior risco dos pacientes que o realizaram, as análises realizadas (estratificação por risco pré-operatório e a elegante busca de associação com infecções do sítio cirúrgico) sugerem que um ecocardiograma mal indicado, ou seja, em pacientes de baixo e médio risco cardiovascular, associa-se a maior mort......

Ver Índice

06/08/2010

Revisões

Doença Arterial Coronariana Crônica – Definição, Diagnóstico e Estratificação de Risco

...rar sua função normal. O miocárdio atordoado costuma recuperar sua função espontaneamente após algumas semanas. 2. A segunda forma de miocárdio viável é o miocárdio hibernante. Recebe este nome pois é um miocárdio vivo que tem importante alteração de função, que pode ser recuperada com a reversão adequada da isquemia. Para estes pacientes, a diferenciação do miocárdio hibernado e das áreas de ......

Ver Índice

17/09/2015

Biblioteca Livre

Hipolipemiante

...icas aos valores considerados normais, baseados nas características clínicas de cada paciente. O tratamento deve ser implementado segundo a estratificação do risco para DCV de cada paciente definida pela equação de risco de Framingham. Aos pacientes assintomáticos e de baixo risco recomenda-se, inicialmente, apenas medidas não-farmacológicas com base na mudança do estilo de vida – re-educação ali......

Ver Índice

17/09/2015

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Hipolipemiante

...íntese do colesterol e é a primeira escolha para redução do LDL-C. Em prevenção primária e secundária da doença cardiovascular, as estatinas reduzem o risco de eventos coronarianos maiores, mortalidade cardiovascular e mortalidade total, sem aumentar mortalidade não-cardiovascular. Consequentemente, as estatinas devem ser consideradas rotineiramente em todos os pacientes com fator de risco para do......

Ver Índice

21/09/2012

Revisões Internacionais

Avaliação pré-operatória e cuidados com o paciente cirúrgico – Paul J. Grant, Amir K. Jaffer

... CPI Procedimentos cirúrgicos importantes ginecológicos, vasculares, torácicos, urológicos, bariátricos e gerais, na presença de fatores de risco de TEV* HBPM ou DBHNF ou fondaparinux Considerar a adição de profilaxia mecânica para TEV Neurocirurgia HBPM ou DBHNF ou CPI Considerar a adição de profilaxia mecânica para TEV Artroplastia total de quadril ou joelho HBPM ou f......

Ver Índice

Página:  de 7

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal