FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Beclometasona Nasal" obteve 14 resultados.

Página:  de 2

21/11/2014

Remédios

Beclometasona (nasal)

...dose total diária não deve exceder a 8 aplicações (400 mcg). Crianças de 6 a 12 anos uso nasal: 1 aplicação (50 mcg) em cada narina, 2 vezes por dia. Crianças abaixo de 6 anos de idade eficácia e segurança não estabelecidas. Cuidados especiais Risco na gravidez: C (ver classificação pagina 8) Amamentação: Não se sabe se e eliminado no leite. Problemas não documentados. Não uti......

Ver Índice

17/09/2015

Biblioteca Livre

Preparação Nasal

...comparado com dipropionato de beclometasona 200mcg duas vezes ao dia no tratamento da rinite alérgica sazonal por um período de 3 semanas. Budesonida foi significantemente melhor em termos de redução de sintomas como nariz escorrendo, prurido no nariz e espirros. Reações adversas foram transitórias e similares entre os dois grupos. Cloreto de sódio: a mucosa nasal é sensível a mudanças na tempera......

Ver Índice

17/09/2015

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Preparação Nasal

...os adversos são brandos e transitórios, e os efeitos sistêmicos não são um risco; sprays aquosos podem causar menos efeitos locais que os aerossois pressurizados. O tratamento da rinite alérgica com corticosteroides oral ou parenteral tem sido reservado para tratamentos curtos somente em circunstâncias especiais, embora essa prática venha sendo contestada por alguns. Rinite pode ser de origem alér......

Ver Índice

16/09/2015

Formulário Terapêutico Nacional 2010: Rename 2010

Antialérgicos e Medicamentos Usados em Anafilaxia

... clínica: Fundamentos da terapêutica racional. 3. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2004. p. 329-340. 2.PINHEIRO, R. M.; WANNMACHER, L. Farmacologia dos autacóides. In: WANNMACHER, L.; FERREIRA, M. B. C. (Eds.). Farmacologia Clínica para Dentistas. 3. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2007. p. 129-144. 3.SIMONS, F. E. R. Advances in H1-antihistamines. New Engl. J. Med., [S.l.], v. 351, p......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

D

...ia, vertigem, cefaleia, reações paradoxais (irritabilidade, excitabilidade, agressividade, alucinação), distúrbios do sono (insônia rebote), tremor, dependência. t Neutropenia, anemia, pancitopenia, trombocitopenia física. t Arritmia cardíaca. t Flebite na administração intravenosa. t Reações cutâneas. t Distúrbios visuais. t Mudança na libido. t Retenção ou incontinência urinária. t Fraqu......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

B

...sonida ou a qualquer componente do produto. Precauções t Usar com cuidado nos casos de: – infecções virais (varicela, sarampo, herpes simples ocular), fúngicas (candidíase) e bacterianas (risco de exacerbação da infecção). – tuberculose, ativa ou latente (risco de exacerbação ou reativação). – trauma, cirurgia, infecção ou estresse (resposta suprarrenal inadequada em raz......

Ver Índice

29/06/2016

Revisões Internacionais

asma

...nto Dosagem de Manutenção Dosagem de Exacerbação Eficácia Relativa Custo em dólar Comentários Agonistas beta-2 inalatórios de curta duração Albuterol. Nebulizador, 5 mg/ml. IDM, 84 µg/puff IPS, 200 µg/cápsula De 1.25 a 5.0 mg de 4 a 8 horas, conforme a necessidade de 2 a 4 puffs a cada 6 horas, conforme a necessidade de 1 a 2 cápsulas a cada 6 horas conf......

Ver Índice

16/09/2015

Biblioteca Livre

Antiinflamatórios esteróides

...or via parenteral20 (ver monografia, página 915). SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.” O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá abert......

Ver Índice

16/09/2015

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Antiinflamatórios esteróides

...vel a via de administração local deve ser preferida ao tratamento sistêmico visando reduzir os efeitos adversos1, 7. A utilização de corticosteroides por longo prazo causa supressão da atividade da glândula suprarrenal, que pode persistir por anos depois da interrupção do tratamento. A retirada abrupta subsequente ao uso por um período prolongado pode provocar insuficiência suprarrenal aguda, hip......

Ver Índice

18/06/2014

Revisões Internacionais

Asma – Mitchell H. Grayson, Michael J. Holtzman

...tos colaterais sistêmicos. A ciclesonida é uma medicação recém-desenvolvida e disponibilizada na Europa, que é inalada como precursor esteroide inativo (por vezes referido como esteroide “mole”). Dada a necessidade de enzimas pulmão-específicas para conversão do fármaco inativo em esteroide ativo, a ciclesonida tem o potencial de limitar os efeitos colaterais sistêmicos. Estudos clínicos comprovar......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.