FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Docetaxel

Última revisão: 06/02/2010

Comentários de assinantes: 0

>Reproduzido de:>>>>>

>Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006 [>Link Livre para o Documento Original>>]>>>>>

>Série B. Textos Básicos de Saúde>>>>>

>MINISTÉRIO DA SAÚDE>>>>>

>Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos>>>>>

>Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos>>>>>

>Brasília / DF2008>>>>>

>>> >>>>

>>Docetaxel>>>>>

>>> >>>>

>Rogério Aparecido Minini dos Santos>>>>>

>> >>>

>>Na Rename 2006: item 6.1.3>>>>>

>>> >>>>

>>APRESENTAÇÃO>>>>>>>

>      >>>Solução injetável 20 mg e 80 mg.>>>>

>>> >>>>

>>INDICAÇÕES>4,5,6>>>>>>>>

>      >>>Câncer de mama local avançado ou metastático.>>>>

>      >>>Câncer de mama nodo-positivo operável.>>>>

>      >>>Câncer de próstata metastático ou hormônio-refratário.>>>>

>      >>>Câncer gástrico.>>>>

>      >>>Câncer avançado localmente de células escamosas de cabeça e pescoço.>>>>

>      >>>Câncer avançado localmente ou metastático de não-pequenas células de pulmão.>>>>

>      >>>Câncer ovariano.>>>>

>>> >>>>

>>CONTRA-INDICAÇÕES>5>>>>>>>>

>      >>>Mielossupressão prévia (contagem de neutrófilos inferior a 1.500 células/mm>3>).>>>>

>      >>>Hipersensibilidade prévia a docetaxel ou outros componentes da formulação.>>>>

>> >>>

>>PRECAUÇÕES>2,5>>>>>>>>

>      >>>Associa-se a grave retenção de líquidos, caracterizada por derrame pleural, ascite, edema periférico e ganho de peso (2-15 kg).>>>>

>      >>>Altas doses (100 mg/m>2>) aumentam a incidência de mortalidade relacionada ao tratamento.>>>>

>      >>>Pré-medicar com corticosteróides para evitar reações de hipersensibilidade (choque anafilático, >rash >ou eritema, hipotensão, broncoespasmo) e edema.>>>>

>      >>>Disfunção hepática (ver apêndice C).>>>>

>      >>>Ajustar doses quando ocorrem efeitos tóxicos.>>>>

>      >>>Neutropenia é fator limitante da dosagem.>>>>

>      >>>Idosos são mais suscetíveis a efeitos adversos graves.>>>>

>      >>>Segurança e eficácia de docetaxel em pacientes menores de 16 anos não foram estabelecidas.>>>>

>      >>>Quando administrado em infusão seqüencial, docetaxel deve preceder o uso de derivados de platina para aumentar eficácia e reduzir mielossupressão.>>>>

>      >>>Lactação.>>>>

>      >>>Categoria de risco na gravidez (FDA): D (ver apêndice A).>>>>

>> >>>

>>ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO>5,6>>>>>>>>

>Adultos>>

>Observação:>>>>>

>      >>>pré-medicação com dexametasona 4-8 mg, por via oral, a cada 12 horas por 3-5 dias, começando um dia antes da administração de docetaxel.>>>>

>> >>>

>>Câncer de Mama Avançado Localmente ou Metastático (após Falha com Quimioterapia Prévia)>>>>>>>

>      >>>60-100 mg/m², em infusão intravenosa por 1 hora, a cada 3 semanas.>>>>

>> >>>

>>Câncer de Mama Nodo-positivo Operável (Tratamento Adjuvante)>>>>>>>

>      >>>75 mg/m², por via intravenosa, uma hora antes de doxorrubicina (50 mg/m²/dia, por via intravenosa) + ciclofosfamida (500 mg/m²/dia, por via intravenosa); repetir a cada 3 semanas por 6 ciclos.>>>>

>> >>>

>>Câncer de Próstata Metastático (Refratário a Hormônio)>>>>>>>

>      >>>75 mg/m², em infusão intravenosa, por 1 hora, a cada 3 semanas, seguido por uso contínuo de prednisona (5 mg, por via oral, a cada 12 horas), ou>>>>

>      >>>Estramustina 420 mg, por via oral, a cada 8 horas nas 4 primeiras doses e 280 mg, por via oral, a cada 8 horas nas 5 doses remanescentes, por 3 dias + docetaxel 35 mg/m²/dia, em infusão intravenosa contínua por 1 hora, no dia 2. Repetir o regime na semana seguinte.>>>>

>> >>>

>>Câncer Gástrico e Câncer Avançado Localmente de Células Escamosas de Cabeça e Pescoço (Não-operável)>>>>>>>

>      >>>75 mg/m², em infusão intravenosa por 1 hora + cisplatina (75 mg/m², em infusão intravenosa por 1-3 horas), ambos somente no dia 1; seguidos por fluoruracila 750 mg/m²/dia, em infusão intravenosa por 24 horas por 5 dias (do dia 2 ao dia 6). Repetir a cada 3 semanas, por 4 ciclos.>>>>

>>> >>>>

>>Câncer Avançado Localmente ou Metastático de Não-pequenas Células de Pulmão (Regime Combinado)>>>>>>>

>      >>>75 mg/m², em infusão intravenosa por 1 hora + cisplatina (75 mg/m²/dia infusão intravenosa por 30 a 60 minutos), a cada 3 semanas, ou>>>>

>      >>>Monoterapia após falha de regime prévio contendo platina: 75 mg/m², em infusão intravenosa por 1 hora, a cada 3 semanas.>>>>

>> >>>

>>Câncer Ovariano>>>>>>>

>      >>>75 mg/m², em infusão intravenosa por 1 hora + carboplatina (dose = AUC x [DCE + 25], em infusão intravenosa por 1 hora). Repetir a cada 3 semanas, por 6 ciclos.>>>>

>> >>>

>>ASPECTOS FARMACOCINÉTICOS CLINICAMENTE RELEVANTES>5,6>>>>>>>>

>      >>>Metabolismo: hepático.>>>>

>      >>>Excreção: fecal (75 a 80%) e renal (6%).>>>>

>      >>>Meia-vida de eliminação: 11 horas.>>>>

>>> >>>>

>>EFEITOS ADVERSOS>5>>>>>>>>

>      >>>Toxicidade cutânea por extravasamento: eritema localizado, edema, dor e descamação.>>>>

>      >>>Astenia grave (61 a 66%).>>>>

>      >>>Alterações neurosensoriais graves (parestesia, disestesia, dor).>>>>

>      >>>Anormalidades nas unhas, alopecia (56 a 100%), prurido, >rash >cutâneo.>>>>

>      >>>Retenção de fluidos (33 a 47%).>>>>

>      >>>Diarréia (40%), náusea (40%), estomatite (41 a 51%), vômito (22%), colite.>>>>

>      >>>Anemia (90%), leucopenia (95%), neutropenia (98%), neutropenia febril (12%), trombocitopenia (8%).>>>>

>      >>>Febre de origem desconhecida (31 a 35%).>>>>

>      >>>Síndrome de Stevens-Johnson, necrólise epidérmica tóxica; anafilaxia (raras).>>>>

>      >>>Hepatotoxicidade.>>>>

>      >>>Doenças infecciosas.>>>>

>      >>>Disritmias (7%), hipotensão (2%), insuficiência cardíaca congestiva (1%).>>>>

>> >>>

>Observação:>>>>>

>      >>>Em parte, os efeitos adversos ao docetaxel ocorrem quando são administradas doses de 100 mg/m² a cada 3 semanas.>>>>

>> >>>

>>INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS>5>>>>>>>>

>      >>>Aumento de efeito/toxicidade de docetaxel: produtos de platina, antraciclinas, ciclofosfamida, fluoruracila, capecitabina, antifúngicos azólicos, quinupristina/dalfopristina, ciprofloxacino, claritromicina, diclofenaco, doxiciclina, eritromicina, isoniazida, inibidores de protease, quinidina, verapamil, talidomida, doxorrubicina.>>>>

>      >>>Diminuição de efeito de docetaxel: carbamazepina, nafcilina, nevirapina, fenobarbital, fenitoína, rifamicinas.>>>>

>> >>>

>>ORIENTAÇÕES AOS PACIENTES>2,4,5,1>>>>>>>>

>      >>>Orientar para não tomar qualquer tipo de vacina sem consulta prévia.>>>>

>      >>>Orientar para evitar bebidas alcoólicas durante o tratamento.>>>>

>      >>>Orientar para evitar pessoas que apresentem infecções ou que tenham recebido imunizações com vacina de poliovírus oral.>>>>

>> >>>

>>ASPECTOS FARMACÊUTICOS>5>>>>>>>>

>      >>>A solução injetável contém polissorbato 80 e o diluente, etanol a 13%.>>>>

>      >>>Armazenar frascos a temperaturas de 2 a 25°C, protegidos da luz. O congelamento não afeta o produto.>>>>

>      >>>Frascos devem ser colocados em temperatura ambiente 5 minutos antes do uso.>>>>

>      >>>Preparo das soluções: 1) diluir com o diluente fornecido pelo fabricante a concentração de 10 mg/mL; essa solução permanece estável por 8 horas. 2) a diluição final deve ser feita com soluções injetáveis de cloreto de sódio 0,9% ou glicose 5% para obter concentrações entre 0,3 e 0,74 mg/mL. Usar esta solução dentro de 4 horas, incluindo o tempo de administração.>>>>

>      >>>Incompatibilidades: anfotericina B, idarrubicina, metilprednisolona, nalbufina, dantroleno sódico, fenitoína, doxorrubicina lipossomal.>>>>

>      >>>Docetaxel reage com PVC, portanto não deve ser acondicionado ou entrar em contato com esse tipo de material. Para tanto podem ser utilizados frascos de vidro ou polipropileno, bolsas de polipropileno ou poliolefinas, seringas e equipos de polipropileno.>>>>

>>> >>>>

>>ATENÇÃO: níveis de bilirrubina, transaminases e fosfatase alcalina devem ser determinados previamente ao tratamento com docetaxel e revistos durante o tratamento, porque disfunção hepática grave aumenta a toxicidade de docetaxel. Monitorar a ocorrência de neutropenia durante o tratamento com docetaxel; se a contagem de neutrófilos for inferior a 1.500 células/mm>3>, o medicamento deve ser suspenso até que a contagem retorne ao normal. Reações graves de hipersensibilidade, incluindo anafilaxia, podem ocorrer mesmo com o tratamento adjuvante com corticosteróides, requerendo suspensão imediata de docetaxel e instituição de terapia de resgate. Retenção hídrica grave ocorre em cerca de 7% dos pacientes em uso de docetaxel, determinando edema periférico, edema generalizado, derrame pleural, dispnéia em repouso, tamponamento cardíaco ou ascite.>>>>>>

>> >>>

>SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO>>

>Consta no documento:>>>>

>Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.”>>>>

>O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.>>>>

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal