FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "1 Medidas de Prevencao Para Reduzir o Risco de Malaria" obteve 49 resultados.

Página:  de 5

27/10/2009

Biblioteca Livre

1 Medidas de Prevenção para Reduzir o Risco de Malária

...la 1. Estudos de avaliação de eficácia de drogas antimaláricas para o tratamento de malária P. falciparum não complicada nas Amazônia – RAVREDA-AMI 2002 – 2006* País Droga Ano estudo N° de estudos Falha terapêutica (%) Mediana Intervalo Percentil Mínimo Máximo 25th 75th BRASIL AT+LM 2005 1 0 MQ 2005 4 ......

Ver Índice

27/10/2009

Biblioteca Livre

3 Quimioprofilaxia e Tratamento Autoadministrado

.... Interação medicamentosa: Aumento da atividade anticoagulante (uso concomitante de warfarina). Redução de níveis séricos em associação com carbazepina e fenitoína. A doxiciclina reduz temporariamente o efeito de contraceptivos orais derivados de estrógenos. Pode reduzir a ação da vacina oral contra febre tifóide, se administrada simultaneamente. Mefloquina* (250 mg/cp) 5 mg/kg/sem......

Ver Índice

05/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Situação Epidemiológica das Doenças Transmissíveis no Brasil

...s em média, em 1995. Nos dois anos seguintes houve redução importante nos registros da doença, elevando-se posteriormente e em 1999, ocorreram 635.646 casos. De 2000 a 2002, foi observado o maior declínio na ocorrência da Malária em relação aos 40 anos anteriores, com registro de 348.259 casos em 2002, o que representou 43% de queda em relação a 2000. Observou-se posteriormente nova elevação no nú......

Ver Índice

05/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Situação Epidemiológica das Doenças Transmissíveis no Brasil

...e surgiram, ou foram identificadas, em período recente, ou aquelas que assumiram novas condições de transmissão, seja devido a modificações das características do agente infeccioso, seja passando de doenças raras e restritas para constituírem problemas de saúde pública. As reemergentes, por sua vez, são as que ressurgiram como problema de saúde pública, após terem sido controladas no passado. Ent......

Ver Índice

23/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 1 – Vigilância Epidemiológica

...er às expectativas criadas nas fontes, podendo variar desde a simples consolidação dos dados até análises epidemiológicas complexas correlacionadas com ações de controle. A credibilidade do sistema depende de que os profissionais de saúde e as lideranças comunitárias se sintam participantes e contribuintes. A retroalimentação do sistema materializa-se na disseminação periódica de informes epidemi......

Ver Índice

07/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Leishmaniose Visceral

...rológicos e/ou parasitológicos negativos, sem resposta favorável ao teste terapêutico ou caso suspeito que após investigação clínico-laboratorial confirma outro diagnóstico. Evolução do Caso É de extrema importância para a vigilância da leishmaniose visceral tratar os casos confirmados e acompanhá-los durante toda a evolução clínica, conforme normas técnicas. Esta conduta visa reduzir a letal......

Ver Índice

08/03/2012

Revisões Internacionais

Sarampo, caxumba, rubéola, parvovírus, poxvírus – Martin S. Hirsch, MD

...osta para o tratamento de algumas complicações do sarampo, como encefalite ou pneumonite.10,11 Entretanto, ainda não foram realizados estudos controlados. A profilaxia pós-exposição pode ser fornecida a pacientes de alto risco (p. ex., mulheres grávidas e crianças imunossuprimidas) por meio da administração de imunoglobulinas por via intramuscular, a doses de 0,25 a 0,50 mL/kg, dentro de um períod......

Ver Índice

13/11/2012

Revisões

Pré-natal de baixo risco

...que possam interferir diretamente na saúde da gestante e de seu filho, tais como: incompatibilidade Rh, infecções, hemoglobinopatias, diabetes, malformações. A seguir, serão descritos os exames que devem ser solicitados no pré-natal, assim como o manejo a partir dos resultados. A gestante deve ser sempre informada, de forma compreensível, sobre a finalidade de cada exame e sobre os seus ......

Ver Índice

12/08/2009

Biblioteca Livre

Glossário

...os, o hospedeiro mais evoluído (que geralmente é também o definitivo) é denominado fonte primária de infecção; e o hospedeiro menos evoluído (em geral hospedeiro intermediário) é chamado vetor biológico. FONTE SECUNDÁRIA DE INFECÇÃO: ser animado ou inanimado que transporta determinado agente etiológico, não sendo o principal responsável pela sobrevivência desse como espécie. Esta expressão é subs......

Ver Índice

26/09/2013

Hospitalar

Capítulo 3 – Análise de risco e estabelecimento de metas e objetivos em programas de controle de inf

...ara enfrentar riscos e condições atuais da organização para enfrentar riscos identificados. Essas avaliações são baseadas em dados, pesquisas, experiência e crenças das pessoas responsáveis pela avaliação de riscos, por meio de processos quantitativos e qualitativos. Os números atribuídos ao risco, em cada coluna, devem ser somados, sendo que o total da última coluna, no lado direito do formulário......

Ver Índice

Página:  de 5

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A

Cnpj: 11.012.848/0001-57

info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.