FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Caso 6" obteve 2498 resultados.

Página:  de 250

27/01/2015

Casos Clínicos

Caso Clínico – Qual o diagnóstico hematológico deste caso?

...egradação da Fibrina Elevado Elevado D-dímero Elevado Elevado As causas mais comuns de CIVD aguda são as seguintes: - Sepse grave - Câncer - Leucemia (principalmente leucemia mieloide aguda promielocítica) - Trauma - Complicações obstétricas (pré-eclâmpsia, aborto retido, esteatose hepática aguda da gravidez) - Hemólise intravascular (reação transfusional hemolítica agud......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...ra coleta de sangue e complementação dos dados da ficha; identificar outros possíveis casos suspeitos, realizando extensa busca ativa; aprazar e realizar a revisita para avaliar a evolução do caso; classificar o caso conforme os critérios estabelecidos; avaliar a cobertura vacinal e desencadear imediatamente as ações de controle. - Bloqueio vacinal: a partir de todo caso suspeito, abrangendo......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...nico, epidemiológico e laboratorial. O feto infectado é capaz de produzir anticorpos específicos da classe IgM e IgG para Rubéola, antes mesmo do nascimento. A presença de anticorpos IgM específicos para Rubéola no sangue do recém-nascido e evidencia de infeccao congênita, haja vista que esse tipo de imunoglobulina não ultrapassa a barreira placentária. Os anticorpos IgM podem ser detectados em 10......

Ver Índice

12/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Sarampo

...ralização em placas. Todos os testes têm sensibilidade e especificidade entre 85% a 98%. No Brasil, a rede laboratorial de saúde pública de referência para o sarampo utiliza a técnica de Elisa para a detecção de IgM e IgG. Número de Amostras A amostra de sangue do caso suspeito deve ser colhida, sempre que possível, no primeiro atendimento ao paciente. São consideradas amostras oportuna......

Ver Índice

08/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Raiva

... O animal demonstra alterações sutis de comportamento, anorexia, esconde-se, parece desatento e, por vezes, nem atende ao próprio dono. Nessa fase ocorre um ligeiro aumento de temperatura, dilatação de pupilas e reflexos corneanos lentos. Há duas apresentações de raiva no cão: • furiosa – angústia, inquietude, excitação, tendência à agressão (morde objetos, outros animais e o próprio dono), alte......

Ver Índice

07/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Leishmaniose Visceral

...são coloidal, que parece ser mais tóxica que a anterior. A anfotericina B lipossomal é uma outra droga disponível, porém de custo elevado o que impossibilita o seu uso na rotina do serviço. Está sendo indicada aos pacientes graves de leishmaniose visceral, principalmente os que desenvolveram insuficiência renal ou toxicidade cardíaca durante o uso do antimoniato de N-metil-glucamina e de outras dr......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hanseníase

... ocorrer reação Tipo 2 nas seguintes situações: » mulheres em idade fértil; » comprometimento neural; » irite ou iridociclite; » orquiepididimite; » mãos e pés reacionais; » nefrite; » eritema nodoso necrotizante; » vasculite (fenômeno de Lúcio). Deve-se levar em consideração a gravidade intrínseca de cada quadro clínico e a necessidade de outras medidas......

Ver Índice

11/05/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos  (Livre)

...tantes que mantenham contato com pacientes suspeitos de infecção por Influenza A (H1N1), durante o período de internação. · Os profissionais de saúde que executam o procedimento de verificação de óbito. · Outros profissionais que entram em contato com pacientes suspeitos de infecção por Influenza A (H1N1). 2.2. EPI: Máscara de Proteção Respiratória – tipo Respirador Como ainda não......

Ver Índice

28/06/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos - versão 5

...a de dificuldade respiratória, forte dor abdominal ou torácica, convulsões, desidratação ou alteração do estado de consciência. b) Quimioprofilaxia No momento atual, o uso do Oseltamivir para quimioprofilaxia está indicado APENAS nas seguintes situações: - Os profissionais de laboratório que tenham manipulado amostras clínicas que contenham a nova Influenza A(H1N1) sem o uso de EPI (......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Difteria

...faríngea – amigdalite estreptocócica, angina monocítica, angina de Plaut Vicent, agranulocitose; • difteria laríngea – crupe viral, laringite estridulosa, epiglotite aguda, inalação de corpo estranho. Diagnóstico Laboratorial Realizado mediante a identificação e isolamento do Corynebacterium diphtheriae através de cultura de material colhido com técnica adequada das lesões existentes (u......

Ver Índice

Página:  de 250

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A

Cnpj: 11.012.848/0001-57

info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.