FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Vacina Contra Poliomielite" obteve 61 resultados.

Página:  de 7

11/02/2015

Remédios

Vacina Contra Poliomielite (injetável)

...braço, na região do deltoide. Vacina contra poliomielite – Via subcutânea Administração: é aconselhável que seja feita em pacientes com graves tendências hemorrágicas (hemofílicos; pacientes com trombocitopenia). Cuidados especiais Risco na gravidez Classe C Amamentação não se sabe se é eliminado no leite; problemas não documentados. Não usar o produto hipersensibilidade aos......

Ver Índice

11/02/2015

Remédios

Vacina Contra Poliomielite (oral)

...ste na faringe por 1 a 2 semanas e é excretada nas fezes por diversas semanas, ela pode imunizar os contatos. Como se usa Uso oral – Doses imunização básica: 3 doses (com 2, 4 e 6 meses de idade). reforços: 1° aos 15 meses de idade e 2° aos 5 ou 6 anos de idade. Cuidados especiais Risco na gravidez Classe C Amamentação sem problemas. Reações que podem ocorrer (sem incidên......

Ver Índice

04/04/2010

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Vacina Oral contra Poliomielite Tipos 1, 2 e 3

... Em estoque, deve ser armazenada à temperatura de -20 oC. • Após aberto o frasco, utiliza-se por até 7 dias. ATENÇÃO: a vacina oral contra poliomielite, administrada em uma série de 3 doses, resulta em proteção imune sustentável, provavelmente por toda a vida, em mais de 95% dos casos. A vacina de vírus inativado é injetável e deve ser utilizada por indivíduos que estejam imunodep......

Ver Índice

02/08/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Vacina contra Poliomielite

...s de Aberto Temperatura entre 2-8ºC. O QUE É Vacina contra poliomielite (paralisia infantil) [vacina de vírus inativados contra a poliomielite; contém 3 tipos de poliovírus: tipos 1 (Mahoney), 2 (MEF-1) e 3 (Saukett)]. PARA QUE SERVE Poliomielite (prevenção) (em crianças com mais de 6 semanas de vida ou em adultos sob risco de exposição durante epidemias; em áreas endêmicas; imunodeprim......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

V

...s de 2 semanas. A contraindicação não se aplica a corticoterapia sistêmica, em doses baixas a moderadas, por menos de 2 semanas, bem como a uso tópico ou injetável localizado (intra-articular, bursal ou em tendão). Ver também, acima, as recomendações para imunossupressores. t Vacina oral contra poliovírus deve ser intervalada pelo menos por 2 semanas (antes ou depois). Orientações aos pacient......

Ver Índice

17/10/2012

Revisões Internacionais

Infecções virais entéricas – Nino Khetsuriani, Umesh D. Parashar

...superior a 4 vezes dos títulos de anticorpos contra o sorotipo implicado é indicativa de infecção recente. Dentre os vários métodos sorológicos existentes, a neutralização do vírus é o preferido. Tratamento A maioria dos pacientes infectados por enterovírus se recupera, sem complicações, após alguns dias de terapia de suporte. Entretanto, pacientes com doenças potencialmente sérias necessita......

Ver Índice

07/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Poliomielite

...se a adoção de precauções entéricas. Confirmação Diagnóstica Utiliza-se a pesquisa de poliovírus nas fezes, coletadas nos primeiros 14 dias da deficiência motora. Proteção da População A principal proteção ocorre pela manutenção de elevadas coberturas vacinais na rotina e nas campanhas de vacinação em massa, com a vacina VOP. Quando houver casos notificados de PFA com hipótese diagnóstic......

Ver Índice

16/09/2015

Biblioteca Livre

Vacinas e toxóides

...as. Da mesma forma que para os pacientes com DPOC, justifica-se a aplicação de vacina anual contra influenza em pacientes com bronquiectasia. Segundo revisão sistemática Cochrane, não há prova suficiente para afirmar que a vacinação de profissionais da saúde contra influenza proteja as pessoas idosas sob seus cuidados. Considera-se prudente vacinar contra influenza, anualmente, pessoas com fibrose......

Ver Índice

16/09/2015

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Vacinas e toxóides

...tes do procedimento para prevenir possível inativação. Quando for requerida a aplicação de duas vacinas de vírus vivos, e não estiverem disponíveis como formulação combinada, elas devem ser administradas simultaneamente, em sítios anatômicos diferentes, ou separadas por um intervalo de pelo menos quatro semanas. As vacinas são contraindicadas em indivíduos que tenham história prévia de reação an......

Ver Índice

06/01/2014

Revisões Internacionais

Doenças virais agudas do sistema nervoso central

...com frequência por RNM cerebral.70 O exame de PCR do LCS frequentemente revela o RNA do vírus West Nile.71,72 A predileção dos flavivírus por estruturas de localização profunda é evidenciada em um relato recente de oftalmoplegia em um caso de encefalite por vírus Powassan.73 Os bunyavírus são transmitidos por mosquitos e causam a encefalite californiana. O vírus La Crosse é o agente mais comum e ......

Ver Índice

Página:  de 7

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.