FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Parte ii – Doencas Infecciosas de Interesse Para a Saude Publica" obteve 132 resultados.

Página:  de 14

05/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Sistemas de Informações

...Tal prática deve ocorrer em seus diversos níveis, de modo sistemático, com periodicidade previamente definida, de modo a permitir a utilização das informações nas atividades de planejamento, definição de prioridades, alocação de recursos e avaliação dos programas desenvolvidos. SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os direitos reservados. É permitida a reproduçã......

Ver Índice

05/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Sistemas de Informações

... nas declarações de óbitos. As informações obtidas através das DO possibilitam também o delineamento do perfil de morbidade de uma área, no que diz respeito às doenças mais letais e às doenças crônicas não sujeitas a notificação, representando, praticamente, a única fonte regular de dados nesses casos. O SIM ainda apresenta problemas de cobertura em algumas áreas geográficas do país, como as regiõ......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Febre Amarela

...stra de soro, pois é bastante sensível para detecção de IgM, dispensando o pareamento do soro. Técnicas de biologia molecular para detecção de antígenos virais e/ou ácido nucleico viral (reação em cadeia de polimerase (PCR), imunofluorescência, imuno-histoquímica e hibridização in situ), embora não utilizadas na rotina, são de grande utilidade. há alterações das aminotransferases, que podem atingi......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Febre Amarela

...e Transmissibilidade O sangue dos doentes é infectante de 24 a 48 horas antes do aparecimento dos sintomas até 3 a 5 dias apos, tempo que corresponde ao período de viremia. No mosquito Ae. aegypti, o período de incubação é de 9 a 12 dias, após o que se mantem infectado por toda a vida. Diagnóstico É clínico, epidemiológico e laboratorial. O diagnóstico laboratorial é feito por isolamento do ......

Ver Índice

26/09/2013

Hospitalar

Capítulo 2 – Desenho e avaliação de programas

... infecções são divulgados regularmente pela área de controle de infecções ao Comitê de Controle de Infecções. Além disso, são documentados em atas de reunião. Essas atas são enviadas para o Chief Executive Officer, o Chief Nursing Officer e para a equipe médica por meio dos respectivos comitês. Os relatórios sobre taxas de infecções associadas aos cuidados de saúde são enviados com regularidade pe......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

tracoma

...A / DF – 2010 Tracoma CID 10: A71 ASPECTOS CLÍNICOS E EPIDEMIOLÓGICOS Descrição É uma ceratoconjuntivite crônica recidivante, afecção inflamatória ocular de começo insidioso ou súbito, que pode persistir durante anos se não tratada. Em áreas hiperendêmicas, em decorrência de infecções repetidas, produz cicatrizes na conjuntiva palpebral superior. No inicio, o paciente pode apresentar......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

tracoma

...sem secreção. Evolui para hipertrofia papilar como consequência da presença de folículos e inflamação difusa da mucosa, principalmente da conjuntiva tarsal, que cobre a pálpebra superior. Essa inflamação crônica resulta em cicatrizes que evoluem para deformidades palpebrais e dos cílios (entrópio e triquíase) que, por sua vez, determinam a abrasão crônica da córnea com diminuição progressiva da vi......

Ver Índice

05/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Estrutura para Respostas às Emergências em Saúde Pública

...ejamento e na tomada de decisões, progressiva ampliação do escopo de atuação da vigilância epidemiológica; processo em curso de integração das vigilâncias (sanitária, epidemiológica, ambiental, saúde do trabalhador) nos três níveis de governo; integração com a atenção básica; estruturação da rede nacional de laboratórios de saúde pública; aperfeiçoamento das estratégias de comunicação de risco; mo......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Influenza

...liares que estejam em contato com os referidos pacientes. Outros grupos populacionais beneficiados são: os povos indígenas a partir de 6 meses de idade, os trabalhadores de saúde e a população presidiária. A vacinação contra Influenza é indicada como medida auxiliar para o controle de surtos institucionais/hospitalares de Influenza sazonal, para os que pertencem aos grupos de risco já definidos p......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Influenza

...stração, tosse seca, dor de garganta, espirros e coriza. Pode também apresentar pele quente e úmida, olhos hiperemiados e lacrimejantes. A febre é o sintoma mais importante, com duração em torno de 3 dias. Os sintomas sistêmicos são muito intensos nos primeiros dias da doença. Com sua progressão, os sintomas respiratórios tornam-se mais evidentes e mantem-se, em geral, por 3 a 4 dias apos o desapa......

Ver Índice

Página:  de 14

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.