FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Caso 5" obteve 2325 resultados.

Página:  de 233

27/01/2015

Casos Clínicos

Caso Clínico – Qual o diagnóstico hematológico deste caso?

...is desta paciente são coagulograma alargado, com aumento do TP, TTPa e TT, além de queda nos valores de fibrinogênio e grande valor de D-dímero. Além disso, a paciente tem uma anemia com característica normo/normo, plaquetopenia, e atividade inflamatória elevada com VHS de 77mm. Uma excelente hipótese diagnóstica neste caso é a de COAGULAÇÃO INTRAVASCULAR DISSEMINADA, que no caso deve ser aguda, c......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...equência a escolas ou creches, agrupamentos ou qualquer contato com pessoas suscetíveis, em especial as gestantes, até 4 dias após o início do periodo exantemático. A vigilância dos contatos deve perdurar por 7 a 18 dias. · Comunicantes – Gestantes expostas devem ser avaliadas sorologicamente, acompanhadas e orientadas, quando necessário (vide capitulo Síndrome da Rubéola Congênita). · I......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...ubéola ou caxumba) ou a qualquer componente da vacina. - Falsas contraindicações: HIV positivos, assintomáticos, contato intimo com pacientes imunodeprimidos; vacinação recente com a vacina oral contra a Poliomielite; exposição recente ao Sarampo. - Situações em que se recomenda o adiamento da vacinação – tratamento com imunodepressores (corticoterapia, quimioterapia, radioterapia, etc......

Ver Índice

08/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Raiva

...aboratorial. Ressalte-se o crescente número de morcegos positivos para a raiva e os inúmeros acidentes que vêm causando aos humanos. Morcegos e outros animais silvestres pequenos devem ser encaminhados inteiros, refrigerados ou congelados, para a identificação da espécie e orientação de ações de controle de foco em até 72 horas após a notificação, se possível. Os procedimentos de biossegurança d......

Ver Índice

07/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Leishmaniose Visceral

...1- Acometimento de trato respiratório, esôfago, estômago, duodeno, pele, etc.; 2- Ausência de cura clínica após duas tentativas de tratamento com antimoniato de meglumina (20mg de SbV/kg/dia por 30 dias); 3- Recrudescimento da sintomatologia, em até 12 meses após cura clínica; 4 - Herpes zoster, tuberculose miliar, etc. Quadro 2. Condições em que portadores de HIV/Aids devem ser investigados p......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hanseníase

...om hematúria. A secreção pulmonar avermelhada não deve ser confundida com escarros hemoptóicos. A pigmentação conjuntival não deve ser confundida com icterícia. Efeitos colaterais da clofazimina Cutâneos – ressecamento da pele, que pode evoluir para ictiose, alteração na coloração da pele e suor. Nas pessoas de pele escura, a cor pode se acentuar; nas pessoas claras, a pele pode ficar com u......

Ver Índice

11/05/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos  (Livre)

...uma pessoa classificada como caso suspeito de infecção humana pelo novo subtipo de Influenza A(H1N1). 3. Caso Provável Caso suspeito que apresente um dos seguintes critérios adicionais: · Confirmação laboratorial de infecção por vírus da influenza A, porém sem resultados laboratoriais conclusivos quanto à infecção por vírus de influenza sazonal, OU · Indivíduo sintomático com c......

Ver Índice

28/06/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos - versão 5

...piratórias devem ser coletadas preferencialmente até o terceiro dia após o início dos sintomas. Eventualmente, este período poderá ser ampliado até, no máximo, sete dias após o início dos sintomas. • Em estabelecimentos de ensino, creches, ambientes de trabalho (empresas, indústrias), asilos, quartéis, ambientes prisionais, quando a investigação epidemiológica identificar a ocorrência de agr......

Ver Índice

10/09/2009

Biblioteca Livre

5 Vigilância Epidemiológica

... manutenção da vigilância é necessário: 5.4 SISTEMA DE INFORMAÇÃO – NOTIFICAÇÃO A malária é uma doença de notificação em todo País, na área não-endêmica, além de ser uma doença de notificação compulsória é de investigação obrigatória, visando à adoção de medidas de controle para manter essa parte do território brasileiro livre da doença. Na área endêmica, a notificação é feita por meio do Si......

Ver Índice

12/08/2009

Biblioteca Livre

Glossário

...ento sanitário, manejo e destino adequado dos resíduos sólidos no domicílio. SEPTICEMIA: presença de microrganismo patogênico, ou de suas toxinas, no sangue ou em outros tecidos. SINAL: evidência objetiva de doença. SÍNDROME: conjunto de sintomas e sinais que tipificam uma determinada doença. SINERGISMO: ação combinada de dois ou mais medicamentos que produzem um efeito biológico, cujo resulta......

Ver Índice

Página:  de 233

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal