FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "vi Estratificacao do Risco Cardiovascular" obteve 70 resultados.

Página:  de 7

29/03/2011

Biblioteca Livre

VI. Estratificação do Risco Cardiovascular

...Técnicos BRASÍLIA / DF – 2006 VI. Estratificação do Risco Cardiovascular Na avaliação do paciente hipertenso, a avaliação do risco cardiovascular é de fundamental importância para orientar a conduta terapêutica e o prognóstico de cada paciente. Para a estratificação do risco cardiovascular, é necessário pesquisar a presença dos fatores de risco, das doenças cardiovasculares e das lesões e......

Ver Índice

01/04/2011

Biblioteca Livre

IV. Risco Cardiovascular – Classificação

...homens com menos de 45 anos e mulheres com menos de 55 anos), sem manifestação de doença ou sintomas e sem nenhum dos fatores intermediários descritos no Quadro 2 são caracterizados como sendo de BAIXO RISCO (Figura 1). Estes indivíduos não se beneficiam de exames complementares, entretanto, devem ser encorajados a manterem um perfil de vida saudável. Homens com idade superior a 45 anos e mulhere......

Ver Índice

16/06/2017

Revisões Internacionais

Biomarcadores Cardiovasculares

...Chung MK, Martin DO, Sprecher D, et al. C-reactive protein elevation in patients with atrial arrhythmias: inflammatory mechanisms and persistence of atrial fibrillation. Circulation 2001;104:2886–91. 180. Lip GY, Patel JV, Hughes E, Hart RG. High-sensitivity C-reactive protein and soluble CD40 ligand as indices of inflammation and platelet activation in 880 patients with nonvalvular atrial ......

Ver Índice

04/06/2013

Revisões Internacionais

Angina estável crônica – Richard A. Lange – L. David Hillis

...anolazina é contraindicada para pacientes com comprometimento hepático e indivíduos sob tratamento com fortes inibidores de citocromo hepático CYP3A4 (cetoconazol, itraconazol, claritromicina, nefazodona, nelfinavir, ritonavir, indinavir e saquinivir) ou indutores de CYP3A4 (rifampina, rifabutina, rifapentina, fenobarbital, fenitoína, carbamazepina e erva-de-são-joão). A dose de ranolazina deve se......

Ver Índice

03/01/2013

Revisões

Prevenção primária e secundária para doenças cardiovasculares

...endação e nível de evidência Orientação/meta Recomendação com classe e nível de evidência Atividade física 30 minutos, 7 dias por semana (mínimo 5 dias por semana ou 150 minutos por semana, divididos no maior número possível de dias) Avaliar os riscos com uma história de atividade física e/ou um teste ergométrico. Encorajar 30 a 60 minutos de atividade aeróbica de intensidade ......

Ver Índice

03/11/2011

Artigos

Ecocardiograma em pré-operatório de cirurgia de grande porte não cardíaca

...banálise de acordo com o risco cardíaco medido pelo escore de Lee (Tabela 1). Para testar a validade dos dados e avaliar se os achados não ocorreram simplesmente pela maior gravidade dos pacientes, foi medida a associação entre a realização do ecocardiograma e a ocorrência de infecção do sítio cirúrgico. Tabela 1. Escore de risco cardíaco de Lee Variáveis Cirurgia de alto risco ......

Ver Índice

17/09/2015

Biblioteca Livre

Hipolipemiante

... metas terapêuticas. A prevalência de dislipidemia está relacionada ao aumento das DCV, existindo associação em potência com hábitos de vida (tabagismo, etilismo, sedentarismo e ingestão de alimentos ricos em gordura) e com algumas doenças (hipertensão, diabestes e obesidade). A causa de dislipidemia pode ser primária, definida geneticamente, e secundária, decorrente de interferência nas funções ......

Ver Índice

17/09/2015

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Hipolipemiante

...o a elevação LDL-C e TG). De modo geral, os valores de referência aceitos como normais para as frações lípidicas são: Quadro 1. Valores de referência aceitos como normais para as frações lipídicas. Adaptado de Sposito, 2007. * depende da idade. Estas metas são mais rigorosas de acordo com comorbidades e estratificação dos fatores de risco para doença coronariana. Outras frações ......

Ver Índice

06/08/2010

Revisões

Doença Arterial Coronariana Crônica – Definição, Diagnóstico e Estratificação de Risco

...episódios de angina, como tireotoxicose, anemia, estenose aórtica, miocardiopatia hipertrófica e outros. Além disso, pacientes com miocardiopatia isquêmica podem apresentar sinais clínicos de insuficiência cardíaca. EXAMES COMPLEMENTARES Os exames complementares podem ter várias utilidades na investigação de doença coronariana. Podem-se utilizar exames para investigação e acompanhamento de f......

Ver Índice

04/06/2009

Revisões

Novos Métodos Diagnósticos em Cardiologia

...Ao = aorta; TP = tronco da artéria pulmonar; Dg = artérias diagonais; MgD = artéria marginal direita. Avaliação de Enxertos pela Tomografia Computadorizada A análise de enxertos utiliza maior volume de contraste (150 mL) e de pausa inspiratória (17 a 22 s). A acurácia na avaliação isolada da perviedade dos enxertos é similar na TCMD de 16 detectores ou superior. Apresenta alta acurácia para ......

Ver Índice

Página:  de 7

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A

Cnpj: 11.012.848/0001-57

info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.