FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Soros Antipeçonhentos

Última revisão: 04/04/2010

Comentários de assinantes: 0

>Reproduzido de:>>>>>

>Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006 [>Link Livre para o Documento Original>>]>>>>>

>Série B. Textos Básicos de Saúde>>>>>

>MINISTÉRIO DA SAÚDE>>>>>

>Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos>>>>>

>Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos>>>>>

>Brasília / DF2008>>>>>

>>> >>>>

>>Soros Antipeçonhentos>399,400>>>>>>

>>> >>>>

>>SORO ANTIBOTRÓPICO (SAB)>>>>>>>

>Apresentação>>

>      >>>Solução injetável 5,0 mg/mL.>>>>

>      >>>Cada mililitro neutraliza, no mínimo, 5,0 mg do veneno-referência de >Bothrops jararaca>.>>>>

>>> >>>>

>Indicação>>

>      >>>Tratamento de envenenamento por picada de serpentes do gênero >Bothrops >(ex: jararaca, jararacuçu, urutu, cotiara, caiçaca e outras) e ainda dos gêneros >Bothriopsis >e >Porthidium>.>>>>

>>> >>>>

>Precauções>>

>      >>>A insuficiência renal aguda é complicação grave no acidente botrópico. Cuidados especiais com a hidratação do paciente e cuidado da função renal devem ser instituídos precocemente.>>>>

>      >>>Os acidentes botrópicos podem alterar o tempo de coagulação.>>>>

>>> >>>>

>>SORO ANTICROTÁLICO (SAC)>>>>>>>

>Apresentação>>

>      >>>Solução injetável 1,5 mg/mL.>>>>

>      >>>Cada mililitro neutraliza, no mínimo, 1,5 mg do veneno-referência de >Crotalus durissus terrificus>.>>>>

>>> >>>>

>Indicação>>

>      >>>Tratamento de envenenamento por picada de serpentes do gênero >Crotalus >(cascavel).>>>>

>>> >>>>

>Precauções>>

>      >>>A insuficiência renal aguda é complicação grave no acidente crotálico. Cuidados especiais com a hidratação do paciente e cuidado da função renal devem ser instituídos precocemente.>>>>

>      >>>Os acidentes crotálicos podem alterar o tempo de coagulação.>>>>

>>> >>>>

>>SORO ANTIBOTRÓPICO-CROTÁLICO (SABC)>>>>>>>

>Apresentação>>

>      >>>Solução injetável (5,0 mg + 1,5 mg)/mL.>>>>

>      >>>Cada mililitro neutraliza, no mínimo, 5,0 mg do veneno-referência de >Bothrops jararaca >e 1,5 mg do veneno-referência de >Crotalus durissus terrificus>.>>>>

>>> >>>>

>Indicação>>

>      >>>Tratamento de envenenamento por picada de serpentes dos gêneros >Bothrops >e >Crotalus>.>>>>

>>> >>>>

>Precauções>>

>      >>>A insuficiência renal aguda é complicação grave no acidente botrópico e crotálico. Cuidados especiais com a hidratação do paciente e cuidado da função renal devem ser instituídos precocemente.>>>>

>      >>>Os acidentes botrópicos e crotálicos podem alterar o tempo de coagulação.>>>>

>>> >>>>

>>SORO ANTIBOTRÓPICO-LAQUÉTICO (SABL)>>>>>>>

>Apresentação>>

>      >>>Solução injetável (5,0 mg + 3,0 mg)/mL.>>>>

>      >>>Cada mililitro neutraliza, no mínimo, 5,0 mg do veneno-referência de >Bothrops jararaca >e 3,0 mg do veneno-referência de >Lachesis muta>.>>>>

>>> >>>>

>Indicação>>

>      >>>Tratamento de envenenamento por picada de serpentes dos gêneros >Bothrops >e >Lachesis >(surucucu e pico-de-jaca).>>>>

>>> >>>>

>Precauções>>

>      >>>Pelo risco potencial de bradicardia, hipotensão e choque, recomenda-se o monitoramento das funções vitais no envenenamento.>>>>

>      >>>Os acidentes botrópicos e laquéticos podem alterar o tempo de coagulação.>>>>

>>> >>>>

>>SORO ANTIELAPÍDICO (SAE)>>>>>>>

>Apresentação>>

>      >>>Solução injetável 1,5 mg/mL.>>>>

>      >>>Cada mililitro neutraliza, no mínimo, 1,5 mg do veneno-referência de >Micrurus frontalis>.>>>>

>>> >>>>

>Indicação>>

>      >>>Tratamento de envenenamento por picada de serpentes do gênero >Micrurus >(corais verdadeiras, boicorá).>>>>

>>> >>>>

>>SORO ANTIESCORPIÔNICO (SAEEs)>>>>>>>

>Apresentação>>

>      >>>Solução injetável 1 mg/mL.>>>>

>      >>>Cada mililitro neutraliza, no mínimo, 1,5 DMM (Dose Mínima Mortal) do veneno-referência de >Tityus serrulatus>.>>>>

>>> >>>>

>Indicação>>

>      >>>Tratamento de envenenamento por picada de escorpiões do gênero >Tityus>.>>>>

>>> >>>>

>Precaução>>

>      >>>Pelo risco potencial de bradicardia, hipotensão e choque, recomenda-se o monitoramento das funções vitais no envenenamento.>>>>

>      >>>Cada mililitro da solução neutraliza, no mínimo, 1,5 DMM do veneno-referência de >Tityus serrulatus>, 1,5 DMM do veneno-referência de >Phoneutria nigriventer>, e 15 DMN (Dose Mínima Necrosante) de veneno-referência de >Loxosceles >sp.>>>>

>>> >>>>

>Indicação>>

>      >>>Tratamento de envenenamento por picada de escorpiões do gênero >Tityus >e aranhas dos gêneros >Phoneutria >(aranha-armadeira) ou >Loxosceles >(aranha marrom).>>>>

>>> >>>>

>>SORO ANTILATRODECTUS (SALatr)>>>>>>>

>Apresentação>>

>      >>>Solução injetável.>>>>

>      >>>2,5 mL da solução neutralizam, no mínimo, 6.000 UI de veneno-referência de aranhas do gênero >Latrodectus>.>>>>

>>> >>>>

>Indicação>>

>      >>>Tratamento de envenenamento por picada de aranhas do gênero >Latrodectus >(viúva- negra).>>>>

>>> >>>>

>>Esquemas de Administração>4,5>>>>>

>>Adultos e Crianças>>>>>>>

>      >>>Injetar o conteúdo de uma ampola por via intramuscular, preferencialmente na região anterolateral da coxa. Normalmente, uma dose é suficiente, mas alguns indivíduos podem requerer dose adicional.>>>>

>      >>>Pode ser administrado por via intravenosa em casos graves de choque ou em crianças com menos de 12 anos de idade. O conteúdo de uma ampola é diluído em 10 a 50 mL de soro fisiológico e administrado em15 minutos.>>>>

>>> >>>>

>>Aspectos Farmacocinéticos Clinicamente Relevantes>5>>>>>

>      >>>Início de efeito: cerca de 5 minutos (intramuscular), embora os sintomas de envenenamento permaneçam por 1 a 3 horas.>>>>

>      >>>Pico de resposta: 1 a 3 horas (intramuscular).>>>>

>>> >>>>

>>SORO ANTILOXOSCÉLICO (SALox)>>>>>>>

>Apresentação>>

>      >>>Solução injetável.>>>>

>      >>>Cada mililitro da solução neutraliza, no mínimo, 15 doses mínimas necrosantes de veneno-referência de >Loxosceles intermedia>.>>>>

>>> >>>>

>Indicação>>

>      >>>Tratamento de envenenamento por picada de aranhas do gênero >Loxosceles >(aranha-marrom).>>>>

>>> >>>>

>>SORO ANTILONÔMICO (SALon)>>>>>>>

>Apresentação>>

>      >>>Solução injetável 3,5 mg/mL.>>>>

>      >>>Cada mililitro da solução neutraliza, no mínimo, 0,35 mg de veneno de Lonomia obliqua.>>>>

>>> >>>>

>Indicações>>

>      >>>Tratamento de envenenamento por lagarta do gênero >Lonomia >sp (Oruga, Taturana).>>>>

>>> >>>>

>Precaução>>

>      >>>Os acidentes lonômicos podem alterar o tempo de coagulação.>>>>

>> >>>

>>SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO>>>>>>>

>Consta no documento:>>>>

>Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.”>>>>

>O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.>>>>

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal