FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Propafenona" obteve 56 resultados.

Página:  de 6

04/02/2015

Remédios

Propafenona

...nte após 90 a 120 minutos (por infusão intravenosa, durante 1 a 3 horas). manutenção: 560 mg em 24 horas (70 mg a cada 3 horas); cessado o quadro agudo: usar propafenona comprimido (300 mg a cada 12 horas). Cuidados especiais Risco na gravidez Classe C Amamentação eliminado no leite; não amamentar. Não usar o produto asma ou broncoespasmo não alérgico como enfisema ou bronquite c......

Ver Índice

21/01/2015

Revisões

Taquiarritmias Supraventriculares

... comprometimento hemodinâmico ou a uma degeneração para fibrilação ventricular. Neste caso, estão contraindicados os agentes bloqueadores do nó atrioventricular, pois sua administração pode desencadear uma condução 1:1 pela via acessória. A terapia na fase aguda é feita pela cardioversão elétrica ou, nos casos com estabilidade hemodinâmica, pelaa administração intravenosa de propafenona (2 mg/kg e......

Ver Índice

03/09/2012

Artigos

Cardioversão elétrica ou química para fibrilação atrial no pronto-socorro

...a fibrilação atrial com até 48 horas de duração em pronto-socorro para descobrir qual das duas opções é mais efetiva. Contexto clínico Já foi discutido no MedicinaNET qual seria a melhor estratégia do ponto de vista de cardioversão para pacientes com flutter atrial em pronto-socorro, chegando-se à conclusão de que a cardioversão elétrica é mais custo-efetiva. Cont......

Ver Índice

01/04/2019

Casos Clínicos

Eletrocardiograma 71

...(2) Fibrilação atrial com condução aberrante (por exemplo, um bloqueio de ramo), (3) Fibrilação atrial com condução por feixe anômalo ("FA com Wolf"). A FA paroxística é uma arritmia comum nos pacientes com Síndrome de Wolff-Parkinson-White (SWPW) e pode ser observada em até 1/3 deles. Sugere-se que, nesses casos, a ocorrência de FA deve-se ao aumento da vulnerabilidade atrial, acompa......

Ver Índice

24/04/2015

Revisões

Fibrilação atrial

...se dividir os pacientes em risco baixo, moderado e alto para tromboembolismo. Estes escores de risco são importantes no manejo do paciente, a tabela 1 sumariza o escore de risco CHA2DS 2-VASc. Tabela: ESCORE CHA2DS2-VASc Letra Descrição Pontuação C Insuficiência cardíaca 1 H Hipertensão 1 A Idade >= 75 anos 2 D Diabetes 1 S2......

Ver Índice

14/06/2019

Revisões

Fibrilação atrial

...va ou como agente de segunda linha após falha de outros fármacos antiarrítmicos por causa de seus efeitos colaterais extracardíacos potencialmente graves. A dronedarona é um derivado de amiodarona em que o iodo foi removido e um grupo metano sulfonil foi adicionado para reduzir a toxicidade de órgãos relacionados com iodo e para encurtar a meia-vida. Em um ensaio, a dronedarona reduziu a frequênc......

Ver Índice

26/03/2012

Revisões Internacionais

Fibrilação atrial – Gregory F. Michaud (MD) e Roy M. John (MD, PhD)

...soluto de 0,3% ao ano. Em comparação, a aspirina diminuiu a incidência de AVC em 22%. As reduções do risco absoluto foram de 1,5% ao ano para a prevenção primária e de 2,5% ao ano para a prevenção secundária. A dose ajustada de varfarina mostrou-se mais eficaz do que a aspirina na comparação direta em 5 dos estudos analisados. Outros fármacos dirigidos às plaquetas, como o clopidogrel, não se comp......

Ver Índice

09/06/2009

Biblioteca Livre

Interações medicamentosas

...x/semana. Claritromicina Aumento da concentração sérica em 94% e prolongamento do intervalo QT (reduzir dose da claritromicina em 50% ou usar medicação alternativa). CONTRACEPTIVO HORMONAL Etinilestradiol Potencial risco de maior toxicidade pelo aumento dos níveis séricos (considerar alternativas). (? níveis séricos de etinilestradiol): usar método contracept......

Ver Índice

06/06/2012

Revisões Internacionais

Taquicardia supraventricular – Melvin M. Scheinman, M.D. e Sirisha Sundara, M.D.

...duziu ao desenvolvimento dos procedimentos de ablação com cateter para o tratamento da maioria das formas dessa doença.1 Tais procedimentos frequentemente curam o paciente, libertando-o da necessidade de se submeter a uma terapia farmacológica pelo resto da vida. Este capítulo enfoca as formas mais comuns de TSV – com exceção da fibrilação atrial, que é discutida em detalhes em outros textos [ver ......

Ver Índice

17/09/2015

Biblioteca Livre

Medicamentos Antiarrítmicos

...sse II (betabloqueadores); classe III (amiodarona); e classe IV (verapamil). A classe I inclui os medicamentos que interferem com a despolarização, sendo divididos conforme suas características adicionais. A classe Ib diminui a fase de repolarização e o intervalo QT, e aumenta o limite de fibrilação. A classe Ic prolonga os intervalos PR e QRS. A classe II reduz a frequência e contratilidade cardí......

Ver Índice

Página:  de 6

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.