FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Parte ii – Doencas Infecciosas de Interesse Para a Saude Publica" obteve 132 resultados.

Página:  de 14

05/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Sistemas de Informações

...ortalidade proporcional por grandes grupos de causas, por causas específicas, faixa etária, sexo, escolaridade, ocupação e outras características constantes nas declarações de óbitos. As informações obtidas através das DO possibilitam também o delineamento do perfil de morbidade de uma área, no que diz respeito às doenças mais letais e às doenças crônicas não sujeitas a notificação, representando,......

Ver Índice

05/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Sistemas de Informações

...to das medidas de controle e o percentual de casos suspeitos e confirmados, entre outras. Sistema de Informações sobre Mortalidade – SIM O SIM foi criado pelo Ministério da Saúde, em 1975, a partir do desenvolvimento de um sistema informatizado de seleção de causa básica de óbito (SCB). Este sistema foi descentralizado para as secretarias municipais de saúde (SMS), deixando de ser operacional......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Febre Amarela

...valos de 5 a 7 anos, alternados por períodos com menor numero de registros. Na população humana, no mais das vezes, o aparecimento de casos é precedido de epizootias em primatas não humanos. No Brasil, a partir do desaparecimento da forma urbana em 1942, só há ocorrência de casos de FAS e os focos endêmicos até 1999 estavam situados nos estados das regiões Norte, Centro-oeste e área pré-amazônica ......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Febre Amarela

...am confirmados 726 casos, dos quais 383 evoluíram para óbito, letalidade média de 52,8% com variação de 23 a 100%. Todas as unidades federadas da região Norte registraram casos no período, ainda que esporádicos, sendo responsáveis por 35,8% das notificações do país, nas duas ultimas décadas. A região Centro-oeste notificou 30,2% dos casos do período e a região Sudeste, 18%. O Nordeste (Maranhão e ......

Ver Índice

26/09/2013

Hospitalar

Capítulo 2 – Desenho e avaliação de programas

...ecções associadas aos cuidados de saúde. Além dos tipos de infecção especificados no plano de estudos, também fazem parte da avaliação infecções não-previstas, ocorrências simples ou surtos de infecções associadas à assistência à saúde relacionados a qualquer organismo patogênico atípico. As intervenções são determinadas pelo profissional e pela enfermeira de controle de infecções, pelo epidemiol......

Ver Índice

05/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Estrutura para Respostas às Emergências em Saúde Pública

...aúde pública para emissão de “sinal de alerta”; gerenciamento e coordenação das ações desenvolvidas nas situações de emergência, sendo consideradas fundamentais para enfrentamento de epidemias e pandemias. Desse modo, os profissionais que atuam nos CIEVS participam da tríade constitutiva da vigilância epidemiológica: informação-decisão-ação. Assim a Rede CIEVS, formada por estes Centros situados ......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

tracoma

...as ações de controle. Definição de Caso · Suspeito - Todo paciente com historia de conjuntivite prolongada ou que referir sintomatologia ocular de longa duração (ardor, prurido, sensação de corpo estranho, fotofobia, lacrimejamento e secreção ocular), especialmente na faixa etária de 1 a 10 anos. · Confirmado - Qualquer paciente que, ao exame ocular, apresentar um ou mais dos seguint......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

tracoma

...Apesar da acentuada diminuição da ocorrência do Tracoma nas ultimas décadas, o agravo persiste acometendo especialmente populações carentes de todas as regiões do país, inclusive nas grandes metrópoles. O Tracoma e a principal causa infecciosa de cegueira evitável. VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA Objetivos Controlar a ocorrência de Tracoma, mediante a realização regular de busca ativa de casos e v......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

herpes simples

...icas, particularmente se a primoinfecção ocorrer durante a gravidez. A infecção primária materna no final da gestação oferece maior risco de infecção neonatal do que o Herpes Genital recorrente. As complicações do Herpes na gestação são numerosas. Entretanto, a transmissão fetal transplacentária é rara (uma a cada 3.500 gestações). A infecção do concepto intraútero, nos primeiros meses da gestação......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

herpes simples

...va. Observação: As associações entre diferentes DST são frequentes, destacando-se, atualmente, a relação entre a presença de DST e o aumento do risco de infecção pelo HIV, principalmente na vigência de úlceras genitais. Desse modo, se o profissional estiver capacitado a realizar aconselhamento, pré e pós-teste, para detecção de anticorpos anti-HIV quando do diagnóstico de uma ou mais DST, essa......

Ver Índice

Página:  de 14

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal