FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Caso 14" obteve 2518 resultados.

Página:  de 252

27/01/2015

Casos Clínicos

Caso Clínico – Qual o diagnóstico hematológico deste caso?

...uantidades de fator tecidual (ou a outras substâncias pró-coagulantes) durante um breve período de tempo, com significativa geração de trombina. Isto leva a um consumo rápido de fatores de coagulação que ultrapassam a capacidade de produção. Os produtos de degradação da fibrina que são gerados consequentemente, interrompem a polimerização de fibrina e a ligação do fibrinogênio à superfície das pla......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

... + Acompanhar RN suspeito de SRC IgM – Realizar pesquisa de IgG IgG + Não se pode afirmar que houve infecção. Acompanhar RN suspeito de SRC IgG – Vacinar após o parto Não existem indicações para solicitar e realizar exame de rotina no pré-natal para Rubéola em gestantes. Caso seja realmente necessário fazer o exame e a gestante, além de assintomática, não apresente......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...atarata/glaucoma congênita ou cardiopatia congênita ou surdez. é preconizado que todos os casos suspeitos de SRC tenham amostras coletadas para se proceder ao diagnostico laboratorial. · Aborto ou perda fetal devido à infecção pelo vírus da rubéola - Caso de abortamento ou de natimorto resultante de gestação durante a qual se comprovou a ocorrência de Rubéola materna, independente de confirma......

Ver Índice

12/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Sarampo

...a coleta, colocar a urina em caixa de isopor com gelo reciclável e enviar ao Lacen, dentro de 24 a 48 horas, no máximo, para evitar que o crescimento de bactérias diminua a possibilidade de isolamento do vírus. A urina não deve ser congelada; • processar a amostra no Lacen ou no laboratório municipal, se houver, adotando os seguintes procedimentos: » centrifugar a amostra de urina a 1.5......

Ver Índice

08/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Raiva

...A EPIDEMIOLÓGICA Há muitas interfaces entre a raiva humana e a animal. Na vigilância da raiva, os dados epidemiológicos são essenciais tanto para os médicos, para que seja tomada a decisão de tratamento pós-exposição, como para os veterinários, que devem adotar medidas relativas ao animal envolvido. Sem dúvida, um caso de raiva humana representa falência do sistema de saúde local, além de ser um ......

Ver Índice

07/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Leishmaniose Visceral

...renos, praças públicas, jardins e logradouros, dentre outros, destinando de maneira adequada a matéria orgânica recolhida. • Na suspeita clínica de cão, delimitar a área para investigação do foco. Define-se como área para investigação aquela que a partir do primeiro caso canino (suspeito ou confirmado) estiver circunscrita em um raio de, no mínimo, 100 cães a serem examinados. Nesta área dev......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hanseníase

...ia de entrada do Mycobacterium leprae no corpo. O trato respiratório superior dos pacientes multibacilares (virchowianos e dimorfos) é a principal via de eliminação do Mycobacterium leprae encontrada no meio ambiente. Período de Incubação A hanseníase apresenta longo período de incubação; em média, de dois a sete anos. Há referência a períodos mais curtos, de sete meses, como também de mais d......

Ver Índice

11/05/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos  (Livre)

... logo quanto possível, devendo ser descartado em local apropriado. Após a remoção do capote deve-se proceder a higienização das mãos para evitar transferência do vírus A/H1N1 para outros pacientes. 3. Higienização das Mãos · As mãos dos profissionais que atuam em serviços de saúde podem ser higienizadas utilizando-se: água e sabonete, preparação alcoólica e anti-séptico degermante. · ......

Ver Índice

28/06/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos - versão 5

...ue tenha sido contato próximo de um caso laboratorialmente confirmado. 3. Caso descartado 3.1. Caso suspeito em que não tenha sido detectada infecção por novo vírus influenza A (H1N1) em amostra clínica viável OU 3.2. Caso suspeito em que tenha sido diagnosticada influenza sazonal ou outra doença compatível com o quadro clinico apresentado OU 3.3. Caso suspeito para o qual não foi possível ......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Difteria

...caras descartáveis • Luvas descartáveis • Sacos plásticos • Fita crepe • Etiquetas para identificação dos tubos Condições para a Coleta • Observar as condições do meio de transporte, principalmente sua data de validade. O meio deve ser amarelo claro, com consistência firme e sem áreas liquefeitas ou ressecadas. • Antes de iniciar a coleta, deve-se observar s......

Ver Índice

Página:  de 252

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A

Cnpj: 11.012.848/0001-57

info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.