FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Diferentes Máscaras e Risco de Infecção por COVID-19

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado pela Disciplina de Emergências Clínicas Faculdade de Medicina da USP; Médico e Especialista em Clínica Médica pelo HC-FMUSP; Diretor Científico do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente (IBSP); Membro da Academia Brasileira de Medicina Hospitalar (ABMH); Assessor da Diretoria Médica do Hospital Samaritano de São Paulo.

Última revisão: 11/11/2020

Comentários de assinantes: 0

Contexto Clínico

 

A pandemia de síndrome respiratóriaaguda grave ? coronavírus-2 (SARS-CoV-2) ? aumentou a demanda por máscarascirúrgicas e respiratórias para profissionais de saúde e outros funcionários dalinha de frente. O debate sobre a importância da transmissão aérea doSARS-CoV-2 continua, mas estudos mostraram que o SARS-CoV-2 é viável por >12hem aerossóis. Embora vários materiais sejam eficazes para filtrar gotículasgrandes, os aerossóis gerados por espirros, tosse e procedimentos de geração deaerossóis podem passar mais rapidamente pelos materiais ou pontos de vazamento.

 

O Estudo

 

É apresentadoaqui um modelo probabilístico desenvolvido para estimar o risco de infecçãopara cenários de exposição por inalação curtos (30 segundos, breve exame dopaciente) e longos (20 minutos, duração necessária para a intubação dopaciente). Isso incluiu situações em uma sala com um paciente com Covid-19quando nenhuma máscara foi usada; quando respirador FFP2 (N95), respirador FFP3(N99) ou máscara cirúrgica foram usados; ou quando uma máscara de material não tradicional(seda, toalha de mão, saco de aspirador, fronha, fronha antimicrobiana, misturade algodão, camiseta 100% algodão, linho ou lenço) foi usada.

 

Comparandonenhuma proteção (linha de base) para exposições de 20 minutos e de 30 segundos,foi previsto que o risco médio de infecção foi reduzido em 24 a 94% e em 44 a 99%,dependendo da máscara. A maior redução no risco médio estimado de infecção foipara as máscaras de FFP3, que reduziram os riscos médios da linha de base em 94e 99% para exposições de 20 minutos e de 30 segundos, respectivamente. Emmateriais não tradicionais, a bolsa do aspirador resultou na maior redução norisco médio de infecção (20 minutos de exposição, 58%; 30 segundos, 83%),enquanto os lenços ofereceram a menor redução (20 minutos de exposição, 24%; 30segundos, 44%).

Em ordem, domelhor para o pior material, tem-se o seguinte (considerar que as tramas ecaracterísticas de cada item são diferentes):

·              Máscaras PFF3(N99)

·              Máscaras PFF2(N95)

·              Máscaracirúrgica (tripla camada de TNT)

·              Saco de aspirador

·              Toalha de mão

·              Trama dealgodão

·              Fronhaantimicrobiana

·              Linho

·              Fronha

·              Seda

·              Camiseta 100%algodão

·              Lenço depescoço

 

 

Aplicação Prática

 

Com basenesse modelo, para além do fato de que, para profissionais de saúde, éindubitável que a disponibilidade de N95 e máscaras cirúrgicas é absolutamentenecessária, tem-se que os insights são para orientar a população emgeral sobre quais são os tecidos mais recomendados para comprar ou fazermáscaras caseiras. Tramas mais espessas e com mais camadas são definitivamentemelhores.

 

Bibliografia

 

1.            Wilson AM et al. COVID-19 and use ofnon-traditional masks: how do various materials compare in reducing the risk ofinfection for mask wearers? Journal of Hospital Infection 105 (2020) 640e642

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.