FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Caso 1" obteve 2335 resultados.

Página:  de 234

27/01/2015

Casos Clínicos

Caso Clínico – Qual o diagnóstico hematológico deste caso?

... teve um resultado de FAN: HEP 2 NUCLEAR PONTILHADO FINO 1/640). Bibliografia Spero JA, Lewis JH, Hasiba U. Disseminated intravascular coagulation. Findings in 346 patients. Thromb Haemost 1980; 43:28. Siegal T, Seligsohn U, Aghai E, Modan M. Clinical and laboratory aspects of disseminated intravascular coagulation (DIC): a study of 118 cases. Thromb Haemost 1978; 39:122. Levi M, Toh ......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...rte de uma cadeia de transmissão originada por um caso importado, de acordo com a analise dos dados epidemiológicos e/ou virológicos. · Caso com origem de infecção desconhecida - Caso em que não foi possível estabelecer a origem da fonte de infeccao após a investigação epidemiológica minuciosa. · Caso índice - Primeiro caso ocorrido entre vários casos de natureza similar e epidemiologica......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...r até 3 meses após a suspensão de seu uso, pela possível inadequação da resposta imunológica; uso de sangue ou seus derivados - recomenda-se que as pessoas só sejam vacinadas após 3 meses da data da transfusão; vigência de doenca aguda febril grave, para que sinais e sintomas agravados não sejam atribuídos ou confundidos como efeitos adversos da vacina. Durante a gravidez de maneira geral, não se ......

Ver Índice

08/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Raiva

... edema e hiperemia e, mais raramente, presença de abscesso. São as manifestações mais comuns, normalmente de caráter benigno. Conduta: não é necessário notificar. Deve ser feito tratamento local, com o objetivo de diminuir a dor, a tumefação e a vermelhidão. • manifestações imediatas – choque anafilático. Manifestação rara que pode ocorrer nas primeiras duas horas após a aplicação. Os sintom......

Ver Índice

07/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Leishmaniose Visceral

...piração de linfonodos. O material aspirado deverá ser examinado segundo a seguinte seqüência: Exame direto – formas amastigotas do parasito podem ser visualizadas pelas colorações de Giemsa ou Wright, Leishman, Panóptico. O encontro de parasitos no material examinado depende do número de campos observados (200 campos devem ser examinados antes de se considerar uma lâmina como negativa). Isola......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hanseníase

...ra tratamento da reação Tipo 2 – eritema nodoso hansênico (ENH) Como previsto na Lei nº 10.651, de 16/4/2003, para utilizar-se a talidomida no tratamento de hanseníase em mulheres em idade fértil faz-se necessário orientar sobre os efeitos teratogênicos da droga e assegurar a contracepção. • Se o doente estiver sob tratamento poliquimioterápico, mantenha-o sem modificação, exceto se estiver......

Ver Índice

11/05/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos  (Livre)

...início dos sintomas, tenha se recuperado OU b) Qualquer caso em monitoramento ou suspeito em que tenha sido diagnosticada outra doença. III. MEDIDAS DE MANEJO DE PACIENTES 1. Ações no Âmbito dos Serviços de Saúde 1.1. Unidade Básica de Saúde a) Caso em monitoramento ou suspeito · No acolhimento ou triagem, investigar o histórico de viagens internacionais entre os pacientes que ap......

Ver Índice

28/06/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos - versão 5

...o Ministério da Saúde 1.258 casos por meio do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), dos quais 271 (21,5%) foram confirmados. A análise do perfil epidemiológico destes casos confirmados evidencia os seguintes aspectos: · Sexo: 52,4% (142/271) são mulheres. · Idade: 50% com idade inferior a 27 anos, sendo o intervalo variando de 1 a 65 anos. · Faixa etária: 57......

Ver Índice

10/09/2009

Biblioteca Livre

5 Vigilância Epidemiológica

...DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.” O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente. 5 Vigilância Epidemiológica 5 Vigilância Epi......

Ver Índice

12/08/2009

Biblioteca Livre

Glossário

... FONTE PRIMÁRIA DE INFECÇÃO (reservatório): homem ou animal e, raramente, o solo ou vegetais, responsável pela sobrevivência de determinada espécie de agente etiológico na natureza. No caso dos parasitas heteroxenos, o hospedeiro mais evoluído (que geralmente é também o definitivo) é denominado fonte primária de infecção; e o hospedeiro menos evoluído (em geral hospedeiro intermediário) é chamado ......

Ver Índice

Página:  de 234

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal