FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Urgencia Hipertensiva" obteve 26 resultados.

Página:  de 3

08/02/2009

Revisões

Crise Hipertensiva

..., mudanças histológicas que podem ser indistinguíveis de algumas formas de síndrome hemolítico-urêmica. Diagnóstico Ocorre mais frequentemente em pacientes com longa história de hipertensão não controlada ou que descontinuam a terapia. Em pacientes brancos, até 80% dos casos de hipertensão maligna são causados por hipertensão secundária, principalmente se a apresentação ocorre antes dos 30 an......

Ver Índice

29/03/2011

Biblioteca Livre

XI. Emergência e Urgência Hipertensivas

... O conceito de crise hipertensiva, uma situação em que se atribuía riscos imediatos ante a elevação da pressão arterial, derivou da constatação de acentuadas elevações da pressão arterial na vigência de catástrofes clínicas, como o acidente vascular encefálico e infarto do miocárdio. Entretanto, há evidências de que em muitas dessas situações a causalidade seja reversa, onde a elevação da PA de......

Ver Índice

22/01/2013

Revisões

Icterícia

...· Leucograma · Teste direto de antiglobulina (Coombs) para confirmar hemólise · Desidrogenase l·ctica (LDH) para magnitude da hemólise · Contagem de reticulócitos (para avaliar a resposta medular) · Testes para malária1 · Eletroforese de hemoglobina (se houver suspeita de talassemias) · Pesquisa de hemoglobina S (se houver suspeita de anemia falciform......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

... bloqueio periférico paravertebral, bloqueio periférico pudendal, anestesia local por infiltração, sequência rápida de intubação (pré-indução) em maiores de 3 anos: 3,3 a 4,4 mg/kg. t Indução da anestesia intravenosa regional: 3 mg/kg de solução a 1%. t Anestesia local de mucosas (maiores de 3 anos): 3,3 a 4,4 mg/kg de gel 2%, a cada 3 horas, para anestesia de boca e faringe. Máximo de 8 do......

Ver Índice

24/05/2010

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Captopril

...h, angioedema, tosse, taquicardia, palpitação, cefaléia. INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS5,7 • Uso concomitante de inibidores da ECA com diuréticos poupadores de potássio ou suplemento de potássio pode resultar em hipercalemia. • Uso concomitante de captopril com ácido acetilsalicílico ou antiinflamatórios não-esteróides pode resultar em diminuição da eficácia do captopril. • Uso co......

Ver Índice

29/03/2011

Biblioteca Livre

XIV. Anexo 1

...l 10 mg/mL H,R57 40 mg 40 mg C03CA01 Hidroclorotiazida Comprimido 12,5 mg e 25 mg 25 mg C03AA03 Manitol Solução injetável 20% B05BC01 R57 – Uso restrito para resgate de edema agudo de pulmão em paciente com insuficiência cardíaca congestiva descompensada SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os direitos reservad......

Ver Índice

06/06/2010

Revisões

Doença Renal Crônica

...ia, hiperfosfatemia, acidose metabólica Hipertensão Cerca de 50 a 70% dos pacientes com DRC estágios 3 a 5 são hipertensos. O controle adequado da hipertensão arterial sistêmica (HAS) é o principal fator implicado no retardo da progressão da DRC em suas mais diversas etiologias, além de ser importante em diminuir o dano causado a outros órgãos-alvo. A retenção hídrica está mais pronunciada n......

Ver Índice

19/12/2010

Formulário Terapêutico Nacional 2010: Rename 2010

Cloridrato de Bupropiona

...antipsicóticos, teofilina, testosterona e álcool. • Há aumento da cardiotoxicidade com droperidol. • Há alteração de efeito de varfarina. • Há aumento da hepatotoxicidade se associada com carbimazol. • Potencializa o efeito da desipramina, fluoxetina, haloperidol, imipramina, metoprolol, nortriptilina, paroxetina, propafenona, risperidona, sertralina, teofilina. • Há ......

Ver Índice

05/06/2013

Revisões Internacionais

Insuficiência renal crônica e diálise – Raghu V. Durvasula – Jonathan Himmelfarb

...culta em pacientes de alto risco. Figura 7. Representação dos sinais e sintomas comuns da uremia, enfatizando a natureza sistêmica da doença. HVE = hipertrofia ventricular esquerda. Exames laboratoriais e outros testes A creatinina sérica é a medida clínica mais amplamente utilizada para determinar a função renal. Como subproduto do metabolismo da creatina no músculo esquelético......

Ver Índice

29/03/2011

Biblioteca Livre

XII. Atribuições e Competências da Equipe de Saúde

...esenvolver atividades educativas individuais ou em grupo com os pacientes hipertensos; 4) Estabelecer, junto à equipe, estratégias que possam favorecer a adesão (grupos de hipertensos e diabéticos); 5) Solicitar, durante a consulta de enfermagem, os exames mínimos estabelecidos nos consensos e definidos como possíveis e necessários pelo médico da equipe; 6) Repetir a medicação de indivídu......

Ver Índice

Página:  de 3

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal