FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Metformina associada à Insulina para adolescentes com Diabetes Tipo 1 e Obesidade

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado pela Disciplina de Emergências Clínicas Faculdade de Medicina da USP; Médico e Especialista em Clínica Médica pelo HC-FMUSP; Diretor Científico do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente (IBSP); Membro da Academia Brasileira de Medicina Hospitalar (ABMH); Assessor da Diretoria Médica do Hospital Samaritano de São Paulo.

Última revisão: 13/05/2016

Comentários de assinantes: 0

Contexto Clínico

Estudos observacionais mostram um número crescente de indivíduos com sobrepeso e obesos com diabetes tipo 1.  Para os jovens com diabetes tipo 1, o excesso de peso, ou obesidade, tem potencialmente graves consequências metabólicas, especialmente durante a adolescência. Entre esses indivíduos, as doses elevadas de insulina necessária para superar a resistência à insulina e a obesidade da puberdade contribuem para as dificuldades no controle glicêmico. Além disso, entre os adolescentes com diabetes tipo 1, a resistência à insulina tem sido associada com um aumento nos fatores de risco cardiovasculares. Nesses pacientes pode ser que a metformina tenha um papel.

O Estudo

O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia e a segurança da metformina como adjuvante da insulina no tratamento de adolescentes com sobrepeso com diabetes tipo 1.

Foi um ensaio clínico multicêntrico (26 ambulatórios de endocrinologia pediátrica), duplo-cego, randomizado, controlado por placebo envolvendo 140 adolescentes com idades entre 12,1 a 19,6 anos, com média de duração do diabetes tipo 1 de sete anos, média de índice de massa corporal (IMC) no percentil 94, média de uso de insulina diária de 1,1 U/kg, e média de HbA 1c de 8,8%. Os pacientes foram randomizados para receber metformina (n = 71) (<=2000 mg / d) ou placebo (n = 69).

O desfecho primário avaliado foi a alteração na HbA 1c desde o início até 26 semanas. Os desfechos secundários incluíram índices de glicemia, insulina diária total, IMC, circunferência da cintura, composição corporal, pressão arterial e lipídios.

Com 13 semanas de acompanhamento, a redução da HbA 1c foi maior com metformina (-0,2%) do que o placebo (0,1%; diferença, -0,3% [IC95%, -0,6% para 0,0%]; P=0,02 ). No entanto, esse efeito diferencial não se manteve em 26 semanas de acompanhamento quando a mudança média da HbA 1c de base foi de 0,2% em cada grupo (diferença média, de 0% [IC95%, -0,3% e 0,3%]; P =0, 92). Em 26 semanas de acompanhamento, a insulina diária total por kg de peso corporal foi reduzida em pelo menos 25% da linha de base entre 23% (16) dos participantes no grupo tratado com metformina versus 1% (1) dos participantes no grupo de placebo (diferença de 21% [IC95%, 11% e 32%] ; P=0,003) e 24% (17) dos participantes no grupo metformina e 7% (5) dos participantes no grupo do placebo tiveram uma redução no escore z de IMC de 10% ou mais do valor basal de 26 semanas (diferença média de 17% [IC95%, 5% a 29%]; P= 0,01). Eventos adversos gastrointestinais foram relatados por mais participantes no grupo tratado com metformina do que no grupo placebo (diferença, 36% [IC95%, 19% a 51%]; P<0,001).

 

Aplicações Práticas

Entre os adolescentes com excesso de peso com diabetes tipo 1, a adição de metformina à insulina não melhorou o controle glicêmico após seis meses. Entretanto, dos vários desfechos secundários avaliados, os resultados favoreceram a metformina apenas para diminuir a dose de insulina e quanto a medidas de adiposidade; por outro lado, o uso de metformina resultou em um aumento do risco de eventos adversos gastrointestinais. Esses resultados não dão respaldo para a prescrição de metformina para adolescentes com sobrepeso com diabetes tipo 1 com o objetivo de melhorar o controle glicêmico.

 

 Referências

Libman IM et al. Effect of Metformin Added to Insulin on Glycemic Control Among Overweight/Obese Adolescents With Type 1 Diabetes. A Randomized Clinical Trial. JAMA. 2015;314(21):2241-2250.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal