FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Pâncreas Artificial em Crianças com Diabetes Tipo 1

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado pela Disciplina de Emergências Clínicas Faculdade de Medicina da USP; Médico e Especialista em Clínica Médica pelo HC-FMUSP; Diretor Científico do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente (IBSP); Membro da Academia Brasileira de Medicina Hospitalar (ABMH); Assessor da Diretoria Médica do Hospital Samaritano de São Paulo.

Última revisão: 09/10/2020

Comentários de assinantes: 0

Contexto Clínico

 

Um sistema de ciclo fechado de aplicação de insulina (também chamado de pâncreas artificial) pode melhorar os resultados glicêmicos em crianças com diabetes tipo 1.

 

O Estudo

 

Apresentamos um estudo de 16 semanas, multicêntrico, randomizado, aberto e de grupo paralelo, no qual os pesquisadores atribuíram, em uma proporção de 3:1, crianças de 6 a 13 anos de idade que tinham diabetes tipo 1 para receber tratamento com o uso de um sistema de circuito fechado de entrega de insulina (grupo de circuito fechado – pâncreas artificial) ou uma bomba de insulina aumentada por sensor (grupo de controle). O desfecho primário avaliado foi a porcentagem de tempo em que o nível de glicose ficou na faixa-alvo de 70 a 180 mg por decilitro, conforme medido por monitoramento contínuo de glicose.

Foram submetidas à randomização 101 crianças (78 para o grupo de circuito fechado e 23 para o grupo de controle); os níveis de hemoglobina glicada na linha de base variaram de 5,7 a 10,1%. A porcentagem média (± SD) de tempo em que o nível de glicose estava na faixa-alvo de 70 a 180 mg por decilitro aumentou de 53 ± 17% no início para 67 ± 10% (a média ao longo de 16 semanas de tratamento) no grupo de circuito fechado e de 51 ± 16% a 55 ± 13% no grupo de controle (diferença média ajustada, 11 pontos percentuais [equivalente a 2,6 horas por dia]; intervalo de confiança de 95%, 7 a 14; P < 0,001). Em ambos os grupos, o percentual médio de tempo em que o nível de glicose ficou abaixo de 70 mg por decilitro foi baixo (1,6% no grupo de circuito fechado e 1,8% no grupo de controle). No grupo de circuito fechado, a porcentagem média de tempo em que o sistema permaneceu no modo fechado foi de 93% (intervalo interquartil, 91 a 95). Nenhum episódio de cetoacidose diabética ou hipoglicemia grave ocorreu em nenhum dos grupos.

 

Aplicação Prática

 

O que este estudo envolvendo crianças com diabetes tipo 1 demonstra é que o nível de glicose ficou na faixa-alvo por uma porcentagem maior de tempo com o uso de um sistema de circuito fechado (pâncreas artificial) do que com o uso de uma bomba de insulina aumentada por sensor. Este ensaio clínico randomizado e multicêntrico pode dar respaldo para se pensar a respeito dessa conduta em termos de vida prática.

 

Bibliografia

 

1.             Breton MD et al. A Randomized Trial of Closed-Loop Control in Children with Type 1 Diabetes. N Engl J Med 2020; 383:836-845

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.