FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Parte ii – Doencas Infecciosas de Interesse Para a Saude Publica" obteve 132 resultados.

Página:  de 14

05/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Sistemas de Informações

...nformações Tóxico-Farmacológicas (Sinitox), Sistema de Informações Geográficas (SIG) e a Rede Nacional de Bancos de Leite Humano (Redeblh); o Sistema Nacional de Informação sobre Meio Ambiente (Sinima), que agrega informação ambiental auxiliando a gestão, sendo gerido pela Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental, do Ministério do Meio Ambiente, com três eixos estruturantes: o......

Ver Índice

05/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Sistemas de Informações

...ão de dados e geração de informações. Sistema de Informação de Agravos de Notificação – Sinan O Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) foi idealizado para racionalizar o processo de coleta e transferência de dados relacionados às doenças e agravos de notificação compulsória, em substituição aos procedimentos anteriores que consistiam em preenchimento do Boletim de Notificação......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Febre Amarela

...CONTROLE · A vacinação é a mais importante medida de controle. A vacina 17D é administrada em dose única e confere proteção próxima a 100%. Deve ser realizada a partir dos nove meses de idade, com reforço a cada 10 anos, nas zonas endêmicas, de transição e de risco potencial, assim como para todas as pessoas que se deslocam para essas áreas. Em situações de surto ou epidemia, vacinar a partir......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Febre Amarela

...urar algumas horas ou, no máximo, 2 dias. O caso pode evoluir para cura ou para a forma grave (período de intoxicação), caracterizada pelo aumento da febre, diarreia e reaparecimento de vômitos com aspecto de borra de café, instalação de insuficiência hepática e renal. Surgem também icterícia, manifestações hemorrágicas (hematêmese, melena, epistaxe, hematúria, sangramento vestibular e da cavidade......

Ver Índice

26/09/2013

Hospitalar

Capítulo 2 – Desenho e avaliação de programas

...ivos dos resultados do controle de infecções, definir as prioridades, alocar recursos para os principais tipos de infecções e identificar as populações de pacientes com maior risco de contração de infecções associadas à assistência à saúde. Os numeradores e os denominadores podem ser facilmente estabelecidos com foco em procedimentos de fatores de risco previsíveis que contribuem para o desenvolv......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

tracoma

...a de casos e visita domiciliar dos contatos, acompanhar os focos da doença, para verificar a tendência de expansão da infecção, realizar o diagnostico e tratar os casos com infecção ativa, adotando medidas de controle pertinentes. Notificação O Tracoma não é doença de notificação compulsória nacional, sendo de notificação obrigatória em algumas unidades federadas. No entanto, é doença sob vig......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

tracoma

...flamatórias do Tracoma - Tracoma Inflamatório Folicular/ TF e Tracoma Inflamatório Intenso/ TI - e consiste na administração de antibióticos de uso local/tópico ou uso sistêmico. · Tratamento tópico - Pomadas de Tetraciclina a 1% (pomada oftálmica), 2 vezes ao dia, durante seis semanas consecutivas. Na ausência ou hipersensibilidade a pomada de Tetraciclina, recomenda-se o uso de colírio d......

Ver Índice

05/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Estrutura para Respostas às Emergências em Saúde Pública

...acional (ESPIN) e que, portanto, mereceram adoção de medidas cautelares e/ou antecipatórias de vigilância e controle. Paralelamente aos trabalhos de rotina da rede de serviços de vigilância epidemiológica, a Rede CIEVS vem elaborando Planos de Contingência ou atuando no enfrentamento de possíveis ocorrências extraordinárias de caráter nacional ou internacional, a exemplo da Gripe Aviária, SARS, D......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Influenza

... vacina). · Medidas adicionais - Dependerão dos achados da investigação epidemiológica e da investigação clínico-laboratorial. Outras medidas de controle podem ser adotadas, baseadas em intervenções não farmacológicas, para reduzir o risco de transmissão na população, como: · Medidas de caráter geral (que também se aplicam aos surtos institucionais e hospitalares): - higiene ......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Influenza

...necessárias medidas de suporte intensivo. Atualmente, há duas classes de drogas utilizadas no tratamento específico da Influenza, sendo que apenas os inibidores da neuraminidase tem mostrado certa eficácia na redução das complicações graves da doença. · A amantadina e a rimantadina são drogas similares, licenciadas há alguns anos. Apresentam entre 70 a 90% de eficácia na prevenção da doença p......

Ver Índice

Página:  de 14

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.