FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Caso 14" obteve 2329 resultados.

Página:  de 233

27/01/2015

Casos Clínicos

Caso Clínico – Qual o diagnóstico hematológico deste caso?

... (alargamento de TP, TTPa e queda de fibrinogênio), e aumento da fibrinólise (o aumento de D-dímero), desde que não haja outra etiologia para esses achados. Ter hemorragias ou tromboses não caracterizam fatores necessários para o diagnóstico. Como curiosidade, neste caso foi fechado um diagnóstico de síndrome de anticorpo antifosfolípide em associação com lúpus eritematoso sistêmico (dias depois......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...m-nascido ou pelo acompanhamento dos níveis de IgG, durante um periodo mais prolongado (de alguns meses a até 2 anos de idade). O achado de níveis de IgG estáveis ou elevados confirma o diagnostico. A queda de anticorpos IgG sugere a presença de anticorpos maternos em declínio. Identificação do Vírus Pode ser realizada a partir de secreções nasais, sangue, urina e líquor com inoculação em cul......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...rar a unidade de saúde logo após o parto ou aborto, para serem vacinadas. Recomenda-se, também, por precaução, que mulher em idade fértil vacinada, deve adiar a gestação por 30 dias. Ressalta-se que estudos realizados até o momento, acompanhando mulheres gravidas vacinadas inadvertidamente com a vacina contra a Rubéola, não observaram malformações compatíveis com a SRC. SOBRE OS DIREITOS AUTOR......

Ver Índice

08/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Raiva

...egistrada reação anafilática do tipo I; a maioria das reações, 10/10 mil, é de hipersensibilidade do tipo III. A evolução é boa e a maioria dos pacientes não necessita internação hospitalar. Soros Soro Heterólogo O soro heterólogo é uma solução concentrada e purificada de anticorpos, preparada em eqüídeos imunizados contra o vírus da raiva. Deve ser conservado em geladeira, entre +2º a +8ºC,......

Ver Índice

07/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Leishmaniose Visceral

...onsecutivos. Leishmaniose Visceral e HIV/Aids A tríade clássica da leishmaniose visceral é também a manifestação mais comum na co-infecção Leishmania/HIV: hepatoesplenomegalia, anemia, leucopenia (média de 2.300/ml), plaquetopenia, febre, adenopatia, astenia, emagrecimento. Certamente, como conseqüência do maior número de casos de co-infecção ocorrer em pacientes com menos de 200 células CD4+......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hanseníase

...ipo 1 – reação reversa • Se o doente estiver sob tratamento quimioterápico, mantenha-o sem modificação, exceto se apresentar efeitos colaterais graves. • Prescrever corticosteróide: prednisona – 1 a 2mg/kg/dia, conforme avaliação clínica. • Manter a dose inicial da prednisona até a regressão clínica do quadro reacional. • Reduzir a dose do medicamento, em intervalos fixos e......

Ver Índice

11/05/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos  (Livre)

...endar isolamento domiciliar até o 10º dia após início dos sintomas. · Orientar as medidas que devem ser aplicadas durante o isolamento domiciliar (ver item VIII). · Comunicar à vigilância epidemiológica para realizar o monitoramento clínico diário, até o 10º dia após o início dos sintomas. b) Caso suspeito ou provável · Realizar avaliação médica e confirmar antecedentes de ......

Ver Índice

28/06/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos - versão 5

...nicas que não sejam do trato respiratório para subsidiar o diagnóstico diferencial, conforme as hipóteses diagnósticas elencadas no hospital de referência e desde que façam parte da lista de exames próprios desta rede de laboratórios, adotando-se as medidas de biossegurança preconizadas para cada situação. 2. Tipo de amostra que deve ser coletada a) Secreção respiratória: para investigação ......

Ver Índice

10/09/2009

Biblioteca Livre

5 Vigilância Epidemiológica

... (anexo I – Ficha de Notificação de Malária). 5.5 INVESTIGAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA Recomendada para a Região Não-Endêmica e deve se desenvolver na seguinte seqüência: a) busca de caso, diagnóstico e tratamento; b) investigação para identificar a origem do caso; c) identificação de vetores e, se comprovada a existência de foco, desenvolver ações de controle de anofelinos e tratamento......

Ver Índice

12/08/2009

Biblioteca Livre

Glossário

...ue compartilham essas características chamam-se isômeros. Nos derivados do núcleo benzênico, a isomeria geométrica e a isomeria ótica dependem da distribuição espacial das quatro ligações do átomo de carbono. JANELA IMUNOLÓGICA: intervalo entre o início da infecção e a possibilidade de detecção de anticorpos, por meio de técnicas laboratoriais. LATÊNCIA: período, na evolução clínica de uma doenç......

Ver Índice

Página:  de 233

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal