FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Vacina Contra Doença Pneumocócica

Vacina Contra Doença Pneumocócica (Injetável)

Marcas comerciais: Pneumo 23 (Sanofi-Pasteur); Pneumovax 23 (Merck Sharp & Dohme); Vacina Pneumocócica13-Valente (Wyeth Pharma); Vacina Pneumocócica Polivalente (Sanofi-Aventis); Vacina Polivalente Contra Pneumococos (Merck Sharp)

 

Uso injetável

Injetável (solução) 0,5 mL/dose: Pneumo 23 (seringa); Pneumovax 23 (frasco)

 

Armazenagem antes de aberto

Temperatura entre 2-8°C. Não congelar.

Aparência da solução: límpida e incolor.

 

O que é

Vacina Contra Doença Pneumocócica [vacina antipneumocócica (outro nome genérico); contém polissacarídeos capsulares purificados de 23 sorotipos de Streptococcus pneumoniae].

 

Para que serve

doença pneumocócica (prevenção). Indicada particularmente para indivíduos com 2 anos de idade ou mais que apresentem maior risco: doença cardiovascular crônica; doença pulmonar crônica; doença crônica do fígado; diabetes mellitus; alcoolismo; asplenia (ausência de baço) anatômica ou funcional; indivíduos imunocomprometidos; idosos.

 

Como age

induz a formação de anticorpos contra pneumococos.

 

Como se usa

Uso injetável – Doses

Administração: Via Intramuscular; Via Subcutânea.

• não aplicar por via intravenosa ou intradérmica.

 

Vacina Contra Doença Pneumocócica - Via intramuscular

Uso imediato

Administração: em adultos e crianças maiores, no braço (deltoide); em crianças menores, na região ântero lateral da coxa.

Adultos e crianças a partir de 2 anos de idade: dose única de 0,5 mL.

Idosos: não documentados problemas específicos relacionados à idade.

Crianças com menos de 2 anos de idade: eficácia e segurança não estabelecidas.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe C

 

Amamentação

não se sabe se é eliminado no leite; problemas não documentados.

 

Não usar o produto

hipersensibilidade aos componentes da vacina; doença febril aguda grave; criança com menos de 2 anos de idade.

 

Avaliar riscos x Benefícios

comprometimento grave da função cardiovascular e/ou pulmonar; esplenectomia (a vacina deve ser administrada pelo menos duas semanas antes da cirurgia); púrpura trombocitopênica; gravidez; doença de Hodgkin.

 

Reações mais comuns (ocorrem em pelo menos 10% dos pacientes)

Local da injeção: inflamação avermelhada da pele; enduração; desconforto ou sensação de dor; inchaço; calor.

 

Atenção com outros produtos

A Vacina Contra Doença Pneumocócica

•pode ter sua resposta reduzida ou anulada por: imunossupressores; radioterapia.

 

Outras considerações importantes

•pode ser usada junto com outras vacinas, desde que aplicadas em locais diferentes.

•a eficácia da vacina pode ser reduzida em pacientes imunocomprometidos. Se possível, a vacina deve ser administrada pelo menos duas semanas antes do início do tratamento imunossupressor ou adiada até que o tratamento seja descontinuado.

•a vacina protege somente contra doenças causadas pelos sorotipos de vírus utilizados na produção.

•a administração da vacina não substitui a profilaxia com anti-infeccioso, quando indicada.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal