FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Anexo i Orientacao Para Exame Fisico" obteve 13 resultados.

Página:  de 2

25/10/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

ANEXO I: Orientação para Exame Físico

...mente na região perineal, deverão ser anotadas buscando correlacionar com a história em questão. Sempre que possível, deverá ser feita aferição de pressão arterial e freqüência cardíaca, palpação de mamas e toque retal. A citologia oncológica de colo de útero deverá ser realizada quando houver indicação por ocasião do retorno da paciente. EXAME GENITAL MASCULINO Para uma melhor inspeção tanto......

Ver Índice

25/10/2009

Biblioteca Livre

2 Abordagem Integral ao Portador de DST

...era genital, corrimento uretral masculino, corrimento feminino e dor pélvica. Os fluxogramas contêm as informações básicas necessárias ao manejo dos pacientes. Para usá-lo, o profissional identifica a síndrome que se encontra no topo do quadro e segue os passos, tomando as decisões de acordo com os achados clínicos. Após o fluxograma de cada síndrome, são apresentadas as notas explicativas corresp......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hanseníase

...eneralizado, com ou sem espessamento e dor de nervos periféricos (neurite). Os estados reacionais são a principal causa de lesões dos nervos e de incapacidades provocadas pela Hanseníase. Portanto, é importante que o diagnóstico das reações seja feito precocemente, para se dar início imediato ao tratamento, visando prevenir essas incapacidades. Frente a suspeita de reação hansênica, recomen......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hanseníase

...a. Tratamento de Reações Hansênicas Para o tratamento das reações hansênicas é imprescindível diferenciar o tipo de reação hansênica, avaliar a extensão do comprometimento de nervos periféricos, órgãos e outros sistemas; investigar e controlar fatores potencialmente capazes de desencadear os estados reacionais, conhecer as contraindicações e os efeitos adversos dos medicamentos utilizados no ......

Ver Índice

23/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 2 – Investigação Epidemiológica de Casos e Epidemias

...cal de trabalho ou outra? A análise espacial permite identificar se o surto/epidemia afeta uniformemente toda a área, ou se há locais que concentram maior número de casos e de maior risco. Por exemplo, quando a distribuição apresenta uma concentração dos mesmos em determinado ponto, isto sugere que a água, alimento ou outras fontes comuns, possam ser os possíveis veículos de transmissão. 3......

Ver Índice

08/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Raiva

...tos encaminhados para o diagnóstico desses animais tenham sido o tronco encefálico e a medula. MEDIDAS DE CONTROLE PARA RAIVA ANIMAL Aspectos Clínicos da Raiva Animal Raiva no cão – os animais mais jovens são mais susceptíveis à infecção, cujo período de incubação varia de dez dias a dois meses, em média. A fase prodrômica dura, aproximadamente, 3 dias. O animal demonstra alterações sutis de......

Ver Índice

26/08/2009

Biblioteca Livre

4 Recomendações

...ulmonar em repouso e exercício e por questionários de avaliação de sintomas, notadamente a dispnéia. É tarefa primariamente médica. • Incapacidade: é o efeito global da disfunção na vida do paciente expressa pela impossibilidade de realizar adequadamente uma tarefa, no trabalho ou na vida diária, devido à disfunção. A incapacidade não é relacionada apenas a condições médicas, mas envolve fat......

Ver Índice

25/10/2009

Biblioteca Livre

5 Síndromes Clínicas Principais

...pélvica é classicamente dividida em aguda e crônica. A aguda tem início súbito e geralmente é intensa o suficiente para que a paciente procure cuidados imediatos. A dor pélvica é dita crônica quando tem pelo menos seis meses de duração, e requer uma propedêutica cuidadosa. De acordo com a etiologia, pode ser dividida em dois grandes grupos: Causas ginecológicas: • aborto; • gravide......

Ver Índice

15/05/2014

Revisões

Prontuário de pacientes: finalidades, preenchimento e questões éticas e legais

...0 a.C. Relatórios, feitos em 3000 a.C., mencionam informações sobre a medicina praticada no Egito. No século V a.C., Hipócrates, o “pai da medicina”, procurou abandonar as velhas teorias da medicina sacerdotal, encarando-a com zelo científico. Esse observador, atento e perspicaz, assinalou e descreveu muitos sinais e sintomas (Figura 26.1). Legou-nos também os princípios da ética médica e do deve......

Ver Índice

01/10/2009

Revisões

Novo código de ética médica

...esso consentimento do seu representante legal. Art. 78. Deixar de orientar seus auxiliares e alunos a respeitar o sigilo profissional e zelar para que seja por eles mantido. Art. 79. Deixar de guardar o sigilo profissional na cobrança de honorários por meio judicial ou extrajudicial. Capítulo X - DOCUMENTOS MÉDICOS É vedado ao médico: Art. 80. Expedir documento médico sem ter p......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.