FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Alteracoes Dermatologicas e Aids" obteve 19 resultados.

Página:  de 2

31/01/2014

Revisões

Alterações Dermatológicas e Aids

...as lesões são acompanhadas de escoriações e crostas. O diagnóstico é clínico, mas pode ser confirmado por exame histopatológico. O tratamento é feito com anti-histamínicos e corticoides tópicos, e também há melhora com a TARV. Figura 17.8 Escabiose crostosa em paciente com diagnóstico de HIV. Foto: Arquivo do Serviço de Dermatologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). ......

Ver Índice

05/10/2018

Revisões

Infecções pelo HIV e SIDA no Departamento de Emergência

...ientes é o mesmo dos pacientes não infectados pelo HIV. Pacientes em HAART estão em risco de desenvolver tireotoxicose em associação com a reconstituição imunológica na síndrome de ativação imune contra a tireoide. A HAART aumenta risco de hiperglicemia particularmente com os IPs. Além disso, a doença está associada a um aumento na incidência de diabetes melito como resultado de resistência à insu......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hanseníase

...ação subintrante é a reação intermitente, cujos surtos são tão frequentes que, antes de terminado um, surge o outro. Esses casos respondem ao tratamento com corticosteroides e/ou Talidomida, mas, tão logo a dose seja reduzida ou retirada, a fase aguda recrudesce. Nesses casos recomenda-se: observar a coexistência de fatores desencadeantes, como parasitose intestinal, infecções concomitantes, carie......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hanseníase

...uadros 13, 14 e 15). A informação sobre a classificação do doente é fundamental para se selecionar o esquema de tratamento adequado ao seu caso. Para crianças com Hanseníase, a dose dos medicamentos do esquema padrão e ajustada de acordo com a idade e peso. Já no caso de pessoas com intolerância a um dos medicamentos do esquema padrão, são indicados esquemas alternativos. A alta por cura é dada ap......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hanseníase

...ades: • investigação epidemiológica de um caso conhecido (exame de contatos); • exame das pessoas que demandam espontaneamente os serviços gerais de unidade de saúde por outros motivos que não sinais e sintomas dermatológicos ou neurológicos; • exame de grupos específicos – em prisões, quartéis, escolas, de pessoas que se submetem a exames periódicos, etc.; • mobilização......

Ver Índice

31/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

meningite tuberculosa

... pacientes não vacinados com BCG e poderá apresentar resultados negativos nos indivíduos anérgicos, pacientes em fase terminal, pacientes com Tuberculose disseminada, na desnutrição grave e nos pacientes com aids (síndrome da imunodeficiência adquirida). Agente Etiológico M. tuberculosis, também conhecido como bacilo de Koch (BK). O complexo M. tuberculosis e constituído de várias espécies: M......

Ver Índice

31/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

meningite tuberculosa

...se diminuída (em geral, abaixo de 40mg%); as proteínas aumentam gradativamente e a dosagem de cloretos está diminuída. As globulinas estão positivas (alfa e gamaglobulinas). A baciloscopia com coloração de Ziehl-Neelsen encontra-se positiva e a cultura aponta crescimento em meio de Lowestein-Jansen. Diagnóstico Diferencial A Meningite Tuberculosa deve ser diferenciada de outras doenças infecc......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Tuberculose

... Diagnóstico São fundamentais os seguintes métodos. Clínico Baseado nos sintomas e história epidemiológica. Os casos suspeitos de Tuberculose em crianças e adolescentes devem ser encaminhados para a unidade de referência, para investigação e confirmação do diagnóstico. Apos definição do diagnóstico e estabelecido o tratamento, a criança devera voltar para acompanhamento na Unidade Básica de ......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Tuberculose

...a dose de 5 a 10 mg/kg de peso, ate a dose máxima de 300 mg/dia. Indicações - A indicação do uso da H para tratamento da ILTB depende de três fatores: a idade, a probabilidade de infecção latente e o risco de adoecimento. Em adultos e adolescentes - Em adultos e adolescentes (>10 anos) com infecção latente por M. tuberculosis, a relação risco-beneficio do tratamento com H deve ser avaliada. A......

Ver Índice

31/05/2009

Biblioteca Livre

Gonorreia

...ual. PERÍODO DE INCUBAÇÃO Geralmente, entre 2 e 5 dias. PERÍODO DE TRANSMISSIBILIDADE Pode durar de meses a anos, se o paciente não for tratado. O tratamento eficaz rapidamente interrompe a transmissão. COMPLICAÇÕES DA GONORREIA No homem, dependendo da extensão da infecção às glândulas anexas, poderão ocorrer complicações, como balanopostite, colpite, prostatite, epididimite e orqui......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal