FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Rins Policistico" obteve 8 resultados.

Página:  de 1

05/06/2013

Revisões Internacionais

Insuficiência renal crônica e diálise – Raghu V. Durvasula – Jonathan Himmelfarb

...constituintes do soro, como bilirrubina, glicose, proteínas e alguns fármacos. Em uma tentativa de minimizar a variação interlaboratorial e garantir a acurácia dos resultados de eTFG, o National Kidney Disease Education Program lançou uma iniciativa de padronização das medidas de creatinina sérica, baseada na espectrometria de massa com diluição de isótopo (EMDI).42 Não mais suscetível à interferê......

Ver Índice

25/08/2014

Revisões

Doenca renal policística autossomica dominante

...um Genet. 2001;68(2):355-63. Qian F, Watnick TJ, Onuchic LF, Germino GG. The molecular basis of focal cyst formation in human autosomal dominant polycystic kidney disease type I. Cell. 1996;87(6):979-87. Rossetti S, Burton S, Strmecki L, Pond GR, San Millán JL, Zerres K, et al. The position of the polycystic kidney disease 1 (PKD1) gene mutation correlates with the severity of renal disease. J A......

Ver Índice

09/01/2015

Remédios

Espironolactona

...es iguais. hirsutismo feminino: 100 mg, 2 vezes por dia. Limite de dose para adultos: até três vezes a dose inicial, ou um máximo de 400 mg por dia. Idosos: podem ser mais sensíveis às doses usuais. Crianças edema; ascite ou hipertensão: iniciar com 1 a 3 mg por kg de peso por dia, divididos em 2 a 4 doses iguais; ajustar a dose após 5 dias. A dose pode atingir até três vezes a dose inicial. ......

Ver Índice

02/10/2012

Revisões Internacionais

Síndrome dos ovários policísticos – Robert L. Barbieri

...a 3. Acantose nigricante na região do trapézio de uma mulher com síndrome dos ovários policísticos (SOP) insulinorresistente. A acantose nigricante manifesta-se como uma alteração cutânea de aspecto aveludado, musgoso, verrucoso e hiperpigmentado, que habitualmente se desenvolve na porção de trás do pescoço, nas axilas, embaixo dos seios e ao longo da região interna das coxas. A histologia da acan......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...Atenção: nefrotoxicidade, mielossupressão, náuseas e vômitos ocorrem com frequência e são dose dependentes. Ototoxicidade com perda de audição e surdez é mais intensa em crianças. Existem riscos de reações anafiláticas minutos após a administração de cisplatina. Citarabina Maurício Fábio Gomes Na Rename 2010: Item 6.1.2 Apresentação t Pó para solução injetável 100 mg, 500 mg e......

Ver Índice

24/02/2016

Revisões Internacionais

Abordagem a pacientes com distúrbios endócrinos

...ear vêm sendo utilizadas cada vez mais intensamente para identificar anormalidades funcionais, assim como para identificar adenomas paratireoideos ou feocromocitomas, e para discriminar causas de hipertireoidismo através de varreduras de iodo radioativo na tireoide. Levando-se em consideração que muitos órgãos endócrinos são pequenos e as características das imagens são muito sutis, os médicos que......

Ver Índice

05/07/2019

Revisões Internacionais

Neurologia Feminina

...ofiláticas, levando-se em consideração que se trata de uma condição benigna que geralmente diminui durante a gravidez. O uso de abordagens não farmacológicas é a terapia de primeira linha. Inúmeros agentes abortivos são considerados seguros durante a gravidez. Esses agentes incluem antieméticos, magnésio, cafeína, esteroides e analgésicos. Os triptanos são de categoria C. Entretanto, o maior regi......

Ver Índice

30/11/2008

Revisões

Cardiopatias Valvares

...dem ser menos exuberantes. Ao exame físico, os portadores de IM crônica moderada a grave costumam apresentar os seguintes achados: · o pulso arterial apresenta menor amplitude, assim como descenso mais rápido, decorrente do menor volume sistólico efetivo (ou seja ejetado para a aorta); contudo, não ocorre redução da pressão diastólica, contrariamente ao que sucede na IAo; · o ......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.