FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Caso 5" obteve 2281 resultados.

Página:  de 229

27/01/2015

Casos Clínicos

Caso Clínico – Qual o diagnóstico hematológico deste caso?

...ias pró-coagulantes). Os fatores de coagulação e as plaquetas são consumidas, mas a produção é capaz de compensar este consumo, e o fígado é capaz de limpar os produtos da degradação da fibrina. Os tempos de coagulação podem ser normais, e a trombocitopenia pode ser leve ou ausente. Tromboses geralmente predominam sobre sangramentos em termos de quadro clínico, embora muitos pacientes sejam assint......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...as infectadas com o vírus da Rubéola, principalmente durante as primeiras semanas de gestação (primeiras nove semanas). Esse vírus tem tropismo por células em formação (embriogênese) e quanto mais precoce a idade gestacional, mais elevadas são as taxas de malformações congênitas: estima-se que, nas primeiras 8 semanas de gestação, 90% dos recém-nascidos (RN) sejam portadores da SRC (com múltiplos ......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...ção e a sua eficácia é superior a 95% para Sarampo, Rubéola e caxumba. A duração da proteção é duradoura, provavelmente por toda a vida. · Esquema básico - 1 dose da vacina tríplice viral (Sarampo, Rubéola e caxumba), aos 12 meses de idade, e a segunda dose entre 4 a 6 anos de idade. Os adolescentes devem ter um mínimo de 2 doses da vacina. · Vacinação de bloqueio - Deve ser realizada, d......

Ver Índice

08/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Raiva

... saber se a região de procedência do animal é área de raiva controlada ou não controlada; • hábitos de vida do animal – o animal deve ser classificado como domiciliado ou não-domiciliado. Animal domiciliado é o que vive exclusivamente dentro do domicílio, não tem contato com outros animais desconhecidos e só sai à rua acompanhado do seu dono. Desse modo, esses animais podem ser classificados como......

Ver Índice

07/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Leishmaniose Visceral

...vores, arbustos), acúmulo de matéria orgânica e presença de animais domésticos (cães, galinhas, porcos, cavalos, cabritos, aves em geral, entre outros). As condições socioeconômicas e o tipo de moradia são critérios que podem ser levados em consideração para a seleção da unidade domiciliar. Padronizou-se que a armadilha adesiva é um conjunto de cinco folhas confeccionadas com folhas de papel......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hanseníase

...síndrome de Stevens-Johnson, dermatite esfoliativa ou eritrodermia; Hepáticos – icterícias, náuseas e vômitos; Hemolíticos – tremores, febre, náuseas, cefaléia, às vezes choque, podendo também ocorrer icterícia leve, metaemoglobinemia, cianose, dispnéia, taquicardia, cefaléia, fadiga, desmaios, náuseas, anorexia e vômitos. Outros efeitos colaterais raros podem ocorrer, tais como insônia e neuro......

Ver Índice

11/05/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos  (Livre)

...ta por esse subtipo viral. Isto envolve a inclusão de medidas de precaução de contato e para aerossóis. É importante destacar que o uso de EPIs deve estar sempre associado com outras medidas preventivas tais como: · Freqüente higienização das mãos. · Etiqueta respiratória: - Utilizar lenço descartável para higiene nasal; - Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir; ......

Ver Índice

28/06/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos - versão 5

...e Importância Internacional – ESPII PROTOCOLO DE PROCEDIMENTOS PARA O MANEJO DE CASOS E CONTATOS DE INFLUENZA A(H1N1) [link para o documento original] VERSÃO V Atualizado em 26.06.2009 SUMÁRIO I. Introdução II Objetivos III. Definições 1. Definições de casos 2. Definição de contato próximo aos casos suspeitos ou confirmados IV. Medidas de manejo dos casos nos serviços de saú......

Ver Índice

10/09/2009

Biblioteca Livre

5 Vigilância Epidemiológica

.... Para a manutenção da vigilância é necessário: 5.4 SISTEMA DE INFORMAÇÃO – NOTIFICAÇÃO A malária é uma doença de notificação em todo País, na área não-endêmica, além de ser uma doença de notificação compulsória é de investigação obrigatória, visando à adoção de medidas de controle para manter essa parte do território brasileiro livre da doença. Na área endêmica, a notificação é feita por me......

Ver Índice

12/08/2009

Biblioteca Livre

Glossário

... em outro serviço de assistência, que não padecia nem estava incubando a doença no momento da hospitalização. Pode manifestar-se, também, como efeito residual de infecção adquirida durante hospitalização anterior, ou ainda manifestar-se somente após a alta hospitalar. Abrange igualmente as infecções adquiridas no ambiente hospitalar, acometendo visitantes ou sua própria equipe. INFECÇÃO INAPARENT......

Ver Índice

Página:  de 229

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal