FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Propofol

Última revisão: 02/08/2010

Comentários de assinantes: 0

Propofol (INJETÁVEL) (nome genérico) (substância ativa). Informações sobre indicações, contra-indicações, efeitos colaterais/adversos, interações medicamentosas, formas de administração e posologia.

 

REFERÊNCIA

DIPRIVAN (AstraZeneca); DIPRIVAN PFS (AstraZeneca)

 

GENÉRICO

Apresentações assinaladas com G

 

SIMILAR

PROFOLEN (Blausiegel); PROPOVAN (Cristália)

 

USO INJETÁVEL

Injetável (emulsão) na concentração 10 mg/mL

DIPRIVAN; DIPRIVAN PFS; G

 

Injetável (emulsão) na concentração 20 mg/mL

DIPRIVAN; DIPRIVAN PFS; G

 

Armazenagem Antes de Aberto

Temperatura entre 2 – 25ºC

Proteção à luz: sim, necessária.

Aparência da solução: branca aquosa (emulsão).

 

O QUE É

O Propofol é um anestésico de curta duração; hipnótico [alquilfenol].

 

PARA QUE SERVE

Indução da anestesia geral; manutenção da anestesia geral.

 

COMO AGE

O mecanismo do Propofol não bem compreendido. É um hipnótico de ação curta.

 

COMO SE USA

Uso Injetável

      Agitar antes de usar.

      As doses devem ser individualizadas, de acordo com a idade e a condição do paciente.

 

Via Intravenosa Direta

Propofol (emulsão) 10 mg/mL

DILUIÇÃO: não é necessário diluir.

 

Propofol (emulsão) 20 mg/mL

DILUIÇÃO: não é necessário diluir.

 

Infusão Intravenosa

Propofol (emulsão) 10 mg/mL

DILUIÇÃO

Diluente: Glicose 5%.

Volume: a concentração final não pode ser menor que 2 mg/mL para preservar a emulsão.

Estabilidade após diluição com Glicose 5%: temperatura ambiente (15-30°C): 6 horas.

 

TEMPO DE INFUSÃO: adultos: 0,1-0,2 mg/kg/minuto.

 

Propofol (emulsão) 20 mg/mL

DILUIÇÃO

Diluente: Glicose 5%.

Volume: a concentração final não pode ser menor que 2 mg/mL para preservar a emulsão.

Estabilidade após diluição com Glicose 5%: temperatura ambiente (15-30°C): 6 horas.

 

TEMPO DE INFUSÃO: adultos: 0,1-0,2 mg/kg/minuto.

 

CUIDADOS ESPECIAIS

Risco na Gravidez

Classe B: Não há estudos adequados em mulheres (em experimentos animais não foram demonstrados riscos).

 

Amamentação

O Propofol é excretado no leite; não amamentar.

 

Não Usar o Produto

Anestesia obstétrica; crianças; hipersensibilidade ao produto; pressão intracraniana aumentada ou circulação cerebral prejudicada.

 

Avaliar Riscos X Benefícios

Debilitados; desordens circulatórias; desordens do metabolismo lipídico (pancreatite, hiperlipoproteinemia, hiperlipidemia diabética); diminuição do volume do sangue; idosos; insuficiência cardíaca; diminuição da função do fígado; diminuição da função renal; histórico de convulsão (pode ocorrer convulsão); insuficiência respiratória.

 

Reações Mais Comuns (ocorrem em pelo menos 10% dos pacientes)

CARDIOVASCULAR: pressão baixa.

SISTEMA NERVOSO CENTRAL: movimentos corporais.

REAÇÕES LOCAIS: dor; queimação no local da injeção; sensação de agulhadas.

RESPIRATÓRIO: apneia (com duração de mais de 30 segundos); acidose respiratória durante a retirada do medicamento.

ENDÓCRINO/METABÓLICO: aumento de triglicérides no sangue.

 

Atenção ao Utilizar Outros Produtos

O Propofol:

 

      pode ter os efeitos depressores do sistema nervoso central aumentados por: álcool; outros medicamentos depressores do sistema nervoso central.

 

OUTRAS CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES

      Considerar a administração intravenosa de um agente anticolinérgico, antes da indução ou durante a manutenção da anestesia, especialmente em situações em que haja probabilidade de predominância do tônus vagal ou quando o produto for associado a outros agentes que potencialmente possam causar bradicardia.

      Se o paciente estiver recebendo lipídios por via intravenosa, concomitante com o Propofol, sua quantidade deverá ser reduzida, uma vez que este anestésico contém 0,1 g de lipídio por 1 mL.

      O desempenho do paciente para tarefas que exijam atenção ficará comprometido durante algum tempo após a anestesia geral ou sedação.

      Deve-se corrigir a depleção de fluidos antes da administração de Propofol.

      A velocidade de infusão deve ser reduzida e a o nível de sedação avaliado diariamente em pacientes recebendo Propofol por longos períodos.

      As doses de Propofol podem variar amplamente entre pacientes e pode ser necessário reduzi-las ou aumentá-las ao longo do tempo.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.