FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Caso 14 " obteve 2335 resultados.

Página:  de 234

27/01/2015

Casos Clínicos

Caso Clínico – Qual o diagnóstico hematológico deste caso?

...hemorragias ou tromboses não caracterizam fatores necessários para o diagnóstico. Como curiosidade, neste caso foi fechado um diagnóstico de síndrome de anticorpo antifosfolípide em associação com lúpus eritematoso sistêmico (dias depois a paciente teve um resultado de FAN: HEP 2 NUCLEAR PONTILHADO FINO 1/640). Bibliografia Spero JA, Lewis JH, Hasiba U. Disseminated intravascular coagulatio......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...s com SRC podem eliminar o vírus através das secreções nasofaríngeas, sangue, urina e fezes, por até 1 ano após o nascimento. Diagnóstico Clínico, epidemiológico e laboratorial. O feto infectado é capaz de produzir anticorpos específicos da classe IgM e IgG para Rubéola, antes mesmo do nascimento. A presença de anticorpos IgM específicos para Rubéola no sangue do recém-nascido e evidencia de ......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...deve ser realizada no primeiro contato com o paciente. O vírus identificado deve circular no país por mais de 12 meses. Assim, o país deixa de ser uma área livre da circulação do vírus autóctone. Medidas de Controle Vacinação A vacina é a única forma de prevenir a ocorrência da Rubéola na população, sendo sua principal medida de controle. Esquema básico: uma dose da vacina tríplice viral (sa......

Ver Índice

12/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Sarampo

...al de saúde, dentro das primeiras 24 horas a partir do atendimento do paciente. O caso deve ser notificado à secretaria estadual de saúde por telefone, fax ou email, para acompanhamento junto ao município. Considerando a alta infectividade e contagiosidade da doença, todos os profissionais dos serviços públicos e privados, principalmente os médicos pediatras, clínicos, infectologistas, enfermeiro......

Ver Índice

08/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Raiva

...faltar para a segunda dose: aplicar no dia que comparecer e agendar a terceira dose com intervalo mínimo de 2 dias. • Quando o paciente faltar para a terceira dose: aplicar no dia que comparecer e agendar a quarta dose com intervalo mínimo de 4 dias. • Quando o paciente faltar para a quarta dose: aplicar no dia que comparecer e agendar a quinta dose para 14 dias após. Bases Gerais ......

Ver Índice

07/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Leishmaniose Visceral

...e esplenomegalia é um caso suspeito. Notifique, investigue e faça o diagnóstico e tratamento do paciente o mais precocemente possível ou o encaminhe para o serviço de referência. ATUAÇÃO NA CADEIA DE TRANSMISSÃO Orientações Dirigidas ao Controle do Vetor A indicação das atividades voltadas para o controle vetorial dependerão das características epidemiológicas e entomológicas de cada locali......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hanseníase

... Fonte: SVS/MS. Coeficientes de prevalência e de detecção da hanseníase segundo macrorregião. Brasil, 2003*. Macrorregião Prevalência Detecção Nº Coef./10 mil Nº Coef./10 mil Brasil 79.908 4,52 49.026 2,77 Norte 15.764 11,44 10.488 7,61 Nordeste 33.234 6,73 17.380 3,52 Sudeste 18.079 2,40 10.917 ......

Ver Índice

11/05/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos  (Livre)

... porém sem resultados laboratoriais conclusivos quanto à infecção por vírus de influenza sazonal, OU · Indivíduo sintomático com clínica compatível de influenza A (H1N1) OU que evoluiu para óbito decorrente de infecção respiratória aguda indeterminada E que tenha vínculo epidemiológico (de tempo, local ou exposição) com outro caso provável ou confirmado (suspeito, segundo OMS) de infecção po......

Ver Índice

28/06/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos - versão 5

... Friccionar a palma das mãos entre si com os dedos entrelaçados. • Friccionar o dorso dos dedos de uma mão com a palma da mão oposta, segurando os dedos e vice-versa. • Friccionar o polegar direito, com o auxílio da palma da mão esquerda, utilizando-se movimento circular e vice-versa. • Friccionar as polpas digitais e unhas da mão esquerda contra a palma da mão direita, faze......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Difteria

...ânea – apresenta-se sob a forma de úlcera arredondada, com exsudato fibrinopurulento e bordas bem demarcadas e, embora profunda, não alcança o tecido celular subcutâneo. Devido a pouca absorção da toxina pela pele, a lesão ulcerada de difteria pode tornar-se subaguda ou crônica e raramente é acompanhada de repercussões cutâneas. No entanto, seu portador constitui-se reservatório e disseminador do ......

Ver Índice

Página:  de 234

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal