FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Caso 2" obteve 2498 resultados.

Página:  de 250

27/01/2015

Casos Clínicos

Caso Clínico – Qual o diagnóstico hematológico deste caso?

...brina e a ligação do fibrinogênio à superfície das plaquetas (através da glicoproteína IIb-IIIa), interferindo assim na formação do coágulo de fibrina e na agregação de plaquetas. A coagulopatia de consumo, combinada com a alta concentração de produtos da degradação da fibrina leva à grave diátese hemorrágica, e explica o fato de que a terapia de suporte com Plasma Fresco Congelado (FFP) e transf......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...enca ocorre nos cinco primeiros meses da gestação que pode resultar em aborto, natimorto, malformações congênitas (cardiopatias, surdez, catarata). Agente Etiológico Vírus RNA, gênero Rubivirus, família Togaviridae. Reservatório O homem. Modo de Transmissão Direto, pelo contato com secreções nasofaríngeas de pessoas infectadas. Período de Incubação De 14 a 21 dias, com duração ......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...iva, dentre outras, só diagnosticadas muitos anos após o nascimento. Agente Etiológico Vírus RNA, gênero Rubivirus, familia Togaviridae. Reservatório O homem. Modo de Transmissão A infeccao é adquirida por via intrauterina (transmissão vertical). Período de Incubação Não há periodo definido. Período de Transmissibilidade Lactentes com SRC podem eliminar o vírus através das......

Ver Índice

12/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Sarampo

... albergues, alojamentos, universidades, etc.; • populações que migram de localidades onde as coberturas vacinais, anteriores e/ou atuais, são baixas; • adolescentes e adultos jovens que viajam para países onde o sarampo é endêmico; • trabalhadores dos setores hoteleiro, turismo e portuário, bem como de feiras, aeroportos, vendedores ambulantes, profissionais do sexo e rodoviárias......

Ver Índice

08/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Raiva

...ta ingerir líquido, apresentando sialorréia intensa. Os espasmos musculares evoluem para um quadro de paralisia, levando a alterações cardiorrespiratórias, retenção urinária e obstipação intestinal. O paciente se mantém consciente, com período de alucinações, até à instalação de quadro comatoso e evolução para óbito. Observa-se ainda a presença de disfagia, aerofobia, hiperacusia, fotofobia. O per......

Ver Índice

07/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Leishmaniose Visceral

...ose visceral Observação: a confirmação do exame parasitológico canino é obrigatória apenas nas áreas sem casos humanos. Áreas com Transmissão Esporádica de Leishmaniose Visceral Ações específicas referentes ao vetor – nos municípios com transmissão esporádica, as ações referentes ao vetor estão restritas ao conhecimento da espécie e a dispersão da população do vetor no município, que......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hanseníase

...obacterium leprae. É um parasita intracelular obrigatório que apresenta afinidade por células cutâneas e por células dos nervos periféricos. Reservatório O homem é reconhecido como a única fonte de infecção, embora tenham sido identificados animais naturalmente infectados – o tatu, o macaco mangabei e o chimpanzé. Os doentes multibacilares sem tratamento – hanseníase virchowiana e hanseníase ......

Ver Índice

11/05/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos  (Livre)

...de infecção pelo vírus de Influenza A (H1N1) deverá ser realizado apenas nos Laboratórios de Referência Instituto Adolfo Lutz (IAL), Instituto Evandro Chagas (IEC) e Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ/RJ). Estes laboratórios fazem parte da rede de laboratórios credenciados pela OMS. · Nesta fase as amostras de secreções respiratórias devem ser coletadas preferencialmente até o terceiro dia, após......

Ver Índice

28/06/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos - versão 5

...I. TRATAMENTO COM OSELTAMIVIR 1. Indicação a) Tratamento de Casos Graves O uso do Oseltamivir no tratamento de casos suspeitos ou confirmados de Influenza A(H1N1) está indicado para pacientes com quadro clínico da forma grave da doença1.1 OU que apresentem fatores de risco para as suas complicações1.2. A utilização do medicamento deve ser realizada em, no máximo, até 48 horas a partir da data d......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Difteria

...estigação dos comunicantes é indispensável: • preencher os campos da ficha de investigação da difteria referentes aos comunicantes; • coletar material de naso e orofaringe e de lesão de pele dos comunicantes, a fim de realizar cultura de Corynebacterium diphtheriae; • verificar a situação vacinal dos comunicantes, considerando as doses registradas na caderneta de vacinação e, se ......

Ver Índice

Página:  de 250

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A

Cnpj: 11.012.848/0001-57

info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.