FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Classificacao Internacional Para a Seguranca do Paciente da Oms" obteve 15 resultados.

Página:  de 2

21/02/2010

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Classificação Internacional para a Segurança do Paciente da OMS - Introdução

...my (EUA) Este Relatório Técnico Final publicado em janeiro de 2009 fornece uma visão detalhada da estrutura conceitual para a Classificação Internacional para a Segurança do Paciente (ICPS), incluindo uma discussão de cada classe, os conceitos-chave e as aplicações práticas. O objetivo da Classificação Internacional para a Segurança do Paciente (CISP) é permitir a categorização de informaçõe......

Ver Índice

28/02/2010

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Classificação Internacional para a Segurança do Paciente da OMS – Conceitos Fundamentais

..., é necessário conhecer duas definições que são centrais: o conceito de Segurança do Paciente e o conceito de Incidente. Segurança do Paciente Segundo o documento da OMS, Segurança do Paciente é a redução do risco de danos desnecessários associados à assistência em saúde até um mínimo aceitável. O “mínimo aceitável” se refere àquilo que é viável diante do conhecimento atual, dos recursos dis......

Ver Índice

08/03/2010

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Classificação Internacional para a Segurança do Paciente da OMS – Informações Descritivas

...Mais do que um fator contribuinte ou risco podem estar envolvidos em um único incidente; a) Fatores humanos: comportamento, desempenho ou comunicação, etc. b) Fatores do sistema: ambiente de trabalho, etc. c) Fatores externos: legislação sobre quadro de colaboradores, etc. Desfechos na Instituição · Conseqüências diretas para a organização como aumento da utilização ......

Ver Índice

14/03/2010

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Classificação Internacional para a Segurança do Paciente da OMS – Sistema de Resiliência

... são alteradas para melhorar ou compensar qualquer dano após um incidente. Aplicam-se ao paciente (o manejo clínico de uma lesão, pedidos de desculpas) e à organização (avaliação da equipe, mudança cultural, gestão do sinistro); · Este item, é considerado de prevenção terciária, visto que só ocorre após a ocorrência do incidente. Ações Tomadas para Diminuição do Risco · São a......

Ver Índice

21/03/2010

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Classificação Internacional para a Segurança do Paciente da OMS - APÊNDICE – TIPOS DE INCIDENTES

... Sonda Vesical VIII. Partes Moles E. Medicações/Fluídos EV Medicação / fluído ev Processo problema Prescrição Preparação/Dispensação Apresentação Entrega Administração Fornecimento/Pedido Armazenamento Monitoramento Paciente errado Medicação Errada Freqüência errada Apresentação/Formulação Errada Via Errada Dose Errada C......

Ver Índice

21/03/2010

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Classificação Internacional para a Segurança do Paciente da OMS – Caracterização Clínica

...arte atribuível a um incidente. · Inclui-se aqui 3 características. As duas primeiras são descritivas, por exemplo, o tipo de dano foi um trauma craniano em uma queda do paciente, o impacto social e econômico pode ser medido em função da seqüela que ele teve e do tempo de reabilitação que precisará. Quanto ao Grau de Dano, este é variável e deve ser visto em função das informações da Tabe......

Ver Índice

14/09/2015

Biblioteca Livre

Reações Adversas a Medicamentos

...worstpills.org/public/page.cfm?op_id=4>. Acesso em: 2 jun. 2007. 9.MOORE, N. et al. Frequency and cost of serious adverse drug reactions in a department at general medicine. Br. J. Clin. Pharmacol., v. 45, n. 3, p. 301-308, 1998. 10.PIRMOHAMED, M. Adverse drug reactions: a preventable problem. Clin. Pulse, v. 68, p. 63-67, 2004. 11.ROUTLEDGE, P. A.; O’MAHONY, M. S.; WOODHOUSE, K. W. Adverse ......

Ver Índice

13/01/2014

Revisões Internacionais

Diagnóstico e tratamento da dislipidemia – John D. Brunzell, R. Alan Failor

...rólise dos triglicerídeos pela LPL, enquanto a apo E acelera a captação hepática dos remanescentes. Uma das principais diferenças referentes ao metabolismo destas partículas está no fato de os quilomícrons conterem uma forma truncada de apo B (isto é, apo B-48), enquanto a VLDL contém a forma completa (isto é, apo B-100). Outra diferença é que os remanescentes do quilomícron são degradados depois ......

Ver Índice

22/04/2014

Revisões Internacionais

Leucemia mieloide crônica e outras neoplasias mieloproliferativas

...to adicional pode ser relaxado. As respostas citogenéticas continuam sendo o principal determinante de falha. A análise das respostas moleculares em 6, 12 e 18 meses prediz a sobrevida livre de eventos e, futuramente, pode exercer um papel mais amplo. O alcance antecipado de uma RMS foi associado a uma menor probabilidade de progressão, maior probabilidade de alcançar uma resposta molecular comple......

Ver Índice

06/10/2010

Revisões

Osteoporose

...is com cálcio, impedindo a sua absorção. Exercícios Um modelo ótimo para prevenção da osteoporose e fraturas osteoporóticas é maximizar e manter a massa e a resistência óssea, minimizando o trauma. A atividade física regular pode contribuir para cada um destes determinantes, mas com diferentes resultados dependendo do período da vida do indivíduo. Exercícios durante a infância e adolescência ......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal