FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Intervenções de Distanciamento Social e Incidência de COVID-19

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado pela Disciplina de Emergências Clínicas Faculdade de Medicina da USP; Médico e Especialista em Clínica Médica pelo HC-FMUSP; Diretor Científico do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente (IBSP); Membro da Academia Brasileira de Medicina Hospitalar (ABMH); Assessor da Diretoria Médica do Hospital Samaritano de São Paulo.

Última revisão: 14/10/2020

Comentários de assinantes: 0

Contexto Clínico

 

O principal objetivo do distanciamentofísico é prevenir a disseminação mais rápida de Covid-19 e permitir mais tempopara que a saúde pública e os serviços de saúde se preparem melhor para aprevenção e o tratamento da doença. Embora a maioria dos países tenhaimplementado algumas políticas de intervenção destinadas ao distanciamentofísico (por exemplo, fechamento de escolas, locais de trabalho e transportepúblico e cancelamento de eventos públicos), os dados sobre a eficácia e aadesão a essas intervenções políticas são escassos.

 

O Estudo

 

Apresentamos umaanálise de séries temporais interrompidas, com resultados sintetizados usandometanálise, cujo objetivo foi avaliar a associação entre intervenções dedistanciamento físico e incidência da doença coronavírus 2019 (Covid-19)globalmente. Foram definidos 149 países ou regiões, com dados sobre casosrelatados diariamente de Covid-19 do Centro Europeu para Prevenção e Controlede Doenças e dados sobre as políticas de distanciamento físico do Oxford Covid-19Government Response Tracker.

Participarampaíses ou regiões individuais que implementaram uma das cinco intervenções dedistanciamento físico (fechamento de escolas, locais de trabalho e transportepúblico, restrições a reuniões em massa e eventos públicos e restrições aomovimento ? lockdowns) entre 1º de janeiro e 30 de maio de 2020. A principalmedida de desfecho foi a razão de taxa de incidência (IRRs) de Covid-19 antes eapós a implementação de intervenções de distanciamento físico, estimadas usandodados até 30 de maio de 2020 ou 30 dias pós-intervenção, o que ocorresseprimeiro. As IRRs foram sintetizadas entre os países usando-se metanálise deefeitos aleatórios.

Em média, aimplementação de qualquer intervenção de distanciamento físico foi associada a reduçãogeral na incidência de Covid-19 de 13% (IRR 0,87; intervalo de confiança de 95%,0,85 a 0,89; n = 149 países). O fechamento do transporte público não foiassociado a qualquer redução adicional na incidência de Covid-19 quando asoutras quatro intervenções de distanciamento físico estavam em vigor (a TIRcombinada com e sem o fechamento do transporte público foi de 0,85, 0,82 a0,88; n = 72 e 0,87, 0,84 a 0,91; n = 32, respectivamente). Dados de 11 paísestambém sugeriram eficácia geral semelhante (IRR 0,85, 0,81 a 0,89 agrupados)quando fechamentos de escolas, fechamentos de locais de trabalho e restrições areuniões em massa estavam em vigor. Em termos de sequência de intervenções, aimplementação mais precoce do bloqueio foi associada a redução maior naincidência de Covid-19 (TIR agrupada de 0,86, 0,84 a 0,89; n = 105) em comparaçãocom implementação atrasada do bloqueio após outras intervenções dedistanciamento físico estarem em vigor (IRR combinado 0,90, 0,87 a 0,94; n =41).

 

Aplicação Prática

 

Asintervenções de distanciamento físico foram associadas a reduções na incidênciade Covid-19 globalmente. Precisamos deixar claro que esse dado é absolutamenteesperado. Tratando-se de doença infectocontagiosa que se transmite porgotículas e potencialmente aerossóis, o distanciamento entre pessoas éobviamente uma medida necessária para diminuir a incidência da doença, masinfelizmente crenças infundadas questionaram essa propriedade do distanciamentosocial. A implementação mais precoce do bloqueio foi associada a redução maiorna incidência de Covid-19. Essas descobertas podem apoiar decisões políticasenquanto os países se preparam para impor ou suspender medidas dedistanciamento físico em ondas epidêmicas atuais ou futuras.

 

Bibliografia

 

1.            Islam Nazrul, Sharp Stephen J, ChowellGerardo, Shabnam Sharmin, Kawachi Ichiro, Lacey Ben et al. Physical distancinginterventions and incidence of coronavirus disease 2019: natural experiment in149 countries BMJ 2020; 370 :m2743

 

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.